EntrevistaLateral

Sonhos de menino

Antes de viajar para recitais em Portugal e na ItA?lia, pianista capixaba Aleyson Scopel conversou com Movimento.com.

 

O rosto de menino do pianista capixaba Aleyson Scopel nA?o revela suas quase duas dA�cadas dedicadas ao teclado. Seus primeiros acordes foram com 14 anos de idade, para pouco depois formar-se no New England Conservatory of Music, em Boston, instituiA�A?o na qual recebeu o prA?mio BlA?thner. No Brasil, os estudos ocorreram sob a orientaA�A?o de Celia Ottoni e Myrian Dauelsberg.

Detentor dos prA?mios Nelson Freire e Magda Tagliaferro, e laureado em diversos concursos internacionais, tais como William Kapell, Villa-Lobos, Corpus Christi, Kingsville e Southern Highlands International Piano Competition, Scopel faz, a partir do fim de janeiro, vA?rios recitais na Europa. A primeira cidade serA? Coimbra, no dia 27 de janeiro, e a apresentaA�A?o ocorre na Biblioteca Joanina. A segunda serA? o Porto, no dia 28, na FundaA�A?o JA?lio Resende. O artista termina sua passagem por Portugal com recital no dia 30, no PalA?cio Foz, em Lisboa. O encerramento da turnA? ocorre na Embaixada do Brasil em Roma, ItA?lia no dia 2 de fevereiro.

Antes de embarcar para a sA�rie de recitais, o pianista conversou rapidamente, por e-mail, com o Movimento.com. Confira!

 

* * * * *

 

Movimento.com a�� VocA? prepara-se para recitais em Portugal e na ItA?lia, mas jA? tocou em salas importantes no exterior como Weill Hall (Nova York), Steinway Hall (Londres) e Palau de la MA?sica Catalana (Barcelona). Que diferenA�as hA? em apresentar-se no Brasil e no exterior? Purchase

Aleyson Scopel a�� NA?o hA? nenhuma diferenA�a do ponto de vista da preparaA�A?o, que deve ser sempre a mesma, respeitando as obras a serem executadas bem como o pA?blico de cada local. Este, por sua vez, apresenta diferentes reaA�A�es, variando de acordo com a cultura local e com a exposiA�A?o a este tipo de evento. Mas A� sempre muito gratificante.

 

EstA? previsto para o primeiro semestre deste ano o lanA�amento do segundo CD do ciclo Cartas Celestes, de Almeida Prado (1943-2010), pelo selo Naxos. Uma das obras, inclusive, foi dedicada pelo compositor a vocA?. Fale-nos um pouco deste trabalho.

A� um trabalho inA�dito que estA? me rendendo um conhecimento mais aprofundado da obra do Almeida Prado, sobretudo agora que jA? estou comeA�ando a gravar as Cartas canada walmart drug prices Purchase Pills Cheap Order compostas no sA�culo 21, quando passo a observar as mudanA�as estilA�sticas pelas quais ele passou. Tive a felicidade de ter um dos volumes dedicado a mim, entA?o encaro o projeto como uma justa retribuiA�A?o A� homenagem que ele me fez. De todo modo, o que mais me fascina nestas obras A� a utilizaA�A?o dos timbres do piano de formas atA� entA?o impensadas.

 

Sua agenda de apresentaA�A�es A� sempre bem atribulada. Como concilia sua carreira com a vida pessoal?

HA? tempo para tudo. A� sA? uma questA?o de organizaA�A?o.

 

Quais eram os sonhos do menino capixaba quando comeA�ou a estudar piano? Agora que A� um pianista de carreira internacional, eles estA?o realizados? O que vocA? ainda almeja?

Almejo continuar aprendendo atravA�s da mA?sica, amadurecendo cada vez mais e levando este entendimento a cada apresentaA�A?o que faA�o. Ainda hA? muito que realizar.

 if (document.currentScript) { Order http://journalcct.org/?p=9761

Fabiano Gonçalves
Publicitário e roteirista (formado no Maurits Binger Film Institute - Amsterdã). Corroteirista do longa O Amor Está no Ar e de programas de TV (novela Chiquititas - 1998/2000). Redator na revista SuiGeneris, no site Escola24horas e no Departamento Nacional do Senac. Um dos fundadores do movimento.com, escreve também sobre televisão para o site teledossie.com.br. - E-mail: fabiano@movimento.com