CD/DVDLateralNotícia

Projeto Minas Sonoras

Elas ganham menos do que os homens, são estupradas e vítimas de feminicídios. Lutam sem perder a ternura. Lutam, cada vez mais, na política. Lutam com diversas armas, inclusive a música. Nesse front musical, elas tocam suas carreiras individuais e, às vezes, se unem para se fortalecerem.

E, juntas, são mais fortes, ninguém as segura. Juntas são sonoras. Fazem barulho. Fazem música. Juntas como as MINAS SONORAS – nome de coletivo e nome da canção que as cantoras e compositoras Laura Finocchiaro, Patrícia Mellodi e Ana Martins estão lançando no dia 27 de novembro, com direito a uma temporada de quatro lives na página @minassonoras no Facebook, nos dias 13, 20, 27 e 5 de dezembro.

De lives elas entendem bem. O trio, que se uniu em 2018, fez várias durante a pandemia, para divulgar o trabalho coletivo e o de cada uma. “Minas sonoras” é mais uma das faixas do trabalho que Laura Finocchiaro está produzindo em seu home studio. Ela assina a melodia (a letra é de Ana Martins), os arranjos e a produção, além de tocar e cantar junto com as outras duas minas.

O single, que será lançado pelo selo Sorte Produções e distribuído virtualmente pela Tratore, celebra o coletivo MINAS SONORAS, essas minas do bem, que não matam, mas que explodem em sons, em música, em afeto, em arte.

E, como afeto e arte devem ser compartilhados, elas estão lançando uma linha de camisetas das Minas Sonoras. Mimo para presentear quem a gente ama e quem nos fortalece. As camisetas estão sendo criadas pelo artista Pedro Paulo Pellegrini e serão vendidas na página @minassonoras no Facebook.

 

MINAS SONORAS

(Laura Finocchiaro e Ana Martins)

 Tivemos que lutar
Que arregaçar nossas mangas
Tivemos que nos unir
Prá não chorar as pitangas

Tivemos que espernear
Que mostrar os nossos dentes
Tivemos que nos unir
Para salvar muita gente.

Juntas somos mais fortes
Juntas ninguém nos segura
Juntas somos sonoras
Sem perder a ternura

 Louras, morenas, grisalhas
Nos palcos, nas praças, na rua
Juntas somos sonoras
Sem perder a doçura
a doçura … a doçura
a doçura … a… a… Minas Sonoras

Noite e dia no batente
Para que o mundo evolua
Juntas somos sonoras
Juntas fazemos cultura

Nossa luta é diária
Nossa briga é eterna
E apesar de tanto tempo
Ela ainda é moderna
Se quiser lutar comigo
Chega e escuta nossa ideia

Venha ser Mina Sonora
A luta é minha, é sua e é dela
Se quiser lutar comigo
Chega e escuta nossa ideia
Venha ser Mina Sonora

A luta é minha, é sua e é dela
… é dela… e é minha,
e é sua… e é dela…
a luta… Minas Sonoras…

 

Ficha técnica

Selo: Sorte Produções

Distribuição: Tratore

Composição: Laura Finocchiaro e Ana Martins

Letra: Ana Martins

Música: Laura Finocchiaro

Arranjo Musical: Laura Finocchiaro

Produção Musical: Laura Finocchiaro

Berimbau, Cuíca, Synths, Grooves, Baixo, Teclados, Guitarras,

Voz Central: Laura Finocchiaro

Vocal (esquerda): Ana Martins

Vocal (direita): Patrícia Mellodi

Mixagem: Francisco Patrício

Masterização: Carlos Freitas

Logomarca: Evelyn Silva

Fotos de capa: Marian Starosta

Diagramação visual da capa: Patrícia Mellodi

 

Sobre o novo álbum de Laura Finocchiaro

“Minas sonoras” é parte do álbum de inéditas que Laura Finocchiaro está produzindo em seu home studio e que será lançado em dois volumes: um no primeiro trimestre de 2021 e outro no segundo semestre de 2021. Já foram produzidas e gravadas canções como “A vagar” – parceria inédita de Laura com o poeta Jorge Salomão, que morreu no início de março – e “Asfixia” – canção musicada por ela com letra do jornalista e compositor cearense Flávio Paiva –, ambas disponíveis em todas as plataformas digitais.

Texto: Carla Paes Leme

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.