Música contemporâneaMúsica de câmaraProgramaçãoSão Paulo

Piano brasileiro

Em três dias seguidos, Osesp promove recitais de piano com repertório totalmente nacional.

 

De 26 a 28 de abril, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) promove uma série de recitais de câmara dedicada ao piano brasileiro, com três dias seguidos de apresentações totalmente voltadas ao cenário nacional. O Duo Gisbranco e os pianistas Cristóvão Bastos, Leandro Braga e André Mehmari sobem ao palco da Sala São Paulo, na capital, para apresentar obras autorais e de renomados compositores do nosso país.

No primeiro dia de apresentação, o Duo Gisbranco vai do erudito ao popular, apresentando obras de Heitor Villa-Lobos e Egberto Gismonti. A dupla é formada por Claudia Castelo Branco e Bianca Gismonti (filha de Egberto), e já possui 13 anos de carreira, que incluem três CDs e dois DVD lançados, e um histórico de shows pelo Brasil e pela Europa.

Duo Gisbranco

 

Já no dia 27, os pianistas Cristóvão Bastos e Leandro Braga, ambos também compositores e arranjadores, se juntam para apresentar choros, sambas e maxixes – três gêneros genuinamente brasileiros. Além de composições autorais, o repertório conta com obras de Chiquinha Gonzaga e Ernesto Nazareth, precursores da execução destes gêneros, e também Pixinguinha, Radamés Gnattali e Altamiro Carrilho, que inovaram na forma de compor e interpretar.

Leandro Braga e Cristóvão Bastos

 

Para finalizar, no dia 28, o pianista e compositor André Mehmari apresenta obras de Nazareth e Tia Amélia, além de composições próprias. Mehmari venceu o primeiro Prêmio Visa de MPB e já foi indicado ao Grammy, além de ter sido premiado na área erudita, na Nascente-USP, no Concurso Camargo Guarnieri e no Prêmio Carlos Gomes. Suas composições e arranjos já foram tocados pela Osesp e, como instrumentista, já atuou ao lado de Milton Nascimento, Toninho Horta, entre outros.

André Mehmari

 

PROGRAMA:

26 de abril
Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
Choros n. 5 – Alma Brasileira

Egberto Gismonti (1947-)
Sete Anéis

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
Bachianas Brasileiras n. 4

Egberto Gismonti (1947-)
O Amor que move o Céu e as Estrelas
Festa no Carmo
A Fala da Paixão
Maracatu
Forrobodó

—————–

27 de abril
Chiquinha Gonzaga (1847-1935)
Corta-Jaca

Ernesto Nazareth (186-1934)
Ranzinza
Faceira

Pixinguinha (Alfredo da Rocha Vianna Filho, 1897-1973)
Naquele Tempo

Radamés Gnattali (1906-1988)
Remexendo

Altamiro Carrilho (1924-2012)
Rio Antigo

Elton Medeiros (1930-) / Cartola (Angenor de Oliveira, 1908-1980)
Pressentimento

Leandro Braga (1955-)
Tratos à Bola
A Folia do Bode
Um Ariel de Saudade
Linda

Cristóvão Bastos (1946-)
Choro dos Mestres
Sem Palavras
Os Três Chorões
Charrete de Paquetá

—————–

28 de abril
Ernesto Nazareth (186-1934)
Tenebroso
Resignação

Tia Amélia (Amélia Brandão Nery, 1897-1983)
Bordões ao Luar

Radamés Gnattali (1906-1988)
Canhoto

Guinga (Carlos Althier de Sousa Lemos Escobar, 1950-)
Di Menor

André Mehmari (1977-)
Suíte Improvisada Sobre Temas de Egberto e Hermeto
Estudos Intervalares Brasileiros para Pianistas

 

Foto do post: André Mehmari por Maristela Martins

 

SERVIÇO:

 

Série “Piano Brasileiro”

 

Duo Gisbranco

26 de abril, quinta-feira, às 20h30

 

Cristóvão Bastos e Leandro Braga

27 de abril, sexta-feira, às 20h30

 

André Mehmari

28 de abril, sábado, às 16h30

 

Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16 – São Paulo. Tel.: 11 3223-3966)

 

Ingressos: de R$ 50 a R$ 122

 

Capacidade: 1.484 lugares

Sugestão etária: acima de 7 anos

 

Estacionamento: R$ 28 (noturno e sábado à tarde) e R$ 16 (sábado e domingo de manhã) | 611 vagas, sendo 20 para portadores de necessidades especiais e 33 para pessoas com mais de 60 anos

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.