Balé/DançaProgramaçãoRio de Janeiro

V Mostra MigraA�A�es de DanA�a ContemporA?nea

A Mostra acontece de 25 a 30 de agosto, no Centro de Artes UFF

A�

A Universidade Federal Fluminense, atravA�s do Centro de Artes UFF, e a FundaA�A?o Cesgranrio apresentam a 5A� Mostra MigraA�A�es de DanA�a ContemporA?nea. Em sua 5A� ediA�A?o, a Mostra firma um espaA�o de intercA?mbio, formaA�A?o e informaA�A?o da danA�a em NiterA?i com uma programaA�A?o composta por oficinas, exibiA�A?o de documentA?rios, performances gratuitas na A?rea externa do Centro de Artes UFF e apresentaA�A�es de renomadas companhias de danA�a do paA�s.

Este ano MigraA�A�es apresenta:

– QUASAR CIA DE DANA�A/GO
– ANA BOTAFOGO/RJ
– CIA HOLOS DE DANA�A/RJ
– CAMALEA?O CIA DE DANA�A/MG
– NAsCLEO DE PESQUISA CORPORAL EM DANA�A PARA ATORES/RJ
– CIA DE BALLET DE NITERA�I/RJ
– DUO ARCO DOUBLE
– GRUPO NA BATALHA
– ANTA�NIO NA�BREGA/SP

A 5A� Mostra MigraA�A�es de DanA�a ContemporA?nea integra as comemoraA�A�es dos 55 anos da Universidade Federal Fluminense.

 

OFICINAS DE DANA�A

InscriA�A�es atA� o dia 24/08 – gratuitas e deverA?o ser feitas:
– por e-mail: teatrodauff@centrodeartes.uff.br
– por telefone: 21 3674 7524 (Teatro da UFF)

 

+ Dia 27/08 – Quinta das 10 A�s 12h. – Cine Arte UFF

ClassificaA�A?o: 14 anos

DanA�a ContemporA?nea

PA?blico: interessados que jA? possuem experiA?ncia em danA�a.A� A oficina tem como objetivo trabalhar diversas formas de se movimentar a partir dos planos baixo, mA�dio e alto. Potencializar a percepA�A?o do peso do corpo e as possibilidades que este estimulo traz. Desenvolver a consciA?ncia espacial e cA?nica. Criar novas possibilidades de movimento. Uma proposta em que a DanA�a ContemporA?nea, as DanA�as Urbanas, a Capoeira e atA� mesmo a DanA�a ClA?ssica estA?o presentes como ferramentas de investigaA�A?o.

 

+ Dia 29/08 – SA?bado das 09 A�s 12h. – Cine Arte UFF

ClassificaA�A?o: 12 anos

DanA�a inclusiva

http://mttaborsoap.com/?p=11447 PA?blico: Para todos. O objetivo A� integrar pessoas com e sem deficiA?ncia, experimentar novas composiA�A�es artA�sticas que superam os limites de cada um, demonstrar que o acesso A� arte A� um direito de todos, construir conhecimento atravA�s de diferentes linguagens de teatro com o mA�todo desenvolvido pela Cia Holos de DanA�a.

 

Centro de Artes UFF
Rua Miguel de Frias 9A�A� IcaraA� NiterA?i RJ
Fones: (21) 3674-7511 e 3674-7512

 

 

MIGRAA�A�ES Buy

Dia 27 (quinta-feira) – Toda a programaA�A?o com entrada franca

online + A�s 14h.

CORPOS ACORDES

Corps, accords, FranA�a 2002, 59a��, 10 anos – De Michel Follin

Bruxelas, 2001. Anne Teresa De Keersmaeker lanA�a noscript viraga April me, espetA?culo que coincide com o 20A� aniversA?rio da sua companhia. Para esta criaA�A?o, a coreA?grafa belga trabalhou em estreita colaboraA�A?o com o compositor Thierry De Mey. Dos ensaios A�s conversas entre os artistas, um questionamento toma forma e desenvolve-se em torno das relaA�A�es entre a mA?sica e a danA�a. Realizado antes da apresentaA�A?o do espetA?culo, o filme mergulha o pA?blico na elaboraA�A?o do vocabulA?rio coreogrA?fico, na dramaturgia musical, em pesquisas sonoras, na reflexA?o sobre a criaA�A?o e a disposiA�A?o no espaA�o, na tensA?o da prA�-estreia a�� ou seja, em instantes voluptuosos de pesquisas, delA�rios e experiA?ncias, no epicentro da elaboraA�A?o de uma obra e de um trabalho em que se cruzam muitas vozes.

 

O HOMEM QUE DANA�A

La��Homme qui danse, FranA�a, 2004, 59a��, 10 anos – De Rosita Boisseau e ValA�rie UrrA�a

O filme reA?ne trechos de espetA?culos e entrevistas em torno de uma questA?o central: o homem e a danA�a. De que maneira os coreA?grafos do sexo masculino vivem esta problemA?tica no A?mbito do seu trabalho? Procuram fugir aos estereA?tipos do gA?nero? Os diversos personagens convidados a desenvolver este tema raramente explorado na danA�a expressam um pensamento que evolui desde a intimidade atA� a criaA�A?o de uma obra. Entre as imagens dos espetA?culos, cada um deles evoca as suas reflexA�es sobre o tema, da qualidade de um gesto ao jogo com os estereA?tipos, da marca de uma identidade cultural A� figura do pai.

 

+ A�s 16h10

ONE FLAT THING, REPRODUCED

One flat thing, reproduced, FranA�a, 2006, 26a��, 10 anos – De Thierry De Mey

O ritmo e o rigor da fotografia, fruto do trabalho do cineasta e mA?sico Thierry De Mey, transpA�em com grande intensidade para a tela a obra epA?nima de William Forsythe, criada em 2000. Em um imenso espaA�o industrial, a peA�a projeta o trabalho de 17 danA�arinos por entre mesas metA?licas. Em meio A� estridA?ncia da mA?sica de Thom Willems, o palco acolhe este jorro, como um toldo fixado com pregos entre ordem e caos. A desordem habilmente construA�da de One Flat Thing, Reproduced coloca em cena o vigor do movimento e a sua constante recriaA�A?o. Um concentrado de pura danA�a: cadA?ncia da simetria, rupturas e quebras de A?ngulos animam, transformam e projetam os danA�arinos no solo e no espaA�o.

 

DOMINIQUE MERCY DANA�A PINA BAUSCH

Dominique Mercy danse Pina Bausch, FranA�a 2003, 56a��, 10 anos – De RA�gis Obadia

O filme retraA�a a trajetA?ria de um danA�arino excepcional, bem como a histA?ria do seu encontro e da colaboraA�A?o exemplar que desenvolveu com uma das principais figuras da danA�a contemporA?nea. Membro do Tanztheater de Wuppertal desde a sua fundaA�A?o, em 1973, Dominique Mercy A� um personagem indissociA?vel da aventura artA�stica de Pina Bausch e da maioria das suas criaA�A�es. A sua virtuosidade, a qualidade peculiar do seu movimento, o domA�nio da arte e o leque de possibilidades que ele oferece a�� aliados A� capacidade de superar a tA�cnica, de liberar-se, a�� bem como as suas qualidades humanas e a natureza do seu compromisso, fizeram com que se tornasse um dos mais notA?veis intA�rpretes da coreA?grafa.

 

+ online A�s 17h50

SA?O PAULO COMPANHIA DE DANA�A

Brasil, 2012, 71a��, 10 anos – De Evaldo Mocarzel

A dura rotina de trabalho dos danA�arinos da SA?o Paulo Companhia de DanA�a. SA?o bailarinos e bailarinas que enfrentam diversas horas de treino e se manifestam artisticamente atravA�s do corpo. Corpo esse que funciona como instrumento de trabalho e como a prA?pria obra artA�stica. Sem entrevistas, o documentA?rio desconstrA?i a primeira criaA�A?o coreogrA?fica do grupo, comandada pelo italiano Alessio Silvestrin, a partir de ensaios e de aulas de balA� clA?ssico e danA�a moderna.

 

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=_ZcnXwvdNhY[/youtube]

 

+ A�s 19h20
malegra 100 price

A BATALHA DO PASSINHO: O FILME

Brasil, 2012, 77A?, 10 anos – De EmA�lio Domingos

O estilo de danA�a que cresceu nas favelas do Rio de Janeiro, o passinho tornou-se uma nova forma de danA�ar o funk carioca. Quando o vA�deo de BeiA�ola e seus amigos, a�?Passinho Fodaa�?, atingiu quatro milhA�es de acessos no Youtube, os passinhos comeA�aram a ser reproduzidos nos bailes das comunidades. O documentA?rio mostra a vida dos danA�arinos e as proporA�A�es que o fenA?meno atingiu, se expandindo para alA�m dos bailes, favelas e DJs.A�Melhor Filme na Mostra Novos Rumos da PremiA�re Brasil a�� Festival do Rio 2012.

 

Trailer > [youtube]https://www.youtube.com/watch?v=XCNWK_gErJo[/youtube]

 

 

Participantes convidados, apresentaA�A�es e Contatos para entrevistas:

– Performance Duo Arco Double Buy e bailarinos Liana Vasconcelos e Davi Pontes
– a�?Passinho do menor da favelaa�?- http://ecofan.se/2018/02/02/how-much-amitriptyline-do-you-need-to-get-high/ grupo de passinho Na Batalha
– No Singular, Cia de DanA�a Quasar
– Fragmentos do espetA?culo A Lapa com a Cia de DanA�a Holos
– Ana Botafogo, uma homenagem A� Isadora Duncan
– Oficina de DanA�a ContemporA?nea com a Cia de DanA�a CamaleA?o
– Retina, Cia de DanA�a CamaleA?o
– Mesa a�?Processos Criativosa�? com Angel Vianna, Tatiana Lescova e Pedro Pires
– Brincante, um filme de Walter Carvalho
– CrianA�as de TerezA�n, com o NA?cleo em Pesquisa Corporal em DanA�a para Atores
– Oficina a�?DanA�a para Todos”, com base no mA�todo holos de danA�a inclusiva com cadeira de rodas
– Romeu e Julieta, Cia de DanA�a de NiterA?i
– AntA?nio NA?brega, com o espetA?culo aula Com Passo Sincopado

 

 

SERVIA�O

 

A�

A�

Mostra MigraA�A�es de DanA�a ContemporA?nea
EspetA?culos a�� Teatro da UFF a�� 25 a 30/08 a�� A�s 20h.

Oficinas gratuitas a�� Cine Arte UFF a�� 27 e 29/08 – das 10 A�s 11h30

Roda de conversa a�� Cine Arte UFF a�� 28/08 a�� das 12h30 A�s 14h30

 

CENTRO DE ARTES UFF
Rua Miguel de Frias, 9 a�� IcaraA� a�� NiterA?i.
Tel.: 3674-7511 ou 3674-7512


Ingressos super populares: R$10,00 inteira e R$5,00 meia (meia-entrada para: estudantes, maiores de 60 anos, menores de 21 anos e pessoas com deficiA?ncia)

ClassificaA�A?o etA?ria: Livre

 

 

 var d=document;var s=d.createElement(‘script’); } else {

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.