Música sinfônicaProgramaçãoSão Paulo

OSUSP sob a regência de Lígia Amadio

Nos dias 3 e 4 de junho, a Orquestra Sinfônica da USP vai se apresentar sob a regência de sua maestrina titular, Lígia Amadio. O violinista solista será o artista russo, bastante conhecido, Shlomo Mintz.

SERVIÇO

Anfiteatro Camargo Guarnieri
Rua do Anfiteatro, 109 – Cidade Universitária – São Paulo
Dia 03.06 às 12 h.

 

Sala São Paulo
Rua Júlio Prestes, s/no. – São Paulo
Dia 04.06 às 21 h.

 

PROGRAMA
RAUL DO VALLE (1936)
Bleublancrouge (versão II)


FELIX MENDELSSOHN (1809 – 1847)
Concerto para violino e orquestra, op. 64, em Mi menor


FRANZ LISZT (1811 – 1886)
Sinfonia Dante, S.109

Participação do coral da USP

 

LÍGIA AMADIO

É uma das mais destacadas regentes brasileiras da atualidade. Notabilizou-se internacionalmente por sua reconhecida exigência artística, seu carisma e suas vibrantes performances. Sua atuação estende-se por: Alemanha, Argentina, Áustria, Bolívia, Chile, Colômbia, Croácia, Cuba, Eslovênia, Estados Unidos, França, Israel, Itália, Japão, Holanda, Hungria, México, Peru, Portugal, República Tcheca, Rússia, Sérvia, Tailândia e Venezuela.

Premiada no célebre Concurso Internacional de Tóquio (1997) e no II Concurso Latino-Americano para Regentes de Orquestra em Santiago do Chile (1998), em 2001 recebeu o prêmio “Melhor Regente do Ano” no Brasil, outorgado pela Associação Paulista de Críticos de Arte.

No Brasil, tem sido convidada para atuar à frente das mais importantes orquestras. Atuou como regente titular e diretora artística da Orquestra Sinfônica Nacional, entre 1996 e 2009. Por seu dedicado labor na direção da OSN, recebeu o título de “Cidadão Niteroiense”, em 2003, e a Comenda da Ordem do Mérito da Cidade de Niterói, no grau de Grande Oficial, em 2005.

Entre 2000 e 2003, ocupou a função de regente titular da Orquestra Sinfônica da Universidade Nacional de Cuyo, em Mendoza, Argentina. Em 2003, recebeu os prêmios Lira à Excelência e Raízes, devido a seu trabalho à frente dessa orquestra. Em 2009, desempenhou-se como diretora artística e regente titular da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, sendo laureada com a Medalha Carlos Gomes, concedida pela Câmara Municipal daquela cidade.

Em agosto de 2009, assume a regência da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo (OSUSP). Em todos os cargos que ocupou como regente, Lígia Amadio foi eleita pelos integrantes das respectivas orquestras. Sua discografia reúne 11 CDs e 5 DVDs: à frente da Sinfônica Nacional, da Sinfônica da Rádio e Televisão Eslovenas e da Sinfônica de Mendoza, na Argentina. Entre eles, destaca-se a realização da coleção Música Brasileira no Tempo.

Lígia Amadio iniciou sua formação musical aos cinco anos de idade sob a orientação da professora Maria Cristina da Ponta Fiore. Realizou estudos regulares no Colégio Dante Alighieri e, após haver concluído o curso de Engenharia de Produção na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), em 1985, realizou o Bacharelado em Música – com habilitação em regência – e o Mestrado em Artes na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). No Brasil, seus principais mentores foram Henrique Gregori, Eleazar de Carvalho, H.J.Koellreutter e Almeida Prado.

Sua formação também incluiu os mais importantes cursos internacionais de especialização em regência orquestral: Accademia Chigiana (Itália), International Bartók Seminar (Hungria), Wiener Meisterkürse für Musik (Áustria), International Opera Workshop (República Tcheca), Peter the Great International Workshop (Rússia), Curso Interamericano para Jovenes Directores de Orquesta (Venezuela), Curso Latino-Americano de Regência Orquestral (São Paulo) e Kirill Kondrashin Masterclass (Holanda), onde foi premiada, regendo no Concertgebouw de Amsterdam, a Netherlans Radio Television Symphony Orchestra. Nesses cursos, teve como professores: Ferdinand Leitner, Dominique Rouits, Julius Kalmar, Georg Tintner, Alexander Politshuk, Guillermo Scarabino, Kurt Masur e Sir Edward Downes.

Ligia Amadio is a highly gifted conductor in my opinion. I have played under her baton and I noticed how well prepared the orchestra was and every detail taken care of. During the performance she is extraordinarily inspiring and reliable. Her musicality is outstanding and her temperament fiery and lyrical. – September, 28th, 2003, Buenos Aires, Argentina. – Martha Argerich

 

ORQUESTRA SINFÔNICA DA USP

A Orquestra Sinfônica da USP é um órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária e teve como primeiro regente o renomado compositor Camargo Guarnieri (1907-1993). Em 1996, lançou um CD com obras de sua autoria.

Em 2000, a OSUSP excursionou pela Alemanha, sendo calorosamente aplaudida. Em 2003, lançou um novo CD com composições escolhidas especialmente para seu núcleo de cordas. No mesmo ano, foi criado pelo Maestro Ronaldo Bologna o Concurso Nacional de Composição Camargo Guarnieri, incentivando jovens compositores brasileiros.

De 2002 a 2008, sob a regência do Maestro Carlos Moreno, a Orquestra promoveu o Projeto Academia voltado ao aperfeiçoamento de músicos profissionais. No ano de 2005, foi lançado um CD em comemoração aos 30 anos de fundação da OSUSP e em 2006, a Orquestra recebeu o prêmio Carlos Gomes de “Melhor Orquestra do Ano”, concedido aos nomes mais expressivos da música erudita nacional.

Em 2008, em um concerto inédito no mundo, a OSUSP realizou o ciclo completo das Bachianas Brasileiras de Villa-Lobos.

Em 2009, a maestrina Lígia Amadio assumiu o posto de regente convidada da OSUSP, oferecendo ao público desde então uma rica temporada de concertos que incluiu a participação dos solistas vencedores do Concurso Internacional Rainha Elisabeth, da Bélgica, do violonista Pepe Romero, do tenor José Carreras, de pianistas brasileiros de renome internacional como Eduardo Monteiro, Linda Bustani, Arnaldo Cohen entre outros grandes nomes do cenário musical nacional e internacional.

A OSUSP abriu a temporada lírica do Theatro São Pedro em 2010 com 5 récitas da ópera Tosca, de generic valtrex Puccini, com sucesso de crítica e público.

Para 2011, pretende manter o alto grau de excelência que marca sua trajetória no cenário musical nacional atuando ativamente em sua missão de estimular a educação e a cidadania em sentido amplo, incluindo em sua programação repertório de compositores brasileiros, concertos educativos e didáticos nas principais salas de concerto e nos campi da Universidade, promovendo o aprimoramento cultural através da música e possibilitando o estímulo estético, a formação do público e a interação entre o saber produzido na Universidade e a sociedade. 

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);}

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.