LateralMovimentoNotíciaSão Paulo

Municipal de São Paulo retoma programação artística

O Theatro Municipal de São Paulo, equipamento da Prefeitura da Cidade de  São Paulo e ligado à Secretaria Municipal de Cultura e à Fundação Theatro Municipal de São Paulo, retoma sua programação artística no mês de dezembro de 2020, agora sob gestão da Santa Marcelina Cultura e com direção artística de Paulo Zuben.

Com formações reduzidas e concertos mais curtos, respeitando todos os protocolos sanitários, até o fim do mês de dezembro serão apresentados quatro concertos digitais gravados e dois concertos abertos ao público, que serão também transmitidos ao vivo pelo canal do Municipal no Youtube.

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM), sob regência de Roberto Minczuk, abre a programação com quatro concertos digitais em homenagem aos 250 anos de Beethoven. Os programas contemplam obras emblemáticas do compositor como a Abertura Fidelio, a ária Abscheulicher! Wo eilst du hin?, de Fidelio, as Sinfonias nº 5 e nº 7 e o Concerto para piano nº 5.

Esses concertos contam com a participação da soprano Marly Montoni e do pianista Lucas Thomazinho e serão exibidos pelo canal do Theatro Municipal no Youtube nos dias 17, 18, 19 e 20 de dezembro, sempre às 20h.

 

Concertos com público e transmissões ao vivo

O Theatro Municipal reabre suas portas ao público para dois concertos especiais de Natal. No dia 20 de dezembro, domingo, às 11h, o Coral Lírico de São Paulo sobe ao palco sob regência de Sergio Wernec, para interpretar obras dos compositores Camille Saint-Saëns, Franz Gruber e Georg F. Händel. O concerto conta com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

Para encerrar a programação do ano, no dia 23, quarta-feira, às 18h, é a vez do Coral Paulistano retomar suas atividades e apresentar excertos de O Messias, de Georg F. Händel, em concerto que conta com a participação da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo e regência do maestro Roberto Minczuk e da maestrina Maíra Ferreira.

Para a retomada dessas atividades presenciais com público, estão sendo seguidos todos os protocolos sanitários.

 

 Temporada 2021 (de janeiro a abril)

A Temporada de 2021, no período de janeiro a abril, será composta por 25 concertos e 4 apresentações do Balé da Cidade de São Paulo. Toda a programação será realizada presencialmente, com a participação do público. Também haverá transmissões ao vivo e gravações dos espetáculos, possibilitando à população o acesso gratuito à programação artística do TMSP.

 

Temporada Sinfônica

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM) realizará 13 programas sinfônicos que contemplam obras de 23 compositores. Como destaque, a OSM apresentará diversas sinfonias de Schumann e homenageará os compositores Igor Stravinsky, Astor Piazzolla e Edmundo Villani-Côrtes. Todos os concertos acontecem na Sala de Espetáculos e também terão transmissão ao vivo pelo canal do TMSP no Youtube.

A programação foi pensada de forma a respeitar os protocolos sanitários. Por conta disso, o repertório foi escolhido com a OSM em formação reduzida. A abertura da temporada 2021 acontece no dia 15 de janeiro, sexta-feira, às 20h, sob regência de Roberto Minczuk. Já no início do mês de fevereiro a Orquestra Sinfônica Municipal retorna com dois programas inéditos.

No dia 5, sob regência de Minczuk, apresenta concerto com as peças  Ma Mere L’oye Suite, de Maurice Ravel, e Sinfonia n. 1, de Robert Schumann. E no dia 6, a OSM faz concerto sob regência de Alessandro Sangiorgi e com a participação da pianista Cecília Moita e do tubista Ricardo Serralheiro. No programa, composições de Dvorak, Poulenc e Vaughan-Williams.

Em março, a OSM realizará seis concertos, sempre às 20h, também com transmissão ao vivo. Nos dias 5 e 6, sob regência de Roberto Minczuk, a Orquestra apresenta dois programas diferentes, com obras de Guarnieri e Schumann no dia 5, e peças de Bach, Debussy e Villa-Lobos no dia 6.

Já nos dias 12 e 13 de março, a OSM homenageará os 100 anos do compositor Astor Piazzolla, sob a regência de Roberto Minczuk, e os 90 anos de Edmundo Villani-Côrtes, sob a regência de Alessandro Sangiorgi. O concerto do dia 13 conta também com a participação dos solistas Raiff Dantas e Cecília Moita.

No dia 19, sob a regência de Roberto Minczuk, a Orquestra recebe as harpistas Jennifer Campbell e Paola Baron para interpretar peças de Maciej Malecki e Robert Schumann. Já no dia 20, também sob a regência de Roberto Minczuk, é a vez da Orquestra receber o contrabaixista Brian Fountain e o violinista Alejandro Aldana para um concerto com obras de Robert Schumann e Giovanni Bottesini.

A programação do mês de abril da Orquestra Sinfônica Municipal tem como destaque a Suíte Pulcinella, do compositor russo Igor Stravinsky, em homenagem aos 50 anos de seu falecimento, e obras de compositores do século XX e mais contemporâneos como Dukas, Copland, Xenakis, Stevens e das compositoras Joan Tower e Jocy de Oliveira. Os concertos, sob regência de Alessandro Sangiorgi, acontecem nos dias 10 e 11, às 20h.

Orquestra Experimental de Repertório (OER), sob regência de Jamil Maluf e Guilherme Rocha, apresentará quatro programas sinfônicos na Sala de Espetáculos do Theatro Municipal. A programação conta com convidados como o pianista Lucas Thomazinho e o violinista Cláudio Micheletti. Os programas contemplam compositores como Wagner, Beethoven,  Grieg, Nepomuceno, Liszt e Brahms.

 

Coro Lírico e Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo

Coro Lírico apresenta no dia 7 de fevereiro, às 17h, o concerto O Profano e o Sagrado, sob regência de Sérgio Wernec, com participação dos pianistas Marcos Aragoni e Anderson Brenner e da OSM. No programa, obras Brahms e Mozart.

 

Coral Paulistano – 85 anos de história

Coral Paulistano realizará no dia 11 de fevereiro, às 20h, um concerto comemorativo dos seus 85 anos, sob regência de Maíra Ferreira e a participação especial de músicos da OSM.

O Coral foi formado em 1936 com a proposta de trazer a música brasileira para a programação do Theatro Municipal. A iniciativa de Mário de Andrade foi bem recebida e implementada pelo então diretor do Departamento Municipal de Cultura para sensibilizar a elite paulistana com as ideias e os ideais do movimento nacionalista que contagiava os compositores brasileiros da época, e que eram até então desconhecidos pela sociedade.

Considerado um marco da história da música em São Paulo, o grupo foi um dos muitos desdobramentos do movimento modernista da Semana de Arte Moderna de 1922. Ao longo de décadas, o Coral esteve sob a orientação de alguns dos mais destacados músicos de nosso país, como Camargo Guarnieri, Fructuoso Vianna, Miguel Arqueróns, Tullio Colacioppo, Abel Rocha, Zwinglio Faustini, Antão Fernandes, Samuel Kerr, Henrique Gregori, Roberto Casemiro, Mara Campos, Tiago Pinheiro, Bruno Greco Facio, Martinho Lutero Galati e Naomi Munakata.

Para a ocasião, foi escolhido um repertório que homenageará todos(as) os(as) regentes que passaram pelo grupo em seus 85 anos de história.

 

Coral Paulistano – Concerto em Homenagem a Naomi Munakata

A maestrina Naomi Munakata, regente titular do Coral Paulistano de 2017 a 2020 e uma das principais personalidades da música clássica brasileira, faleceu no dia 26 de março deste ano por complicações decorrentes de COVID-19. Foi uma perda irreparável para o todo o setor musical. Um ano após seu falecimento, o Coral Paulistano realizará nos dias 26 e 27 de março, às 20h, dois concertos em sua homenagem. Sob regência de Maíra Ferreira, o Coral recebe a Orquestra Sinfônica Municipal, a soprano Aymee Wentz e o barítono Michel de Souza. O repertório selecionado para o concerto será o Réquiem, de Gabriel Fauré, uma das obras prediletas de Naomi Munakata.

 

Balé da Cidade de São Paulo

Nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, o Balé da Cidade de São Paulo retomará suas atividades após 12 meses. O espetáculo marcará a volta do grupo aos palcos do Theatro Municipal e apresentará toda a força e diversidade artística da companhia. No programa, que foi construído de forma colaborativa com os bailarinos do grupo, duas coreografias inéditas criadas pelos artistas brasileiros Marisa Bucoff, integrante do BCSP, e Clébio Oliveira.

 

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, grupo formado pelo violista Marcelo Jaffé, pelos violinistas Betina Stegmann e Nélson Rios, e pelo violoncelista Rafael Cesário, realiza quatro concertos na Sala do Conservatório nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril.

A programação do Quarteto da Cidade abarca obras do repertório popular e erudito e conta com convidados como o violinista Ricardo Hertz, e homenagea compositores brasileiros como Clóvis Pereira, Renato Camargo, Hércules Gomes, Pixinguinha, Gilberto Gil, Amélia Brandão Nery e Henrique Oswald. A temporada apresenta ainda um concerto com peças de Joseph Haydn.

 

Férias no Municipal: Visitas Educativas

As Visitas Educativas retomam as atividades no mês de janeiro de 2021. Com grupos menores, as visitas são gratuitas e será preciso agendamento prévio pelo site do Theatro Municipal (https://theatromunicipal.org.br) para evitar aglomerações. As Visitas Educativas também estarão disponíveis em inglês e com monitoria de intérprete em Libras.

 

 

PROGRAMAÇÃO 2020

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Projeto 250 anos de Beethoven
Roberto Minczuk, regência
Onde: Youtube do TMSP

 

Dia 17/12, quinta-feira, às 20h

Ludwig Van Beethoven  (1770-1827)
Sinfonia n. 7 em Lá maior op. 92 (1811) 
Poco Sustenuto –Vivace
II Alegretto
III – Presto-Assai Meno Presto
IV – Alegro com Brio  

 

Dia 18/12, sexta-feira, às 20h

Ludwig Van Beethoven  (1770-1827)
Abertura da ópera Fidelio (1805) 
Abscheulicher! Wo eilst du hin?” da ópera Fidélio (1805)
Marly Montoni, soprano


Dia 19/12, sábado, às 20h

Ludwig Van Beethoven  (1770-1827)
Concerto para piano n.º 5 em Mi bemol maior, Op. 73 (1811) 
I – Allegro
II- Adagio un poco mosso
III- Rondó: Allegro ma non troppo
Lucas Thomazinho, piano

 

Dia 20/12, domingo, às 20h

Ludwig Van Beethoven  (1770-1827)
Sinfonia n.5 em Dó menor op. 67 (1808)
I – Allegro con brio
II – Andante con moto – Più mosso – Tempo I
III – Scherzo Allegro – Trio – Scherzo
IV – Allegro – Presto 

 

Programa Especial de Natal 

Coro Lírico & Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Concerto Presencial, aberto ao público
Transmissão ao vivo pelo Youtube do TMSP
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

 

Dia 20 de Dezembro, domingo, às 11h

Coro Lírico Municipal
Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Solistas do Coro Lírico
Sérgio Wernec, regência
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

 Camille Saint-Saëns (1835 – 1921)
Oratório de Natal, op. 12 (1858)

 Tradicional de Natal
Adeste Fideles 
Arranjo de Mário Zaccaro

Franz Gruber (1787 – 1863)
Noite Feliz (1818)
Arranjo de Mário Zaccaro

George F. Händel (1685 – 1759)
Hallelujah (1742)

 

Dia 23 de dezembro, quarta-feira, às 18h

George F. Händel (1685 – 1759)
O Messias (1741) – trechos corais
Roberto Minczuk, regência  e Maíra Ferreira, regência

 

 

PROGRAMAÇÃO 2021 (primeiros meses)

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo 

Concertos Presenciais, abertos ao público
Transmissão ao vivo pelo Youtube do TMSP
Ingressos:  R$ 40 e R$ 20 (meia)

 

Dia 15 de janeiro, sexta-feira, às 20h

Roberto Minczuk, regência

Joseph Haydn  (1732-1809)
Sinfonia n. 104 em Ré maior “Londres” (1795)
I- Adagio-Alegro
II-Andante
III- Minueto e Trio: Alegro
IV- Finale: Espirituoso 

Claude Debussy  (1862-1918)
Danças Sacras e Profanas (1904)

Wolfgang Amadeus Mozart  (1756 – 1791)
Sinfonia n. 35 em Ré Maior K. 385 “Haffner (1782)
I – Allegro con spirito
II – Andante
III – Menuetto
IV – Presto  

 

Dia 5 de fevereiro, sexta-feira, às 20h

Roberto Minczuk, regência

Maurice Ravel  (1875 – 1937)
Ma Mere L’oye Suite (1911)
I – Pavane de la Belle au bois dormant: Lent
II – Petit 
Poucet: Très modéré
III – 
Laideronnette, impératrice des pagodes: Mouvt de marche
IV – 
Les entretiens de la belle et de la bête: Mouvt de valse très modéré
V – Le jardin fé
erique: Lent et grave

Robert Schumann (1810 – 1856)
Sinfonia n. 1 em Si bemol Maior Op. 38 “Primavera (1841)
I – Andante un poco maestoso – Allegro molto vivace
II – 
Larghetto
III – Scherzo: Molto vivace
IV – 
Allegro animato e grazioso  

Dia 6 de fevereiro, sábado, às 20h

Alessandro Sangiorgi, regência
Cecília Moita, piano e Ricardo Serralheiro, tuba

Antonin Dvòrak  (1841 – 1904)
Serenata para sopros em Ré Menor Op. 44 (1878)
I – Moderato, quasi marcia 
II – Minuetto. Tempo di minueto 
III – Andante con moto 
IV – Finale. Allegro molto 

Francis Poulenc  (1899 – 1963)
I – Aubade para piano e Ensemble (1929)
II- Toccata (Lento et pesante)
III- Récitatif, (Larghetto)
IV- Rondeau, (Allegro)
V- Presto
VI- Récitatif (Larghetto)
VII – Andante (andante con moto)
VIII- Allegro feroce
IX- Conclusion (Adagio)

Ralph Vaughan-Williams  (1872-1958)
Concerto para tuba e orquestra -versão para quinteto de sopros (1954)
I -Prelude: Allegro moderato
II- Romanza: Andante sostenuto
III -Finale – Rondo alla tedesca: Allegro 

 

Dia 5 de março, sexta-feira, às 20h

Roberto Minczuk, regência

Camago Guarnieri (1907 – 1993)
Concerto para Cordas e Percussão (1972)
I. Vigoroso 
II. Saudoso 
III. Jocoso 

Robert Schumann (1810 – 1856)
Sinfonia n.2 em Dó Maior Op. 61 (1846)
I – Sostenuto assai — Allegro, ma non tropo 
II – Scherzo: Allegro vivace 
III – Adagio expressivo 
IV – Allegro molto vivace  

 

Dia 6 de março, sábado, às 20h

Roberto Minczuk, regência

Johann Sebastian Bach (1685 – 1750)
Prelúdio da Partita nº 3 para harpa solo (1720)

Johann Sebastian Bach (1685 – 1750)
Concerto de Brandemburgo n.2 em Fá Maior BWV 1047 (1721)
I – Allegro 
II- Andante  
III – Allegro assai 

Heitor Villa-Lobos  (1887 – 1959)
Bachianas Brasileiras n.2 (1933)
I – Prelúdio (O Canto do Capadócio) – Adagio – Andantino 
II – Ária (O Canto da Nossa Terra) – Largo 
III – Dança (Lembrança do Sertão) – Andantino moderato 
IV- Tocata (O Trenzinho do Caipira) – Un poco moderato  

 

Dia 12 de março, sexta-feira, às 20h 

Roberto Minczuk, regência

Astor Piazzolla  (1921-1992)
Concerto para Bandoneón e orquestra 
Oblivion 
Fuga 9
As quatro estações portenhas 
Adiós Nonino 
Arias de Maria de Buenos Aires 

 

Dia 13 de março, sábado, às 20h

Alessandro Sangiorgi, regência
Raïff Dantas, violoncelo  e Cecília Moita, piano (OSM)

Edmundo Villani-Côrtes  (1930 -)
Luz para violoncelo e orquestra
Catedral da Sé (1979) – 5 Miniaturas (1976)
Ânfora para piano, vibrafone e cordas (2011)
Caêtê Jurerê (1989)

 

Dia 19 de março, sexta-feira, às 20h

Roberto Minczuk, regência
Jennifer Campbell e Paola Baron, harpa

 Maciej Malecki  (1940 -)
Concertino para duas harpas e orquestra (1988)
I – Allegro moderato 
II – Andante 
III – Presto con grazia  

Robert Schumann (1810 – 1856)
Sinfonia n.3 em Mi bemol Maior Op. 97 “Renana” (1850)
I – Lebhaft
II – Scherzo: Sehr mäßig
III – 
Nicht schnell
IV – 
Feierlich
V – 
Lebhaft  


Dia 20 de març
o, sábado, às 20h

Roberto Minczuk, regência 
Brian Fountain, contrabaixo  e Alejandro Aldana, violino

Giovanni Bottesini (1821 – 1889)
Gran Duo Concertante para violino, contrabaixo e orquestra (1884)

Robert Schumann (1810 – 1856)
Sinfonia n.4 em Ré Menor Op. 120 (1851) – 32’
I – Andante con moto — Allegro di molto  
II – Romanza: Andante  
III – Scherzo: Presto  
IV – Largo — Finale: Allegro vivace 

 

Dia 9 de abril, sexta-feira, às 20h 

Alessandro Sangiorgi, regência 

Jocy de Oliveira (1936-)
Who cares If she cries II (2005)

Igor Stravinsky   (1882 – 1971)
Suíte Pulcinella (1922)
I – Sinfonia 
II – Serenata 
III – Scherzino – Allegretto – Andantino 
IV – Tarantella  
V – Toccata 
VI – Gavotta (con due variazioni) 
VII – Vivo  
VIII – Minuetto – Finale  

Franz Schubert  (1797 – 1828)
Sinfonia n. 8 em si Menor D. 459 – Inacabada (1822) – 21’
I – Allegro moderato
II – Andante con moto  

 

Dia 10 de abril, sábado, às 20h

Alessandro Sangiorgi, regência

Giovanni Gabrieli  (1555 – 1612)
Canzona Duodecimi Toni (1597)
Canzona per sonare n. 2 (1615)

Paul Dukas  (1865 – 1935)
La Peri: Fanfare (1912)

Aaron Copland  (1900 – 1990)
Fanfarra para um homem comum (1942)

Joan Tower (1938 -)
Fanfarra para a mulher incomum (1977)

Iannis Xenakis (1922-2001)
Pleiades – (1978)
Movimento IV 

John Stevens  (1951)
Danças para tuba e metais  (1978)

 

Balé da Cidade de São Paulo 

Apresentações Presenciais, abertas ao público
Transmissão de apresentação gravada no Youtube do TMSP
Ingressos:  R$ 80 e R$ 40 (meia)


Dias 25, 26, 27, 28 de Fevereiro, às 20h

Balé da Cidade de São Paulo
Marisa Bucoff, coreógrafa
Clébio Oliveira, coreógrafo

 

Coro Lírico

Concertos presenciais abertos ao público
Transmissão ao vivo pelo Youtube do TMSP

 

Dia 07 de fevereiro, domingo, às 17h

Sérgio Wernec, regente
Marcos Aragoni e Anderson Brenner, piano
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

O Profano

Johannes Brahms (1833 – 1897)
Liebeslieder Walzer op. 52 para piano a 4 mãos e vozes ‘ad libitum’ (1869)
I – Rede, Mädchen
II - Am Gesteinerauschtdie Flut
III – O die Frauen
IV – Wie des Abendsschöne Röte
V – Die grüne Hopfenranke
VI – Einkleiner, hübscherVogel
VII – Wohlschön bewandt war es
VIII – Wenn so lind deinAuge mir
IX - Am Donaustrande
X – O wie sanftdieQuelle
XI - Nein, es ist nichtauszukommen
XII – Schlosserauf,undmacheSchlösser
XIII – Vögelein durchrauscht die Luft
XIV - Sieh, wie ist die Welle klar
XV – Nachtigall, sie singt so schön
XVI - Ein dunkeler Schacht ist Liebe
XVII - Nicht wandle, mein Licht
XVIII – Es bebet das Gesträuche

 

O Sagrado

Wolfgang Amadeus Mozart   (1756 – 1791)
Missa em Dó Maior K. 317 ”da Coroação” (1779)
I – Kyrie
II – Gloria
III – Credo
IV – Sanctus
V – Benedictus

VI – Agnus Dei

 

Coral Paulistano

Concertos Presenciais, abertos ao público
Transmissão ao vivo pelo Youtube do TMSP
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

 

Dia 11 de fevereiro, quinta-feira, às 20h

Comemoração dos 85 anos do Coral Paulistano
Maíra Ferreira, regência
Participação especial de músicos da OSM : Renato Figueiredo, piano   / Rosana Civile, piano
João Malatian, direção cênica
Mirela Brandi, iluminação

Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959)
Xangô (1919)

Gilberto Mendes  (1922 – 2016)
Inspiração

Antônio Ribeiro (1971 -)
Momento

Heitor Villa-Lobos (1887 – 1959)
Bachianas n. 9 (1945)

Camargo Guarnieri  (1907 – 1993)
Vamos Aloanda

Antônio Ribeiro (1971 -)
Oficina irritada

Edmundo Villani-Côrtes  (1930 -)
Frevo fugato (1982)

Aylton Escobar (1943 -)
Cinco canções de amor: Flora

Geraldo Espíndola   (1952 -)
Cunhataiporã
Arranjo de Samuel Kerr

Gilberto Mendes  (1922 – 2016)
Moteto em Ré Menor (1967)

Osvaldo Lacerda (1927 – 2011)
Ofulú Lorêrê

 

Dias 26 e 27 de março, sexta e sábado, às 20h

Concerto em Homenagem a Naomi Munakata
Maíra Ferreira, regência
Aymee Wentz, soprano   e Michel de Souza, barítono
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Gabriel Fauré  (1845 – 1924)
Requiem (1890)
I – Introit et Kyrie
II – Offertory
III – Sanctus
IV – Pie Jesu
V – Agnus Dei
VI -Libera me
VII – In Paradisum

 

Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo

Concertos Presenciais, abertos ao público (Sala do Conservatório)
Transmissão ao vivo pelo Youtube do TMSP

 

Dia 28 de Janeiro, às 20h

Ricardo Hertz, violino e arranjos
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Ricardo Hertz  (1978)
Chamaoque?
Mourinho
Upa
Inocente
Saci 

Folclore brasileiro 
O cravo e a Rosa
Marcha Soldado
Boi da Cara Preta 

 

Dia 25 de fevereiro, segunda-feira, às 20h

Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Clóvis Pereira  (1932 -)
Quarteto de cordas em Lá Maior “Nordestinado” (2005)
I – Allegro
II – Moderato
III – Allegro molto  

Renato Camargo 
Quarteto n. 1 (2017)

 

Dia 18 de março, quinta-feira, às 20h

Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Hércules Gomes  (1980 -)
Cantiga, baião e frevo para quarteto de cordas

Pixinguinha (1897 – 1973)
Soluços (1948)

Gilberto Gil  (1942 -)
Ladeira da Preguiça (1973)

Hércules Gomes  (1980 -)
Allegro em 3  
Platônica

Amélia Brandão Nery  (1897 – 1983)
Bordões ao Luar 
Saracoteando 
Sorriso de Bruno

Hércules Gomes  (1980 -)
Nação n. 3 

 

Dia 15 de abril, quinta-feira, às 20h

Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Joseph Haydn (1732 – 1809)
Quarteto de cordas op. 33 n. 5 em Sol Maior (1781)
I – Vivace assai
II – Largo e cantábile
III – Scherzo: Allegro
IV – 
Finale: Allegretto

Henrique Oswald  (1852 – 1931)
Quarteto de cordas n.2 op. 17 em Mi Menor  
I – Allegro agitato 
II – Lento/ Adagietto 
III – Scherzo/ Presto 
IV – Molto allegro 

 

Orquestra Experimental de Repertório 

Jamil Maluf, regente
Irineu Franco Perpetuo, tradução
Marco Antônio Pamio, narrador
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)


Dia
23 de janeiro, sábado, às 17h

Edvard Grieg  (1843-1907)
Música para cena de Peer Gynt – suite nº (1875)

Ludwig Van Beethoven  (1770-1827)
Egmont – Música Incidental, op.84 (1787)

 

Dia 14 de fevereiro, domingo, às 11h

Guilherme Rocha, regente
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Richard Wagner  (1813- 1883)
Idílio de Siegfried (1873)

Gustav Mahler  (1860-1911)
Lieder eines Fahrenden Gesellen (1884-85)

Edvard Grieg  (1843-1907)
Suíte Lírica, op.54 (1891)

 

Dia 14 de março, domingo, às 11h

Jamil Maluf, regente
Lucas Thomazinho, piano
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Franz Liszt  (1811-1886)
Totentanz, para piano e orquestra (1847)

Alberto Nepomuceno  (1864-1920)
Sinfonia em Sol menor (1893)
– Allegro com enthusiasmo
– Andante quasi Adagio
– Presto
– Con Fuoco 

 

Dia 11 de abril, domingo, às 11h

Jamil Maluf, regente
Cláudio Micheletti, violino
Ingressos:  R$ 20 e R$ 10 (meia)

Johannes Brahms  (1833-1897)
Variações sobre um tema de Haydn op.56a (1873)
Theme. Chorale St. Antoni. Andante
Variation I. Poco più animato (Andante con moto)
Variation II. Più vivace (Vivace)
Variation III. Con moto
Variation IV. Andante con moto (Andante)
Variation V. Vivace (Poco presto)
Variation VI. Vivace
Variation VII. Grazioso
Variation VIII. Presto non troppo (Poco presto)
Finale. Andante 

Camille Saint-Saëns (1835-1921)
Concerto no.3 para violino e orquestra op.61 (1880)
I – Alegro non tropo
II- Andantino quasi allegretto
III- Molto moderato e maestoso; Allegro non troppo 

 

 

SERVIÇO 

 

Bilheteria: em função da pandemia de COVID-19, a bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo está fechada por tempo indeterminado. As vendas de ingressos ocorrerão por meio do site do Theatro Municipal de São Paulo (www.theatromunicipal.org.br) a partir do dia 13 de dezembro de 2020.

Transmissões ao vivo e concertos gravados: as transmissões ao vivo e os concertos gravados poderão ser vistos gratuitamente pelo canal do TMSP no Youtube.

Manual do Espectador e Informações sobre os protocolos sanitários do Complexo Theatro Municipal: veja os protocolos de segurança do Theatro Municipal em nosso site.

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº, próximo à estação Anhangabaú do metrô

 

Foto do post: Fabiana Stig.

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.