Balé/DançaLateralNotíciaSão PauloTecnologia

São Paulo Companhia de Dança: “Os duplos”

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogea, anuncia as atividades online de sua campanha #SPCDdigital para a quinzena de 15 a 26 de junho.

A partir do dia 19/06, às 18h, o público vai poder conferir a íntegra de Os Duplos, obra criada especialmente para a Companhia, em 2010, por Maurício de Oliveira. Nela, oito intérpretes procuram desenhar o espaço por meio de seus movimentos e pela própria relação entre seus corpos. Entram, misturam-se e contaminam-se na busca de um encontro com o outro e consigo. A imagem de cada um se multiplica ao longo da cena e se desdobra na imagem do outro, em um jogo de ambiguidades potencializado pelo figurino geométrico assinado por Jum Nakao e a trilha especialmente composta por André Abujamra.

O espetáculo ficará disponível gratuitamente, para visualização sob demanda, por 15 dias. Ao fim do período, uma nova criação entrará em cartaz sempre às sextas-feiras.

A estreia de Os Duplos será antecedida por minidocumentários que apresentam bastidores e curiosidades sobre essa criação. Eles vão ao ar nas redes sociais da Companhia a partir do dia 17/06.

Esta quinzena contempla ainda uma nova edição das Oficinas de Capacitação Técnica, voltadas aos interessados em desbravar as múltiplas atividades que envolvem a construção de um espetáculo de dança. Ela acontece no dia 26/06, às 15h30, de modo virtual, pela plataforma Zoom. O tema da vez será Técnica de Palco: Montando La Sylphide, com condução do Gerente Técnico da Companhia, Luiz Antônio Dias (Titão), e mediação do Técnico de Som da SPCD, Rodolfo Dias Paes (DiPa).

Nesta atividade, os inscritos irão conhecer os desafios técnicos da montagem de um grande balé de repertório e entender como o uso de maquinarias e iluminação ajuda a criar o clima de magia que envolve o público no teatro. O link de acesso será enviado por e-mail aos participantes. Para receber as instruções, basta se inscrever gratuitamente, até 25/06, no site da Companhia: www.spcd.com.br/inscricoes.php.

Quem quer se aprofundar no repertório da dança não pode perder a live que acontece no dia 24/06, às 19h, com Diego de Paula, bailarino da SPCD. Na ocasião, ele comenta trechos de Peekaboo (2013), assinada pelo coreógrafo alemão Marco Goecke, atual diretor de balé da Ópera de Hannover, na Alemanha. O título da obra remete a uma brincadeira conhecida pelas crianças: a pessoa espia (peek em inglês), esconde o rosto e, de repente, reaparece dizendo: ‘achou’ (ou boo, em inglês).

Diego dividirá a live com Nielson Souza, que também participou do processo de criação do trabalho. Durante o bate papo ao vivo, que ocorre no perfil da Companhia no Instagram, os dois interagem com o público e respondem a perguntas.

Também haverá mais duas edições das Aulas Abertas, que visam compartilhar o cotidiano de condicionamento dos bailarinos da SPCD. Transmitidas quinzenalmente, ao vivo, no perfil da Companhia no Instagram, as aulas acontecem em dois momentos: na terça, dia 23/06, às 10h, a professora-ensaiadora Duda Braz ministra uma aula de balé clássico com acompanhamento musical ao vivo da pianista Rose Pavanelli; na quinta, dia 25/06, às 13h, é a vez do gerente de ensaio da SPCD, Mílton Coatti, conduzir uma aula de dança contemporânea.

O selo #SPCDdigital abrange também o fortalecimento do streaming dos documentários Figuras da Dança, que apresentam a história da dança no País a partir de depoimentos em primeira pessoa de grandes personalidades da área. Neste período, serão destacados documentários com Hulda Bittencourt e Paulo Pederneiras.

A campanha #SPCDdigital pode ser conferida em todas as redes sociais da SPCD: Facebook (@spciadedanca), Instagram (@saopaulociadedanca), Twitter (@spciadedanca) e YouTube (São Paulo Companhia de Dança). A iniciativa se soma à ação #CulturaEmCasa, criada pelo Governo do Estado de São Paulo em enfrentamento à disseminação do novo coronavírus (COVID-19), para oferecer diferentes conteúdos ligados à difusão da dança no meio virtual, estimulando a permanência das pessoas em seus lares dialogando com a arte.

 

#SPCDdigital – Cronograma de 15 a 26 de junho

  • Dia 15 de junho (segunda-feira)

Conteúdo: Figuras da Dança – Hulda Bittencourt

O que é: Documentário sobre a bailarina e fundadora da Cisne Negro Companhia de Dança. Direção: Inês Bogea e Sérgio Roizenblit.

Disponibilização: Vídeo na íntegra no canal da São Paulo Companhia de Dança no YouTube e no Facebook

 

  • Dia 17 de junho (quarta-feira)

Conteúdo: Canteiro de Obras – Os Duplos

O que é: Vídeo com entrevista do coreógrafo Maurício de Oliveira e demais profissionais envolvidos na criação da obra. Direção: Inês Bogea e Moira Toledo.

Disponibilização: Vídeo na íntegra no IGTV do perfil oficial da São Paulo Companhia de Dança no Instagram

 

  • Dia 19 de junho (sexta-feira), às 18h

Conteúdo: Obra à la Carte – Os Duplos

O que é: Transmissão da obra assinada por Maurício de Oliveira, em 2010, com trilha de André Abujamra.

Disponibilização: Vídeo na íntegra, pelo período de 15 dias, no canal da São Paulo Companhia de Dança no YouTube

 

  • Dia 22 de junho (segunda-feira)

Conteúdo: Figuras da Dança – Paulo Pederneiras

O que é: Documentário sobre o cofundador e atual diretor geral do Grupo Corpo. Direção: Inês Bogea.

Disponibilização: Vídeo na íntegra no canal da São Paulo Companhia de Dança no YouTube e no Facebook.

 

  • Dia 23 de junho (terça-feira), às 10h

Conteúdo: Aula Aberta – Balé Clássico

O que é: A professora-ensaiadora da SPCD, Duda Braz, ministra uma aula pública de balé clássico, com acompanhamento ao vivo da pianista Rose Pavanelli, para bailarinos e estudantes interessados em conhecer a rotina de condicionamento do elenco da SPCD.

Disponibilização: Ao vivo nos Stories do perfil da São Paulo Companhia de Dança no Instagram.

 

  • Dia 24 de junho (quarta-feira), às 19h

Conteúdo: Obra comentada – Peekaboo, por Diego de Paula e Nielson Souza

O que é: Live no perfil da SPCD no Instagram na qual os bailarinos comentam um trecho da obra de Marco Goecke e contam curiosidades e bastidores dessa criação. Na sequência, o público poderá bater um papo com eles.

Disponibilização: Ao vivo nos Stories do perfil da São Paulo Companhia de Dança no Instagram.

 

  • Dia 25 de junho (quinta-feira), às 13h

Conteúdo: Aula Aberta – Dança Contemporânea

O que é: O professor Milton Coatti ministra uma aula pública de dança contemporânea para bailarinos e estudantes interessados em conhecer a rotina de condicionamento do elenco da SPCD.

Disponibilização: Ao vivo nos Stories do perfil da São Paulo Companhia de Dança no Instagram.

 

  • Dia 26 de junho (sexta-feira), às 15h30

Conteúdo: Oficina de Capacitação Técnica – Técnica de Palco: Montando La Sylphide

O que é: Ministrada por Luiz Antônio Dias (Titão), Gerente Técnica da SPCD, a oficina apresenta os desafios da montagem de um grande balé de repertório do ponto de vista do uso de maquinarias, cenografia e iluminação.

A inscrição é gratuita e deve ser feita previamente pelo site da SPCD www.spcd.com.br/inscricoes.php.

Disponibilização: Ao vivo via Zoom (acesso restrito para os inscritos)

 

 

São Paulo Companhia de Dança

Direção Artística e Executiva | Inês Bogea

Criada em janeiro de 2008, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) é um corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, doutora em Artes, bailarina, documentarista e escritora. A São Paulo é uma Companhia de repertório, ou seja, realiza montagens de excelência artística, que incluem trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI de grandes peças clássicas e modernas a obras contemporâneas, especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais.

A difusão da dança, produção e circulação de espetáculos é o núcleo principal de seu trabalho. A SPCD apresenta espetáculos de dança no Estado de São Paulo, no Brasil e no exterior e é hoje considerada uma das mais importantes companhias de dança da América Latina pela crítica especializada. Desde sua criação, já foi assistida por um público superior a 732 mil pessoas em 17 diferentes países, passando por mais 142 cidades em cerca de 960 apresentações. Desde sua criação, a Companhia já acumulou mais de 30 prêmios nacionais e internacionais. Além da Difusão e Circulação de Espetáculos, a SPCD tem mais duas vertentes de ação: os Programas Educativos e de Sensibilização de Plateia e Registro e Memória da Dança.


Inês Bogea – Direção Artística e Executiva

Inês Bogea é doutora em Artes (Unicamp, 2007), bailarina, documentarista, escritora, professora no curso de especialização Arte na Educação: Teoria e Prática da Universidade de São Paulo (USP) e autora do “Por Dentro da Dança” com a São Paulo Companhia de Dança na Rádio CBN. De 1989 a 2001, foi bailarina do Grupo Corpo (Belo Horizonte). Foi crítica de dança da Folha de S. Paulo de 2001 a 2007. É autora de diversos livros infantis e organizadora de vários livros. Na área de arte-educação foi consultora da Escola de Teatro e Dança Fafi (2003-2004) e consultora do Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado (2007-2008). É autora de mais de quarenta documentários sobre dança.

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.