Artigo

Theatro São Pedro – SP : melhor custo-benefício do Brasil

No último dia 28 de janeiro, o Theatro São Pedro/SP apresentou à imprensa sua temporada 2014.

A ópera será contemplada com 5 títulos com enfoque na música brasileira . O Menino e a Liberdade, de Ronaldo Miranda, será reapresentada esse ano, primeiro passo para transformar as obras do teatro em um repertório a ser apresentado ao longo dos anos. Os títulos inéditos são raridades: de Gluck, doxycycline canada Iphigénie en Tauride, que será apresentado em junho e o monólogo Buy Las Horas Vacias, de Ricardo Llorca, em agosto.

Ártemis, de Alberto Nepomuceno, é mais uma obra de um compositor brasileiro que comemora os 150 anos de nascimento. Fechando o ano, Le Nozze di Figaro Purchase Cheap , de Mozart, em novembro. Os concertos possuem 13 títulos, variação e diversidade é sua característica e esse ano contam solistas da própria orquestra. O projeto Música ao Meio-Dia continua em pleno vapor em 2014.

Dois ciclos começam a ganhar forma nessa temporada.Tendo como tema a Revolução Francesa, teremos a trilogia, Liberdade, Igualdade e Fraternidade. O Menino e a Liberdade abre o ciclo, Roberto Miranda e o libretista Jorge Coli farão uma ópera com tema da Fraternidade baseada no conto de Machado de Assis a ser apresentada em 2015 e o tema Igualdade será baseado em uma crônica de Monteiro Lobato título previsto para 2017.

Outra Trilogia a ser apresentada nos próximos anos é a parceria Mozart e o libretista Lorenzo da Ponte. Esta se inicia com Purchase Le Nozze di Figaro na presente temporada e tem sequência com Cosi fan Tutte e Don Giovanni. A ideia é apresentar os três títulos em 2017 , ano que comemora o centenário do Teatro.

O programa de Assinaturas segue em pleno vapor e a direção espera que aumente o número de assinantes esse ano. A Academia de Ópera do Theatro São Pedro terá orçamento próprio e escolherá mais 12 membros esse ano. O programa Grandes Vozes trará o famoso soprano Mariella Devia.

Ufa! Quanta coisa a ser apresentada esse ano. Tudo isso feito com um orçamento de R$ 2.600.000,00 (dois milhões de seiscentos mil reais) para a produção das óperas.

Lembro aos amigos que o Theatro Municipal de São Paulo gastou com 11 estrangeiros contratados apenas para a ópera Aida online , de Verdi, R$ 1.700.000,00 (um milhão e setecentos mil reais) e para esse ano teremos artistas de fora em papéis minúsculos como na Carmen Cheap Purchase , de Bizet.

Um teatro heterogêneo que busca diversos estilos musicais para atendera novos públicos e os formar com um custo baixo para o Estado. Essa é a filosofia do Theatro São Pedro, essa sim é a verdadeira usina de cultura. Pena que o pessoal da Praça Ramos, com um orçamento dez vezes maior, privilegie os estrangeiros, artistas e produções medianas a preços estratosféricos.

 d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Leave a Response

Ali Hassan Ayache
Bacharel em Geografia pela USP. Apreciador de ópera, balé e música clássica. Ativo no meio musical, mantém o blog http://verdi.zip.net/. Escreve críticas, divulga eventos, entrevista personalidades e resenha óperas e balés em DVD.