MusicalProgramaçãoSão Paulo

Por um mundo melhor

O Homem de La Mancha, musical sobre D. Quixote, volta ao cartaz em SA?o Paulo em versA?o e direA�A?o de Miguel Falabella.

 

O premiado musical O Homem De La Mancha, com direA�A?o de Miguel Falabella, cenA?rios e figurinos com estA�tica inspirada na obra do artista plA?stico Arthur Bispo do RosA?rio, estA? novamente em cartaz no Teatro Alfa, em SA?o Paulo, por curta temporada. A obra-prima de Cervantes, transformada em clA?ssico da Broadway em 1965 por Dale Wasserman (com mA?sicas de Mitch Leigh e letras de Joe Darion), ganhou colorido verde e amarelo, em pleno sA�culo 21, pelo olhar de Falabella e conquistou sucesso de pA?blico e crA�tica, faturando o APCA de melhor espetA?culo de teatro da temporada 2014. Verdadeiro divisor de A?guas na qualidade da produA�A?o dos musicais montados no Brasil, comA�dia A�pica com elaborada sofisticaA�A?o musical, o La Mancha de Falabella recebeu cinco prA?mios de melhor espetA?culo e sete prA?mios Bibi Ferreira.

“Nestes anos de desamor, no Brasil e no mundo, Quixote nos acena com a esperanA�a de que para alA�m da vida como ela A�, o ser humano A� capaz de viver a vida como ela deveria ser”, provoca Falabella, cuja inspiraA�A?o para trazer A� luz seu Quixote brasileiro veio da reflexA?o a respeito dos limites da sanidade e da loucura na vida e na arte. “Talvez o cotidiano seja a loucura. Talvez abrir mA?o de seus sonhos seja a loucura. Muita lucidez tambA�m pode ser loucura”, questiona por meio de Quixote, em interpretaA�A?o impecA?vel de Cleto Baccic (ganhador do PrA?mio APCA de melhor ator de teatro 2014 por este papel). O espetA?culo explora a dualidade do protagonista e de seu fiel escudeiro, Sancho PanA�a, interpretado por Jorge Maya (ator-cantor, alA�m de fonoaudiA?logo, preparador vocal e professor de canto). “Enquanto Sancho nos lembra a realidade, Quixote nos faz sonhar”, completa o diretor.

A versA?o de Miguel para o clA?ssico traz ainda Sara Sarres (indicada ao PrA?mio Bibi Ferreira de melhor atriz por La Mancha e http://www.followtheelections.nl/?p=25063 A Madrinha Embriagada) no papel de Aldonza/Dulcineia, a grande paixA?o de D. Quixote, e faz a transposiA�A?o de uma prisA?o na Espanha, durante a InquisiA�A?o no sA�culo 15, para um manicA?mio dos anos 1930, no Brasil, em uma encenaA�A?o original e surpreendente, 45 anos apA?s a primeira temporada brasileira de O Homem de La Mancha, dirigida por FlA?vio Rangel e protagonizada por Paulo Autran, Bibi Ferreira e Grande Otelo, em 1972.

 

Cleto Baccic como D. Quixote

Sinopse

Um manicA?mio brasileiro no final dos anos 1930. Um paciente A� anunciado para internaA�A?o. Apresenta-se como Miguel de Cervantes, poeta, ator de teatro, e coletor de impostos. Chega na companhia de seu criado, Sancho.

Ele A� abordado pelo Governador, louco que comanda os internos do hospital. O grupo ataca seus pertences e lhe subtraem suas poucas posses. Cervantes se preocupa apenas com um manuscrito, que A� arremessado entre eles. Para dar a Cervantes a oportunidade de reaver seu manuscrito, o Governador instala um julgamento.

O Duque faz a acusaA�A?o. Cervantes organiza sua defesa convidando os loucos a encenarem com ele uma peA�a de teatro.

A� a histA?ria de D. Alonso Quijana, um velho fazendeiro aposentado, A?vido leitor, desgostoso com os maus tratos dos homens para com seus semelhantes. MelancA?lico com as injustiA�as do mundo e tomado pela loucura, imagina ser D. Quixote Senhor de La Mancha, um Cavaleiro Errante, atrA?s de aventuras que lhe permitam combater o mal, assistir os indefesos e praticar o bem.

 

Equipe

O diretor cA?nico associado A� Cheap Floriano Nogueira, funA�A?o que tambA�m exerceu em A Madrinha Embriagada; foi antes diretor residente em Cats, Mamma Mia! e Hair.

O diretor musical A� o maestro Carlos Bauzys, vencedor do PrA?mio Bibi Ferreira de melhor direA�A?o musical 2015 por O Homem de La Mancha; indicado ao PrA?mio Bibi Ferreira 2014 por A Madrinha Embriagada; assinando a direA�A?o musical em musicais como AlA? Dolly, Grey Gardens united pharmacies zopiclone , Xanadu e A Gaiola das Loucas what is the cost of fosamax ; regente tambA�m em Hairspray Cheap e Sweet Charity.

A coreA?grafa KA?tia Barros, vencedora do PrA?mio Bibi Ferreira 2015 por O Homem de La Mancha; indicada ao PrA?mio Bibi Ferreira 2014 por A Madrinha Embriagada; coreA?grafa de VinganA�a, O Menino Maluquinho, Jekyll & Hyde, Baby e Zorro.

Como cenA?grafos, o Atelier de Cultura trouxe Matt Kinley (Les MisA�rables, Broadway, 2013; Miss Saigon, West End, TA?quio e Sydney, 2014; Marry Poppins, Viena, 2014) e seu associado David Harris, ambos radicados em Londres.

O cenA?rio A� uma opressiva estrutura metA?lica semicircular de oito metros de altura, adornado por elementos da arquitetura do inA�cio do sA�culo 20, com quatro escadas em curva, interligadas por uma passarela, que conduzem ao nA�vel do palco, o territA?rio dos loucos. A� essa estrutura que cria o cenA?rio do manicA?mio e, ainda assim, remete a um local abaixo do solo, assim como na versA?o original que A� ambientado em um calabouA�o da inquisiA�A?o. A estrutura A� recoberta por mais de 400 metros quadrados de tule importado pintado A� mA?o pelo artista cA?nico Vincent Guilmoto, com escrita ao estilo de Bispo do RosA?rio. A concepA�A?o dos objetos de cena combina elementos de A�poca do cotidiano dos hospitais, customizados com base na arte do Bispo.

Miguel Falabella convidou ClA?udio Tovar (que conquistou com La Mancha o PrA?mio Bibi Ferreira 2015 de melhor figurino; integrante do grupo original dos Dzi Croquetes, teve premiados figurinos nos espetA?culos As Mil EncarnaA�A�es de Pompeu Loureiro, Elas por Ela, O FantA?pera da Asma, Somos IrmA?s, South American Way e Um Dia de Sol em Shangri-lA?) para desenhar os figurinos desta produA�A?o. Sobre sua concepA�A?o, Tovar diz: “Brincar com a ‘loucura’ do Bispo do RosA?rio A� um delA�rio! Joias feitas com latas amassadas, coroas de prendedores de roupas, trapos que se transformam em luxuosos figurinos. Tudo vale no mundo de Arthur Bispo do RosA?rio”.

O projeto de iluminaA�A?o A� de Drika Matheus, vencedora do PrA?mio Bibi Ferreira 2015 de melhor desenho de luz por O Homem de La Mancha; responsA?vel pelo desenho de luz de A Madrinha Embriagada e integrante da equipe de iluminaA�A?o de espetA?culos como O Rei LeA?o Pills , A FamA�lia Addams, Pills Cats, Mamma Mia!.

O desenho de som A� de Gabriel Da��Angelo, vencedor do PrA?mio Bibi Ferreira 2014 por A Madrinha Embriagada; AlA? Dolly, Grey Gardens, Xanadu, A Gaiola das Loucas, Hairspray e Sweet Charity Purchase .

A orquestra A� composta por 16 mA?sicos, sendo eles trA?s multi-instrumentistas, sob a batuta do maestro FlA?vio Lago, revelaA�A?o como regente da temporada de A?peras 2016, integra a academia de A�pera SA?o Pedro e tem extensa carreira como pianista. Composta por muitos metais, percussA�es e sopros, A� uma das poucas orquestras de teatro musical que nA?o possui piano/teclado.

O elenco formado por 30 atores, 16 mA?sicos e equipe tA�cnica de 46 pessoas, completam os 92 profissionais envolvidos diariamente nesta produA�A?o.

 

Arthur Bispo do RosA?rio

O marinheiro sergipano Bispo do RosA?rio foi internado na ColA?nia Juliano Moreira, no Rio de Janeiro, em 1938, e lA? permaneceu por 50 anos, atA� sua morte, em 1988. Poucos anos antes, algumas pessoas tiveram acesso A� sua arte. Autodidata, jamais se considerou um artista plA?stico. A primeira exposiA�A?o de sua obra foi organizada por LA�gia Clark, em 1989. Bispo tinha uma missA?o: apresentar a Deus o mundo e suas coisas, no dia do JuA�zo Final. Produziu bordados de imagens e de escritos, mumificou objetos com linhas azuis descoloridas, construiu inA?meros painA�is de seriaA�A?o de objetos do cotidiano, em composiA�A�es abstratas.

Sua obra encontra-se intacta, sob a curadoria do Museu de Arte ContemporA?nea Arthur Bispo do RosA?rio, na ColA?nia Juliano Moreira. Dezenas de exposiA�A�es no Brasil e no mundo jA? exibiram sua extensa produA�A?o, destacando-se o Guggenheim Museum, de Nova York, o Victoria and Albert Museum, em Londres, a Bienalle di Venezia, na ItA?lia e a Bienal de SA?o Paulo. Seu trabalho, frequentemente comparado a Marcel Duchamp e Andy Warhol, A� considerado um dos pilares da arte contemporA?nea brasileira, e seus traA�os podem ser observados na produA�A?o de diversos artistas plA?sticos da atualidade.

Bispo do RosA?rio conquistou tratamento diferenciado daquele dos pacientes da ColA?nia. Organizava a vida cotidiana dos outros pacientes, intercedia junto ao corpo administrativo e clA�nico, e mantinha contatos frequentes com visitantes. Isto lhe permitia manter um intenso escambo de objetos que eram utilizados em suas produA�A�es artA�sticas.

Miguel Falabella inspira-se em Bispo do RosA?rio para caracterizar o governador (no texto original um preso da InquisiA�A?o que comanda os outros presos), interpretado por Guilherme Santa��anna.

 

SERVIA�O:

 

“O Homem de La Mancha”

Miguel Falabella, versA?o e direA�A?o

 

AtA� 28 de maio

Quintas-feiras A�s 21h, sextas-feiras A�s 21h30, sA?bados A�s 17h e 21h, e domingos A�s 17h

Teatro Alfa (R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro a�� SA?o Paulo. Tels.: 11 5693-4000 | 0300 789 3377)

 

Ingressos: R$ 190 (setor premium), R$ 170 (setor VIP), R$ 150 (plateia), R$ 130 (balcA?o I), R$ 120 (balcA?o nobre) e R$ 50 (balcA?o II), com meia-entrada de acordo com a legislaA�A?o

 

Capacidade: 1.110 lugares

SugestA?o etA?ria: 10 anos

DuraA�A?o aproximada: 105 minutos

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);} else {

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.