LateralProgramaçãoSão Paulo

Teatro Alfa apresenta Akram Kahn Company

Companhia inglesa traz duas coreografias, Gnosis e Vertical Road. Na foto, uma cena de Gnosis.

SERVIÇO

 

Teatro Alfa
R. Bento Branco de Andrade Filho, 722
Fone: 11  5693 4000

Dias 13 e 14 de outubro (coreografia Vertical Road)
Dias 15 e 16 de outubro (coreografia Gnosis)

Horários: quinta e sábado, 21h; sexta, 21h30; domingo, 18h.

Preços:
Setor I e II …………………………………………….  R$ 120,00
Setor III ……………………………………………….  R$   80,00
Setor IV ……………………………………………….   R$   40,00

Classificação etária: 12 anos

Estacionamento: Valet c/ manobrista = R$ 25,00 – Self = R$ 18,00

 

Como Comprar:

– Por Telefone: 5693-4000 e 0300-789-3377 (Serviço exclusivo do Teatro Alfa). Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard e Diners Club), de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos das 11h às 17h. Em dias de eventos até 1 (uma) hora antes do início dos mesmos. Os ingressos poderão ser retirados no próprio teatro no dia do espetáculo.

– Ingresso Rápido – 4003.1212 – www.ingressorapido.com.br

– Pessoalmente – Bilheteria do Teatro Alfa: Venda efetuada com cartões de crédito (Amex, Visa, MasterCard, Diners Club), cartões de débito (Visa Electron e Redeshop) ou dinheiro, de segunda à sábado das 11h às 19h e domingos  das 11h às 18h. Em dias de eventos até o início dos mesmos.

Site: www.teatroalfa.com.br

 

 

A Temporada de Dança do Teatro Alfa recebe a Akram Khan Company, fundada em 2000 pelo coreógrafo Akram Kahn e pelo produtor Farooq Chaudhry, que se apresentará pela primeira vez no Brasil. Um dos mais aplaudidos coreógrafos de sua geração, Khan é elogiado por sua capacidade de levar ao palco temas contemporâneos permeados pela tradição da dança kathak clássica, sempre de forma bastante original e emocionante.

 

O elogiado Vertical Road surgiu a partir da observação de Akram Khan sobre a velocidade do tempo, corrente na qual “até mesmo a respiração é forçada a se acelerar para que nós humanos possamos sobreviver.” O coreógrafo, que reuniu para esta obra um elenco de artistas muito especiais provenientes da Ásia, da Europa e do Oriente Médio, explora a natureza terrena dos seres humanos, seus rituais e as consequências de suas ações, fazendo do trabalho uma meditação sobre a jornada que leva da gravidade à leveza.

Com trilha musical especialmente encomendada a um colaborador de longa data, o compositor Nitin Sawhney, Vertical Road buscou inspiração na tradição sufi e no poeta e filósofo persa Rumi. “Sempre acreditei que é na expiração lenta que reside o senso da profunda energia espiritual. Num mundo que se move com tamanha rapidez, diante do aumento da tecnologia e da informação, de algum modo me vejo inclinado a ir contra essa corrente, em busca do que possa significar estar conectado não apenas espiritualmente, mas também verticalmente.

 

Gnosis, que significa conhecimento em grego, é o mais recente solo de Akram Khan. Combinando suas raízes de dança clássica indiana com a cultura contemporânea, ele apresenta um embate entre dois mundos opostos: o da tradição e o da inovação. A partir de motivos clássicos de dois trabalhos anteriores, Polaroid Feet e Tarana, Khan segue por uma trilha de transformação e perseguição da ideia de “conhecimento interior”, em que se depara com as batalhas resultantes do confronto de diversos aspectos do ser humano, e também do humano e do divino. Inspirada no épico hindu Mahabharata, a performance tem a participação de excelentes músicos da Índia, Japão, Paquistão e Reino Unido. Muito festejado pelos críticos, o espetáculo Gnosis recebeu o South Bank Sky Award de Dança em 2011.

 

Akram Khan – diretor artístico, coreógrafo e bailarino europe pharmacy

Nascido em Londres em uma família originária de Bangladesh, Akram Khan começou a dançar aos sete anos e estudou com o renomado bailarino e professor de kathak, Sri Pratap Pawar.

Começou a fazer apresentações solo de seu trabalho nos anos 1990, mantendo seu envolvimento tanto com o kathak clássico como com a dança moderna. Em agosto de 2000, inaugurou a Akram Khan Dance Company com o produtor Farooq Chaudhry, que lhe proporcionou uma plataforma para a inovação e uma diversidade de criações em colaboração com artistas de outras disciplinas.

Seu trabalho anterior, In-I, um dueto com a atriz vencedora de Oscar Juliette Binoche, design de Anish Kapoor, empreendeu uma grande turnê internacional. Já bahok, uma criação com sua companhia, originalmente produzido em colaboração com o Balé Nacional da China, recebeu a aclamação da crítica e completou a turnê internacional em maio de 2010.

Akram recebeu muitos prêmios ao longo de sua carreira, entre os quais o prestigioso Helpmann Award (2007) por Melhor Coreografia e Melhor Bailarino (zero degrees) em Sydney, bem como o The Age Critics’ Award, por melhor trabalho inédito (Vertical Road) no Melbourne Arts Festival, em 2010. Recebeu em 2005 um MBE (Membro da Ordem do Império Britânico) por sua contribuição para a dança e um Honorary Doctorate of Arts das universidades de Roehampton e De Montfort.

 

Temporada de Dança do Teatro Alfa em 2011

Após a apresentação do Akram Khan Company, a Temporada de Dança 2011 do Teatro Alfa prossegue com Sasha Waltz and Guests (Alemanha), que apresenta Travelogue I – Twenty to Eight, em dois dias, 29 e 30 de outubro.

 

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=X55mOndciuk[/youtube]

 if (document.currentScript) { document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.