Ação socialLateralMovimentoNotíciaRio Grande do Sul

OSPA destina piano restaurado à sua escola

Instrumento da orquestra passou por ampla reforma e foi destinado à sede do Conservatório Pablo Komlós.

Apesar da pandemia, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) iniciou 2021 com um grande fomento à educação. Um piano da instituição foi restaurado e encaminhado para a Escola de Música da Ospa – Conservatório Pablo Komlós. O instrumento, que por anos integrou alguns dos maiores espetáculos da sinfônica, ganhará um fim instrutivo e cultural para jovens músicos, após remodelação feita pelo afinador Person Losekann.

A entrega ocorreu nestaterça-feira (5) e contou com a presença do professor e pianista André Carrara. O instrumentista avalia que ‘‘o objeto é de extrema importância não apenas para a Escola como para a cidade, que ganha mais um espaço para a música, mesmo em meio a um cenário negativo do ponto de vista cultural’’. 

Carrara também destaca a qualidade do instrumento, que, devido às características da marca, permite uma experiência singular para o músico. ‘‘O Blüthner é o único piano que utiliza o sistema aliquot, que, com uma corda extra nas três oitavas do piano, faz com que as notas vibrem por simpatia, garantindo uma sonoridade única e especial”.

Além de ser um desejo que se cristaliza de forma colaborativa dentro da própria Fundação, a utilidade do piano no dia a dia da instituição conta com mais de uma finalidade. Para o diretor da Escola da Ospa e clarinetista, Diego Grendene de Souza, ‘‘hoje é um dia histórico para a Escola de Música da Ospa! Nossos alunos e professores terão, a partir de agora, um piano da mais alta qualidade para ensaios e apresentações. É um sonho antigo, que hoje se realiza.”

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.