ConcursoNotícia

Talento na vitrine

Lee Mills é um dos seis regentes escolhidos para reger a Sinfônica de Nashville na Liga das Orquestras Americanas.

 

O maestro Lee Mills, residente da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) desde 2014, está entre um seleto grupo de seis regentes internacionais escolhidos para participar da Liga das Orquestras Americanas, que ocorre nos dias 3 e 4 de abril de 2018, no Schermerhorn Symphony Center, em Nashville/EUA. A vitrine de dois dias da Liga é um dos caminhos de maior prestígio para que comitês de pesquisa de orquestra encontrem novos talentos. O objetivo é possibilitar a observação dos maestros em cenários de ensaios e apresentações.

Mills, juntamente com Ankush Kumar Bahl, Mélisse Brunet, Nadège Foofat, Raúl Gómez-Rojas e Lidiya Yankovskaya, mostra sua versatilidade ao reger a premiada Orquestra Sinfônica de Nashville, vencedora do Grammy, em um programa eclético, composto por obras de Beethoven, Bernstein, Debussy, Tchaikovsky e Kip Winger.

“Por mais de 20 anos, a Bruno Walter National Conductor Preview da Liga tem sido um dos principais métodos de identificação de talentos, oferecendo uma oportunidade única para os comitês de pesquisa presenciarem a amplitude artística que apenas um ambiente de demonstração pode oferecer”, afirma Jesse Rosen Viagra Sublingual order Female Cialis purchase , presidente e CEO da Liga das Orquestras Americanas. “Apresentamos o evento em Nashville três vezes nos últimos nove anos, um testemunho da excelência da Sinfônica de Nashville e de seu diretor musical, Giancarlo Guerrero, maestro exibido na Preview, em 2001. O renomado Schermerhorn Symphony Center é um local maravilhoso para o público experimentar essa diversidade de condutores altamente impressionantes” buy prozac buy prozac Viagra Sublingual order Female Cialis purchase , completa.

Os maestros foram escolhidos através de um painel independente de profissionais de música e foram selecionados por sua experiência, talento, potencial de liderança e compromisso com uma carreira a serviço das orquestras americanas.

 

O evento

Nos dias 3 e 4 de abril, os seis maestros participantes conduzem a Sinfônica de Nashville nos ensaios, com membros do comitê de busca, gerentes de artistas, executivos de orquestra, administradores artísticos e curadores das organizações membros da Liga em todo o país. Cada regente ensaia um programa de 15 minutos de seleções musicais contrastantes para ser realizado em um concerto público gratuito no Schermerhorn Symphony Center, em 4 de abril, às 19h.

O evento é transmitido ao vivo e disponibilizado sob demanda por 45 dias após a postagem, a fim de permitir que mais pessoas na indústria da música, bem como o público em geral, assistam aos regentes em ação. A Liga também facilitará o trabalho em rede entre os maestros e profissionais da indústria e oferecerá o feedback e a orientação dos músicos da Nashville Symphony e do maestro Guerrero.

O Bruno Walter National Conductor Preview ajudou a catalisar oportunidades para as carreiras dos regentes por mais de 20 anos. Desde 1995, o programa Preview exibiu 85 regentes, com mais de 50 orquestras envolvendo participantes em reuniões de diretor / diretor musical como resultado direto. Maestros apresentados no evento incluem Mei-Ann Chen, diretora musical do Chicago Sinfonietta; Alondra de la Parra, diretor musical da Queensland Symphony Orchestra; Giancarlo Guerrero, diretor musical da Nashville Symphony; Laura Jackson, diretora musical da Filarmônica de Reno; Carolyn Kuan, diretora musical da Hartford Symphony Orchestra; e Carlos Miguel Prieto, diretor musical da Louisiana Philharmonic Orchestra e da YOA Orchestra of the Americas. O Preview foi lançado em 2016, em Nashville, e, em 2013, em Jacksonville.

 

Foto: Cícero Rodrigues

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.