LateralMúsica sinfônicaProgramaçãoSão Paulo

Sinfônica de Piracicaba interpreta Dvorák e Nielsen

Concerto tem como solista, ao violino, Cármelo de Los Santos.

 

A Orquestra Sinfônica de Piracicaba (OSP) realiza, no dia 29 de setembro, sábado, às 17h30 e 20h, o oitavo concerto da Temporada 2018. Sob a batuta do diretor artístico e regente titular Jamil Maluf, o conjunto apresenta obras de Dvorák e Nielsen, e tem como solista, ao violino, Cármelo de Los Santos. As apresentações ocorrem no Teatro do Engenho, em Piracicaba, com entrada gratuita.

Cármelo de Los Santos sola o Concerto para violino e orquestra em lá menor Op. 53, criado em 1879 pelo compositor tcheco Antonín Dvořák e que teve sua estreia em 1883, em Viena e Londres. “É uma das obras mais populares e mais frequentemente realizadas de Dvořák. É parte essencial do repertório internacional de violinos”, diz o maestro Maluf, diretor artístico da OSP e também regente titular da Orquestra Experimental de Repertório, no Theatro Municipal de São Paulo.

A segunda peça é a Sinfonia n. 1 em sol menor, Op. 7, escrita pelo dinamarquês Carl Nielsen entre 1891 e 1892, e que teve sua estreia em Copenhagen, em 1894, quando o artista ainda era desconhecido em seu país e tinha 27 anos. “É um trabalho de energia juvenil e cuja estrutura musical é surpreendente“, avalia Maluf. “Carl Nielsen é um dos mais prestigiados compositores da Dinamarca, onde chegou até a estampar a cédula de maior circulação. Mas, em alguns locais, sua música ainda é desconhecida, a ponto de Nielsen ser classificado como o compositor mais subestimado do século 20“, completa o maestro.

Cármelo de Los Santos (foto de Leko Machado)

 

Aos 16 anos, Cármelo conquistou a mais prestigiada competição de música no Brasil, o Prêmio Eldorado, em São Paulo. Tem se apresentado como solista convidado de mais de 40 orquestras no Brasil e no exterior. Ele obteve o diploma de bacharelado na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o mestrado na Manhattan School of Music e o doutorado na University of Georgia, nos Estados Unidos. Atualmente, é professor titular na Universidade do Novo México, em Albuquerque (EUA), e toca num violino Carl Becker, 1929.

A apresentação das 17h30 começa com a palestra O Meu Concerto de Hoje, em que a plateia tem a possibilidade de conhecer de perto detalhes e curiosidades sobre as peças, além da oportunidade de participar de bate-papo descontraído com o maestro.

Além dos concertos mensais gratuitos, a OSP promove três projetos pedagógicos, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação: o ABC do Dó, Ré, Mi, mescla de show com concerto, em que são costurados música e teatro, com o roteiro ancorado na linguagem do humor; o Música nas Escolas, em que quartetos de cordas, madeiras e metais visitam escolas da rede municipal; e o Pequena Grande Orquestra, de ensino musical a 30 crianças da Escola Olívia Capranico, no Mário Dedini.

 

Foto do post: Rodrigo Alves

 

 

SERVIÇO:

 

Orquestra Sinfônica de Piracicaba

Cármelo de Los Santos, violino

Jamil Maluf, regência

 

29 de setembro, sábado, às 17h30 e às 20h

Teatro Municipal Erotídes de Campos – Teatro do Engenho (Av. Doutor Maurice Allain, 454, Vila Rezende – Piracicaba)

 

Entrada gratuita, com distribuição de ingressos a partir do dia 26, das 15h às 18h.

 

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.