Currículos

Orquestra Jovem Vale Música

Orquestra Jovem Vale Música

A Fundação Amazônica de Música, juntamente com a Fundação Vale, vem desenvolvendo desde 2004 o Projeto VALE MÚSICA, voltado para a educação musical de crianças e adolescentes da rede pública de ensino.

Integrando o Projeto, a Orquestra Jovem Vale Música imagenes de futbol femenino con frases , que foi criada em janeiro de 2010, tem em sua formação 64 alunos, com idade entre 11 e 21 anos. Tem como tendo em sua formaçembro de 2008 eRegente titular o Maestro Miguel Campos Neto, e como regentes assistentes os professores Agostinho Jr., Benedito Jr., Marcus Guedes e Paulo Keuffer.

Os alunos que integram a Orquestra Jovem Vale Música tem larga experiência em apresentações musicais, em diversos eventos culturais, onde se destacam a participação na Ópera Infanto-Juvenil “O Viajante das Lendas Amazônicas”, apresentada no Pará, em Belém (Theatro da Paz) e no Ginásio Poliesportivo de Marabá, assim como no Palácio das Artes, em Belo Horizonte-MG, assim como na Ópera de Rossini, “La Cambialle de Matrimonio”, parte integrante do Festival de Internacional de Ópera da Amazônia de 2009.

Em março de 2010, apresentou-se sob a regência do maestro sul-coreano Jooyong Ahn, tendo como solista o trompetista norte-americano David Spencer, convidados do Projeto Vale Música-Belém e sob o patrocínio da Universidade do Memphis (USA).

Em maio do mesmo ano, a OJVM, como integrante do Projeto da Ópera “O Viajante das Lendas Amazônicas”, se apresentou no Teatro Nacional de Brasília, e na reabertura do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Em junho de 2010 apresentou-se com o renomado violoncelista Antônio Meneses, em Belém-PA, e novamente no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, onde interpretou peças de Beethoven e Tchaikovsky.

Logo depois, em julho, apresentou-se sob a regência do maestro alemão Walter Michael Vollhardt, convidado pelo Projeto Vale Música e sob o patrocínio do Instituto Goethe e da Casa de Estudos Germânicos da UFPa, que realizou um trabalho intensivo com seus integrantes.

A partir de setembro de 2010, a OJVM participa do Projeto SONS DA AMAZÔNIA, que tem por objetivo a realização de concertos didáticos mensais, com entrada franqueada ao público.

A OJVM tem desenvolvido o intercâmbio com instrumentistas e regentes internacionais, entre os quais: David Spencer (USA), Jooyong Ahn (Coréia do Sul), Ricardo Cabrera (Colômbia), Brian Lewis (EUA), Yerko Tabilo (Chile), Alexander Shityakov (Rússia), Evgueny Pustovalov (Rússia), Emmanuele Baldini (Itália), entre outros.}

4 Comments

  1. Não consigo contato… preciso de um telefone de alguém da orquestra para evento no Cristo Redentor no Rio de Janeiro pela arquidiocese….meu tel 21-3385-4541 Kika Barros obrigada!!

Leave a Response

Antônio Rodrigues
Apaixonado por música coral, é um dos fundadores e mantenedor do movimento.com.