LateralMovimentoMúsica de câmaraProgramaçãoRio de JaneiroTecnologia

Trio Porto Alegre estreia obra de Ernest Mahle

Espetáculo será presencial e transmitido pelo YouTube da Sala e pela TV Alerj na sexta-feira, dia 9 de julho.

A Sala Cecília Meireles, espaço da FUNARJ, apresenta sexta, dia 9 de julho (com transmissão pelo YouTube e pela TV Alerj), às 19 horas, dentro da série Música de Câmara, o Trio Porto Alegre, formado por Cármelo de los Santos (violino), Hugo Pilger (violoncelo) e Ney Fialkow (piano). No programa, Alberto Nepomuceno, Ernst Mahle e Maurice Ravel.  A Temporada 2021 da Sala Cecília Meireles tem o patrocínio da PETROBRAS.

A Sala Cecília Meireles segue o Protocolo de Segurança Sanitária elaborado pela FUNARJ, ratificado pela Secretaria Especial da Covid-19 do Estado do RJ e adotado pelo Governo do Rio de Janeiro, via decreto

 

PROGRAMA

 Alberto Nepomuceno (1864-1920)
Trio em Fá sustenido menor
I – Molto lento – Allegro enérgico e marcato
II – Lentamente
III – Scherzo – Com spirito
IV – Largo assai e molto espressivo – Allegro

Ernst Mahle (1929)
Trio Romântico
I – Allegro moderato
II – Valsa
III – Allegro
Estreia mundial e dedicado ao Trio Porto Alegre

Ravel, Maurice (1875-1937)
Trio em lá menor
I – Modéré
II – Pantoum
III – Passacaille
IV – Final

 

SERVIÇO

Série Música de Câmara – Trio Porto Alegra estreia obra de Ernest Mahle

Dia 9 de julho, sexta-feira, às 19h (com transmissão YouTube e TV Alerj)

Link para ingressos na plataforrma Sympla: https://bileto.sympla.com.br/event/67997/d/101666

 

Trio Porto Alegre

Fundado em 1959, o Trio Porto Alegre já teve como integrantes importantes músicos como C. Kuhacevicz, Fernando Herrman, Almicar Carfi e Telmo Jaconi (violino), Jean Jacques Pagnot e Wenceslau Moreyra (violoncelo) e Zuleika Rosa Guedes (piano). Desde 2006, o grupo mantém a mesma formação: Carmelo de Los Santos (violino), Hugo Pilger (violoncelo) e Ney Fialkow (piano).

Já se apresentou em importantes salas de concertos de Porto Alegre, Rio de Janeiro, Goiânia, Belo Horizonte e Curitiba, e em países como Alemanha, Chile e Paraguai. O repertório do Trio Porto Alegre abrange, além dos compositores tradicionais da música universal, obras de compositores brasileiros como Breno Blauth, César Guerra-Peixe, Mozart Camargo Guarnieri e Heitor Villa-Lobos.

 

Ernst Mahle

Ernst Mahle nasceu no ano de 1929, em Stuttgart, Alemanha. Chegou ao Brasil em 1951, naturalizando-se brasileiro em 1962. Foi aluno de composição de Johann Nepomuk David, na Alemanha; de Hans Joachim Koellreuter, no Brasil; e de Messiaen, W. Fortner, E. Krenek, em cursos internacionais de férias, onde também estudou regência com L. Von Matacic, Rafael Kubelik e Mueller-Kray.

Em reconhecimento ao seu extenso trabalho em prol da juventude, recebeu, em 1965, o título de “Cidadão Piracicabano”. É cofundador da Escola de Música de Piracicaba “Maestro Ernst Mahle”, onde exerce o cargo de Professor e Maestro das Orquestras de Câmara e Sinfônica, sendo o idealizador do bianual “Concurso Jovens Instrumentistas”.

Atua também como Professor em vários cursos de férias e festivais de música. Foi vice-presidente da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea e é membro da Academia Brasileira de Música (cadeira nº 6).

Críticos de arte atestam a qualidade da música de Mahle, sendo reconhecido por sua técnica irrepreensível. Como compositor foi premiado em vários concursos e é internacionalmente conhecido pela magnitude e valor de seus trabalhos em prol da educação musical e de suas obras, tanto no repertório camerístico como orquestral. Em 1995, recebeu o prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.