CantoProgramaçãoRio de Janeiro

Mariano Malti, tenor argentino, no Rio

Cantor crossover, Mariano Malti imprime a estética da música erudita ao repertório popular

O tenor argentino Mariano Malti vai se apresentar no dia 27 de abril no Rio de Janeiro, ao lado da pianista brasileira Talitha Peres, e não consegue esconder sua alegria: “Estou ansioso por esta apresentação no Brasil, pois é um privilégio cantar num país de tanta riqueza musical, com um público sempre tão acolhedor. E é um prazer enorme me apresentar numa cidade que tanto gosto e me identifico”.

Seu estilo pessoal chama a atenção para um cantor lírico. No palco está sempre a caráter, como todos os cantores clássicos, mas no dia a dia, mantém as marcas do roqueiro que foi, no modo de vestir, no físico forte e nas tatuagens. Passeando pelas ruas do Rio – onde descobriu o samba em um show de Diogo Nogueira – passa como um típico carioca.

Com influências que vãoo de Plácido Domingo até U2, passando por Tom Jobim e Vinícius de Moraes, o tenor Mariano Malti quebra diversos paradigmas do cantor lírico. Seja na sua imagem, no interesse pelo rock ou mesmo no roteiro de suas apresentações. “Quero dar ao repertório popular a estética da música erudita”, revela Mariano que também começa a registrar composições próprias.

Mariano Malti é um tenor spinto e seu repertório vai do melódico às arias de ópera, mas é o pop lírico que dá o tom aos seus espetáculos, pelo jeito especial como canta. Fazem parte do seu show as canções Historia de un amor (Carlos Almarán), O sole mio (Capurro/Di Capua), Nessun Dorma da ópera Turandot (Giacomo Puccini), Mamma (Guido Brignone), Caruso (Lucio Dalla), Il mondo (Carlo Pes/Lilli Greco/Gianni Meccia/Jimmy Fontana), Canzone per te (Renato Mascetti), Aquarela do Brasil,(Ary barroso), Esse Teu Olhar (Tom Jobim), Mi Buenos Aires Querido (Carlos Gardel) , a inédita Um anjo, uma parceria com Ezequiel Bauzá, entre outras.

Este repertório será apresentado ao lado da pianista mineira de renome internacional Talitha Peres. Ele se conheceram em 2016 e, desde então, vêm realizado shows pelo Brasil e Argentina. Em janeiro de 2017, gravaram a primeira música juntos, a”Historia de un amor”, composição do panamenho Carlos Almarán. A faixa resultou em um vídeo clip e num espetáculo homônimo apresentado no ND Teatro de Buenos Aires, sob aplausos de uma casa lotada e grande repercussão na imprensa local e estrangeira. Mariano e Talitha têm levado o espetáculo também a algumas cidades brasileiras, como Tiradentes e Montes Claros em Minas Gerais e a Niterói no Estado do Rio.

 

Um pouco mais sobre Mariano Malti

O cantor nasceu em 1974 em Buenos Aires. Antes de se dedicar ao erudito morou em Foz do Iguaçu durante três anos, onde chegou a montar uma banda de rock. É formado em jornalismo e apaixonado por futebol, aos 37 anos descobriu sua paixão pelo canto lírico. Iniciou os estudos no Conservatório Franz Liszt, em Buenos Aires, com o maestro alemão Alejandro Sewrjuguin, destacando-se no meio musical ao combinar técnica perfeita, voz límpida, carisma e um estilo muito pessoal.

Em 2014, Mariano gravou no estúdio Mídia Music de Oscar Mediavilla, sob a batuta do produtor artístico Ezequiel Bauza, a música “Tanto Amor”, de Abel Pintos, compositor por quem tem uma profunda admiração. Vem se apresentado em vários teatros como o Salão Dourado de Lomas, o Teatro Empire de Buenos Aires, Teatro Municipal de Lomas de Zamora, entre outros. No ND Teatro de Buenos Aires, convidado pelo consagrado Sexteto Mayor, interpretou o tango “Maria” (Troilo/Castillo); era a primeira vez que o sexteto de tango tocava para um tenor.

Embora a música tenha estado presente ao longo de sua vida, Mariano tem passagens pitorescas. No tempo em que morou em Foz do Iguaçu, trabalhava como terapeuta de shiatsu, e ministrou aulas de português. A paixão pelo futebol também é levada a sério. Jogava no time de San Vicente, quando pendurou as chuteiras, para se dedicar à música. Mas ainda gosta do esporte, e quando tem tempo, “bate uma bola” no time do condomínio onde mora.

Quebrando paradigmas e sem impor barreiras à sua música, Mariano Malti contribui para o maior alcance ao canto erudito e formação de novos públicos. Mariano esteve no Brasil recentemente para se apresentar no projeto “Encontro de Grande Vozes – Brasil e Argentina” ao lado do barítono Sérgio Cunha, na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais. No momento, cumpre agenda de shows na Argentina e prepara-se para sua próxima apresentação no Brasil.

 

 

SERVIÇO

 

Show: Mariano Malti (tenor) e Talitha Peres (ao piano)

Dia 27 de abril, sexta-feira, às 20:30

J Club – Casa Julieta de Serpa (Praia do Flamengo, 340 – Telefone: (21) 2551.1278)

Couvert Artístico a R$60,00 (inteira) e R$30,00 (meia)

 

 

Links de canções:

https://youtu.be/ap4Lu9hDOgM – Historia de un amor

https://www.youtube.com/watch?v=5gFZDDu986E – Nessun Dorma

https://www.youtube.com/watch?v=48j-0X5gzhY – Canzone per te

https://www.youtube.com/watch?v=sll6AwxrG94  – Il mondo

 

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.