Ação socialMúsica sinfônicaProgramaçãoRio de Janeiro

Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca abre sua temporada

Concerto ocorre no Museu de Arte do Rio. 

 

A Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC) é uma ação de integração e também de fortalecimento do ensino da música. Criada pela Secretaria Municipal de Educação, já conta com mais de 150 crianças e adolescentes, estudantes da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro. Em grupos divididos, os jovens músicos ensaiam na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, e na Escola Municipal Rivadávia Correa, no Centro da Cidade. O conjunto realiza sua próxima apresentação no dia 24 de março, às 15h, no MAR – Museu de Arte do Rio. A entrada é gratuita e a regência é do maestro Anderson Alves.

A OSJC paz parte do Programa Orquestra nas Escolas. A Secretaria Municipal de Educação deu o pontapé inicial no programa em 2017, com vistas ao fortalecimento da educação por meio da arte. A iniciativa tem contribuído para promoção da melhoria da qualidade de vida e ensino de estudantes, por meio de aulas gratuitas de música nas escolas da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro. Até 2020, o programa pretende atingir cerca de 80 mil alunos.

As aulas ocorrem no contraturno e no pós-turno escolar. O estudante escolhe o instrumento de sua preferência para aprender, entre viola, violino, contra baixo acústico, flauta doce, trompete, trombone, clarinete, percussão, além de canto coral.

 

Maestro Anderson Alves

O maestro

Natural do Rio de Janeiro, Anderson Alves é maestro, pianista e compositor. Em regência orquestral, aperfeiçoou-se com Isaac Karabtchevsky, Eduardo Lopes, Kirk Trevor (Inglaterra), Felipe Cattapan, Ricardo Rocha e Fábio Mechetti.

Estudou regência no Conservatório Brasileiro de Música e também atuou como professor substituto de regência, pianista correpetidor da classe de canto e regente assistente da Orquestra na mesma instituição. Fez especialização em Regência de ensembles com Eduardo Lopes (prof. do Conservatório de Bourdeaux, França), aperfeiçoando-se em um repertório para ensemble instrumental e voz pouco abordado no Brasil (Berio, Britten, D’Adamo, Ravel, Stravinsky).

Fundou e dirigiu, por quatro anos, a Orquestra Jovem Música no Museu. Em 2009, participou ativamente da doxycyclin buy masterclass sobre A História do Soldado, de Stravinsky, realizada pelo Departamento de Composição e Regência do Instituto Villa-Lobos da UniRio, e foi selecionado para reger duas récitas cênicas. O curso foi ministrado pelo maestro Felipe Cattapan (Prof. da Escola Superior de Berna, Suíça). Em 2011, foi finalista do Concurso Jovens Regentes da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. No mesmo ano regeu a Orquestra do 33º Curso Internacional de Verão de Brasília, no concerto de encerramento do festival. Participou por três vezes do curso de regência da Mostra Internacional de Música e Cinema, sob orientação do maestro Isaac Karabtchevsky.

Em 2015, foi selecionado para o 7º Laboratório de Regência da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, sob orientação do maestro Fabio Mechetti. Em 2016, atuou como regente assistente do Festival Munasp, em São Paulo. Dentre as orquestras que já regeu destacam-se: Sinfônica de Heliópolis, Sinfônica Nacional da UFF; Filarmônica de Minas Gerais e Sinfônica de Barra Mansa. Por quatro anos foi coordenador do Projeto Educanção, desenvolvido pela Prefeitura Municipal de Paraty, que contava com cerca de 800 alunos de música.  Foi regente do Coral Municipal de Paraty e Coral Sest-Senat Rio.

Como compositor, tem obras para diversas formações, destacando-se Fantasia para Orquestra Sinfônica (estreada em 2014, pela OSN-UFF); Divertimento para Trio (dedicada ao Trio Capitu e parte do CD Novos Ventos) e Concertino para Clarineta e Cordas, dentre outros.

Atualmente, é maestro e diretor musical da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca – Programa Orquestra nas Escolas, coordenador pedagógico do Projeto Som+Eu e dirige o Circuito Cultural Zona Sul.

 

 

viagra buy PROGRAMA:

G. Rossini (1792-1868)
Abertura da ópera O Barbeiro de Sevilha  (arr. R. Meyer)

I. Stravinsky (1882-1971)
O Pássaro de Fogo (arr. J.Bullock)

J. Lennon (1940-1980) 
She Loves You
Michele
Here Comes the Sun (arr. A. Alves)

H. Villa-Lobos (1887-1959)
O Trenzinho do Caipira (arr. A. Alves)

Tom Jobim (1927-1994)
Amoxicillin without prescription Águas de Março (arr. A. Alves)

Pixinguinha (1897-1973)
Carinhoso (arr. A. Alves)

Luiz Gonzaga (1912-1989)
Asa Branca
Que Nem Jiló (arr. A. Alves)

  Viagra Soft cheapest

SERVIÇO:

 

Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca

Anderson Alves, regência

 

24 de março, sábado, às 15h

 MAR – Museu de Arte do Rio (Praça Mauá, 5, Centro – Rio de Janeiro)

 

Entrada franca

fluoxetine cheap order Amoxicillin
 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.