Ação socialMúsica de câmaraProgramaçãoRio de Janeiro

Projeto Bem Me Quer apresenta: Maestro Anacleto a�� 150 Anos A�

Orquestra Jovem PaquetA? faz 6 concertosA�para festejar os 150 anos de Anacleto de Medeiros

Entre agosto e dezembro, a Orquestra Jovem PaquetA? buy ralista for gynecomastia (OJP) realizarA? seis concertos para celebrar o sA�culo e meio de nascimento de um dos fundadores do choro carioca, nascido na ilha de PaquetA?. Maestro Anacleto 150 anosA�passearA? por diversas obras de Anacleto de Medeiros que receberam tratamento sinfA?nico.

A estreia do projeto serA? no dia 14 de agosto, na Casa de Artes PaquetA?, onde a OJP tambA�m se apresentarA? em 4 de setembro, 2 de outubro, 6 de novembro e 4 de dezembro, sempre aos domingos e com entrada gratuita. Um A?nico concerto desta homenagem entrarA? na programaA�A?o da Casa do Choro, no Centro do Rio: no dia 18 de novembro, sexta-feira, A�s 12h30, com ingressos a R$ 30.

Maestro Anacleto 150 Anos Cheap tem ranitidine controlled delivery tablets Bruno Jardim na regA?ncia, Carla RincA?n na direA�A?o musical, Josiane Kevorkian na direA�A?o artA�stica desta homenagem, que serA? possA�vel em virtude do patrocA�nio da Petrobras e do Governo do Rio de Janeiro atravA�s da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo A� Cultura do Rio de Janeiro.

Em 2006, o Bem Me Quer PaquetA? apresentou um espetA?culo totalmente dedicado ao repertA?rio de Anacleto de Medeiros, comandado pela sua orquestra mirim. Para a maioria dos entA?o pequenos instrumentistas, era o primeiro contato com o rico universo do maestro, que antes eles apenas conheciam como nome de rua da ilha, uma ladeira que mais parece montanha para quem tem as pernas curtas.

Uma dA�cada adiante e essa orquestra mirim cresceu, acumulou bagagem e se transformou na Orquestra Jovem PaquetA?, com trajetA?ria consolidada no cenA?rio musical carioca e incontA?veis apresentaA�A�es no Brasil e no exterior. A ladeira Maestro Anacleto jA? nA?o exige esforA�o para aqueles meninos que sonharam com o Bem Me Quer, atravessaram a adolescA?ncia com a OJP e hoje, quase adultos, se debruA�am novamente sobre a obra de um dos maiores mA?sicos brasileiros.

O novo espetA?culo, como hA? dez anos, A� uma homenagem a Anacleto no ano de seu sesquicentenA?rio. As composiA�A�es receberam tratamento sinfA?nico e agora estA?o nas mA?os de quem nA?o sA? conhece muito bem o maestro e sua importA?ncia para a formaA�A?o da mA?sica popular nacional, como tambA�m amadureceu executando muitas de suas obras.

 

Anacleto de Medeiros

Como a maioria dos integrantes da OJP, Anacleto Augusto de Medeiros nasceu em PaquetA?, no dia 13 de julho de 1866, e aos 9 anos jA? fazia parte da banda do Arsenal de Guerra do Rio de Janeiro, tocando flautim, e, logo depois, da Sociedade de MA?sica Paquetaense. Eram os primeiros passos do garoto que se formaria no ConservatA?rio de MA?sica e teria sob a sua batuta as bandas mais importantes da entA?o capital da Corte, como a Banda de MA?sica de MagA�, a Banda da FA?brica de Tecidos Bangu e a Sociedade Recreio Musical Paquetaense.

Mas foi com a Banda do Corpo de Bombeiros, fundada por ele em 1886, que Anacleto de Medeiros entraria para a histA?ria da cultura popular. Vivendo numa A�poca em que a arte no paA�s era uma rA�plica das influA?ncias europeias, esse filho de escrava liberta acreditava que a nossa mA?sica deveria retratar o que somos e temos como heranA�a. Sob a sua lideranA�a, as bandas, indispensA?veis quando se falava em diversA?o na A�poca, difundiam os gA?neros produzidos pelas classes populares a�� entre lundus, modinhas, choros e maxixes a��, interligando as culturas e dando os primeiros passos da nossa musicalidade.

Anacleto usou o seu talento e a sua genialidade para superar as adversidades da origem humilde e do fato de ser negro num paA�s em que o regime de escravidA?o vigorou por boa parte de sua vida. Esse mA?sico inovador, que conhecia e tocava todos os instrumentos que formavam as bandas, morreu consagrado, em 1907. O legado que nos deixou inclui cerca de 100 composiA�A�es catalogadas (entre valsas, polcas, dobrados, marchas e schottishes), algumas popularizadas pelos versos de Catulo da PaixA?o Cearense.

Nas A?ltimas dA�cadas, a obra de Anacleto de Medeiros vem sendo revisitada por diversos compositores e arranjadores. E agora A� a vez da Orquestra Jovem PaquetA?.

Orquestra Jovem PaquetA?A�

A Orquestra Jovem PaquetA? A� resultado do trabalho contA�nuo de formaA�A?o do Projeto Bem Me Quer PaquetA?, desenvolvido na Casa de Artes PaquetA?. Com um vasto repertA?rio que inclui obras tradicionais da mA?sica de concerto, ela foi, de mansinho, ocupando seu espaA�o na cena cultural carioca. Hoje, a OJP tem sonoridade prA?pria, reconhecida pelos amantes da boa mA?sica. Com uma turnA? pela Alemanha e apresentaA�A�es regulares nas principais salas e teatros do Rio, vem encantando o pA?blico e se consolidando como um importante corpo musical estA?vel de nossa cidade.

Anualmente, a OJP participa tambA�m de espetA?culos temA?ticos do Bem Me Quer, nos quais compositores e libretistas convidados criam uma obra relacionada A� histA?ria e A� identidade da ilha. Tim Rescala, JoA?o Guilherme Ripper, Edino Krieger e Edmundo Villani-CA?rtes jA? encararam o desafio de escrever para um grupo jovem A?vido por novas conquistas. A mais recente acontece agora, quando desvendam e nos apresentam a riqueza das composiA�A�es de Anacleto de Medeiros.

Cidadania atravA�s da arte

Bem Me Quer PaquetA? A� um projeto de capacitaA�A?o artA�stica e cultural por mA?sica de concerto, artes integradas e cidadania, desenvolvido desde o ano 2000 na Casa de Artes PaquetA? para crianA�as e jovens da ilha. Centenas de pequenos moradores do bairro jA? passaram pelas suas salas de aula, aprendendo muito mais do que mA?sica, teatro ou artes. O Bem Me Quer democratiza o acesso A� cultura, capacita e gera oportunidades, promove o resgate e a preservaA�A?o da memA?ria e da identidade da ilha, elevando tambA�m a autoestima de toda a comunidade de PaquetA?. Anualmente, o projeto trabalha um tema relacionado A� histA?ria da ilha, com a articulaA�A?o de diversos nA?cleos tA�cnicos na montagem de um espetA?culo.

 

Pills Pills SERVIA�O:

 

“Maestro Anacleto 150 Anos”

Cheap Cheap Orquestra Jovem de PaquetA?

 

14 de agosto, 4 de setembro, 2 de outubro, 6 de novembro e 4 de dezembro, domingos, A�s 11h30

 

Casa de Artes PaquetA?A�(PraA�a de SA?o Roque 31, PaquetA?. Tel.: 21 3397-0517)

 

Entrada franca -A�Livre para todas as idades

Para chegar a PaquetA? aos domingos, existem catamarA?s saindo da PraA�a XV A�s 8h30 e A�s 10h. HorA?rios sugeridos para retorno no mesmo dia: A�s 14h30, A�s 16h, A�s 17h30 e A�s 19h. A travessia dura cerca de 60 minutos.

 


tamil sexuality Dia 18 de novembro, sexta-feira, A�s 12h30


Casa do Choro
(Rua da Carioca, 38,A�Centro – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2242-9947)


R$ 30, com meia-entrada para estudantes e maiores de 65 anos

 

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.