LateralMovimentoMúsica antigaProgramaçãoSão Paulo

Música na corte francesa do século XVII

Na quinta-feira, dia 16 de janeiro, acontece, em São Paulo, o concerto de pré-gravação do CD “Nossos espíritos livres”, projeto aprovado pela Lei de Incentivo Municipal da Cidade de Curitiba, patrocinado pelo grupo Positivo.

No programa, Marília Vargas, Silvana Scarinci e Roger Burmester, com a participação especial de Juliano Buosi e Raquel Aranha, interpretam composições da corte francesa do século XVII, as chamadas “airs de cour”.

De singela e delicada sonoridade, são canções estróficas, ou seja, com versos que se sucedem sobre a mesma música, geralmente acompanhadas por alaúde, numa combinação vocal e instrumental que faz lembrar a combinação das canções da música popular brasileira.

Os compositores Michel Lambert, Etiènne Moulinié, Pierre Guedron e outros são pouco conhecidos, mas importantíssimos por desenvolverem a refinada linguagem das “airs de cour”, no momento da transição da linguagem modal para a tonal, da canção e da música vocal polifônica para a monodia.

O repertório acompanha esta transição, também na forma do acompanhamento, inicialmente escrito para voz e alaúde ou guitarra barroca, desenvolvendo-se em direção à técnica de baixo contínuo com os mesmos instrumentos.

O CD será gravado no fim do mês de janeiro, no Estúdio Trilhas Urbanas, em Curitiba, cidade onde também ocorrerá o concerto de lançamento. A apresentação em São Paulo tem entrada franca e acontece na Igreja do Divino Espírito Santo, na Rua Frei Caneca, às 19h30.

Ficha técnica

Realização: Oficina da Memória, Conservação e Restauro
Miguel Geraldi – Direção Musical
Marília Vargas – soprano
Roger Burmester – alaúde, guitarra barroca
Silvana Scarinci – arquialaúde, teorba
Participação especial: Raquel Aranha e Juliano Buosi – violinos barrocos

 

PROGRAMA

Pierre Guédron (1564 – 1620)
Cessez Mortels de soupirer

Nicolas Vallet (1583-após 1642)
Quelle espoir de guarir
– Prélude

Pierre Guédron (1564 – 1620)
Soupirs mêlés d’amour
Aux Plaisirs, aux délices Bergères

Etienne Moulinié (1599 – 1676)
Quando borda el campo verde
Repicavam las campanillas
Orilla del claro Tajo

Henri de Bailly/le Bailly (15??-1637)
Passacalle, la folie

Jehan Chardavoine (1538- c. 1580)
Une jeune fillette

Michel Lambert
Vos mépris

Robert Ballard (c.1572– após 1650)
Il faut mourir
Entrée de luth

François Richard
Les yeux baigné de pleurs
Ruisseau qui cours apres toy-mesme

Joseph Chabanceau de la Barre
J’avois juré de n’aymer plus
Ah! Je sens que mon coeur

Robert Ballard
Entrée 10

Antoine de Boesset
Nos esprits libres et contentes
Si c’est un crime que l’aymer

 

SERVIÇO

 

Quintas Culturais no Divino – Música na corte francesa do século XVII

Dia 16 de janeiro, quinta-feira, às 19h30

Igreja do Divino Espírito Santo (Rua Frei Caneca, 1047 – São Paulo)

Entrada Franca

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.