LateralMPBProgramaçãoRio de Janeiro

Quarteto cAis, Helen Nzinga e Aline Gonçalves dão espetáculo

“Ser mulher na música é ser resistência. Somos musicistas, mães, trabalhadoras, cuidadoras, lutadoras. Nossa música é por si só transformadora”. 

No Dia Internacional da Mulher vamos fortalecer a luta pelos nossos direitos através do encontro musical poderoso entre o quarteto de cordas cAis e a compositora e cantora Helen Nzinga, convidando a compositora e flautista Aline Gonçalves.

O quarteto e a rapper se conheceram no evento Mulher na Roda – Música e Debate, organizado pelo departamento de educação musical do Colégio Pedro II em 2018. Pelo grande desejo de trabalharem juntas, já no ano seguinte entraram no estúdio para gravar a música “Sobre Nós”, composição de Helen Nzinga em parceria com Aline Gonçalves – uma das faixas do CD Entre Rios do quarteto cAis, que está em fase de finalização.

O repertório para o show do Centro de Referência da Música Carioca contará com músicas autorais que celebram o protagonismo da mulher na música, expressas no rap de Helen Nzinga e  na música instrumental do cAis, que também fará uma homenagem à Chiquinha Gonzaga.

 

PROGRAMA

Tina Werneck e Maria Clara Valle
A roda 

Renata Neves
Entre rios

Joana Queiroz
Um pouco disso tudo 

Aline Gonçalves
Toada para Sojourner 

Aline Gonçalves
Tentada

Chiquinha Gonzaga
Lua Branca 

Chiquinha Gonzaga
O Corta-jaca 

Helen Nzinga e Aline Gonçalves
Sobre nós

 


SERVIÇO

 

Quarteto cAis, Helen Nzinga e Aline Gonçalves dão espetáculo

Dia 08 de março, domingo, às 11h

Centro da Música Carioca Artur da Távola (Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca – Rio – 21 3238 3831)

Ingressos: R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia)

 

 

Quarteto cAis

Éformado pelas compositoras e instrumentistas Renata Neves, Karin Verthein, Tina Werneck e Maria Clara Valle, reunidas desde 2015 para explorar as diversas possibilidades dos instrumentos de cordas e do fazer feminino. O coletivo se destaca por abrir espaço para a improvisação, subvertendo o que se espera de um quarteto de cordas, num processo contínuo de criação. Atuantes no cenário da música instrumental carioca, já  tocaram em diferentes teatros como Areninha Hermeto Pascoal, Teatro Dulcina, Audio Rebel, Sesc Madureira, Casa da Luz (SP) entre outros, assim como em praças públicas no Rio de Janeiro.

 

Helen Nzinga

Cantora e compositora de rap e r&b, a carioca e tem 29 anos. Começou no rap em 2015, desde então a artista tem lançando singles diversos e feito parcerias que vão do rock à música instrumental. Em 2018, foi uma das ganhadoras do concurso Levis × Laboratório Fantasma (Originals Studios) e como prêmio gravou seu single Dia a Dia pela Lab. No ano de 2019 lançou seu ep de estreia Nzinga Mbandi, uma proposta afrofuturista que mescla elementos da ancestralidade com a estética e a sonoridade contemporânea e urbana.

 

Aline Gonçalves

Flautista e clarinetista,  faz parte do grupo El Efecto e foi integrante fundadora da Itiberê Orquestra Família. Em 2002, gravou no disco Mundo Verde Esperança de Hermeto Pascoal e Grupo e, de 2005 a 2007, viveu no Chile, onde desenvolveu grande intimidade com a música latino-americana. Em  2017, passou a integrar o coletivo Essa Mulher,  dedicado ao fomento da produção musical feminina no Rio de Janeiro.

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.