Música de câmaraProgramaçãoRio de Janeiro

Moreira Lima, de Bach a Pixinguinha

Pianista Arthur Moreira Lima faz apresentação única na Sala Municipal Baden Powell, no Rio de Janeiro.

 

Considerado uma das mais importantes personalidades do piano brasileiro, Arthur Moreira Lima apresenta seu recital De Bach a Pixinguinha, no qual interpreta obras de Bach, Mozart, Beethoven, Chopin e Liszt até Pixinguinha, Villa-Lobos, Ernesto Nazareth e Luiz Gonzaga, na Sala Municipal Baden Powell, no Rio de Janeiro, no dia 9 de junho, sábado, às 20h.

“Queremos levar a todos aquela música que vem, através dos tempos, encantando qualquer ouvinte, desde que lhe dê oportunidade de conhecê-la”, declara o pianista, que alterna composições clássicas e populares no repertório.

 

Arthur Moreira Lima

Arthur Moreira Lima

Nascido no Rio de Janeiro, Arthur Moreira Lima começou a estudar piano aos 6 anos de idade, tendo como professora Lúcia Branco (que também tivera como alunos nomes como Tom Jobim e Nelson Freire). Aos 8 anos, tocou um concerto de Mozart com a Orquestra Sinfônica Brasileira. Teve ainda como mestres Marguerite Long (Paris) e Rudolf Kehrer (Conservatório Tchaikovsky, de Moscou).

Moreira Lima projetou-se internacionalmente na Competição Internacional de Piano Frédéric Chopin de 1965, em que conseguiu o segundo lugar. Laureou-se também em várias outras competições, incluindo a também prestigiosa Competição Internacional Tchaikovsky, de 1970, ficando em terceiro lugar.

Em seu trabalho de resgate e difusão das raízes culturais brasileiras, foi solista da primeira audição do buy trimix injection online Concerto n. 1, de Villa-Lobos, no Japão, Rússia, Áustria e Alemanha. Foi também ele que fez reviver a obra de Ernesto Nazareth, trabalho premiado nos Estados Unidos. Já foi solista das principais orquestras do mundo, sendo acompanhado pelos mais famosos regentes.

Entre os outros prêmios, destacam-se os recebidos pelos CDs com obras de Villa-Lobos, Radamés Gnattali e a gravação de Astor Piazzolla, premiada na França.

Sua permanente inquietação e a valorização que dá à cultura brasileira fazem de Arthur Moreira Lima um dos mais populares, versáteis e completos intérpretes clássicos brasileiros. A crítica mundial o considera extraordinário intérprete do grande repertório romântico.

Desde 2003, já percorreu mais de 500 mil quilômetros e executou mais de 500 concertos pelo interior do Brasil em seu caminhão-teatro, já tendo tocado para cerca de 1 milhão de pessoas em lugares distantes que jamais haviam presenciado um concerto de piano.

 

SERVIÇO:

 

Concerto “De Bach a Pixinguinha”

Arthur Moreira Lima, piano

 

9 de junho, sábado, às 20h

Sala Municipal Baden Powell (Av. Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2547-9147)

 

Ingressos: R$ 80, com meia-entrada para estudantes, pessoas com mais de 60 anos e menores de 21 anos, moradores de Copacabana, assinantes do Jornal O Globo e portadores do cartão do MetrôRio

 

Duração aproximada: 60 minutos

Sugestão etária: livre

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.