Jazz/BluesMinas GeraisNotíciaProgramaçãoRio de JaneiroSanta CatarinaSão Paulo

Madeleine Peyroux de volta ao Brasil

Cantora de jazz norte-americana apresenta-se em Florianópolis, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, acompanhada de dupla de músicos.

 

A cantora norte-americana Madeleine Peyroux, considerada por muitos a mais bela voz do jazz na atualidade, volta ao Brasil para a turnê do lançamento do CD Keep me in your heart for a while, que compila as melhores canções dos 20 anos de carreira. Serão apresentações únicas em Florianópolis (16 de maio, no Teatro Ademir Rosa), Belo Horizonte (17, Palácio das Artes), Rio de Janeiro (19, Theatro Municipal) e São Paulo (20, Sala São Paulo).

Acompanhada pelo guitarrista John Herington e pelo baixista Barak Mori, a cantora desfilará sucessos como Dance me to the end of love, Order La vie en rose e I’m all right. Dona de um estilo único, Peyroux é um dos grandes ícones do jazz contemporâneo e, para muita gente, a sucessora de Billie Holiday. Conhecida por sua interpretação charmosa e melancólica, tem um faro apurado para garimpar um repertório longe do óbvio, de Leonard Cohen a Tom Waits, de Bob Dylan a Serge Gainsbourg.

 

Sobre Madeleine Peyroux

Peyroux nasceu no estado americano da Geórgia, na cidade de Athens, mas viveu também no sul da Califórnia, na cidade de Nova York e em Paris. Começou a cantar com 15 anos de idade, quando descobriu os artistas de rua do boêmio bairro parisiense do Quartier Latin. Integrou o grupo The Riverboat Shufflers, primeiro “passando o chapéu” e, depois, cantando. Nos dois anos seguintes, integrou o The Lost Wandering Blues & Jazz Band, grupo com o qual passou dois anos em turnê pela Europa, interpretando canções de estrelas do jazz como Fats Waller, Billie Holiday, Ella Fitzgerald, entre outros, dando base às interpretações de seu primeiro álbum, Dreamland.

Lançado em 1996, Dreamland logo ganhou expressiva atenção. A revista Time classificou o álbum como “a mais excitante, envolvente performance vocal feita por uma nova cantora no ano”. Peyroux logo se viu abrindo concertos para Sarah McLachlan e Cesaria Evora, além de realizar diversas aparições em conceituados festivais de jazz. Em 1996, logo depois de lançado o álbum, Peyroux desapareceu sem deixar pistas ou fazer qualquer promoção do recém-lançado trabalho, voltando aos palcos apenas em 2002.

Peyroux passou a maior parte desses seis anos se apresentando como artista de rua em Paris e apenas ocasionalmente em clubes nos Estados Unidos. Vivendo uma vida anônima, ela continuou a contribuir com o trabalho de outros artistas, mas raramente se apresentava em clubes com seu verdadeiro nome. Em maio de 2002, com o multi-instrumentista William Galison, Peyroux voltou a apresentar-se em clubes americanos e. em 2003. a dupla lançou um EP com sete músicas intitulado Got you on my mind Pills , vendido em shows e pela internet.

A artista não gravou outro álbum solo até 2004, quando, em setembro, foi lançado Careless love Cheap Pills , recebido com críticas positivas pela mídia, e com um milhão de cópias vendidas até março de 2006. Depois desse sucesso, Madeleine voltou ao estúdio e gravou Half the perfect world Order . Em março de 2009, Peyroux lançou um álbum totalmente composto por originais, Bare bones Cheap . Em 2013, lançou buy 36 hour cialis online The Blue Room, que recebeu diversos elogios da crítica. No projeto, ela fez releituras marcantes das canções do disco Cheap Modern sounds in country and western music, de Ray Charles. Em 2014, surgiu sua primeira compilação, o álbum duplo Keep me in your heart for a while – The best of Madeleine Peyroux, que deu origem a sua atual turnê.

Foto do post: Rocky Schenck

 

SERVIÇO:

Madeleine Peyroux Trio

Turnê “Keep me in your heart for a while”

 

Florianópolis

Jurerê Jazz Festival

16 de maio, sábado, às 21h

Teatro Ademir Rosa – Centro Integrado de Cultura (Av. Governador Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica. Tel.: 48 3664-2628)

Ingressos: até dia 10/05, R$ 250 (filas A a S) e R$ 180 (filas T a ZB). Após essa data, R$ 350 (filas A a S) e R$ 250 (filas T a ZB)

Descontos: 50% para estudantes, terceira idade, professores municipais e estaduais, doadores regulares de sangue e portadores de deficiência. Descontos especiais para membros do Clube RBS

 

Belo Horizonte

17 de maio, domingo, às 20h

Grande Teatro do Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1.537 – Centro. Tel.: 31 3270-8100)

Ingressos: R$ 160 (plateias I e II), R$ 120 (plateia III), R$ 50 (plateia superior)

Desconto de 50% para estudantes e terceira idade (exceto plateia superior)

 

Rio de Janeiro

19 de maio, terça-feira, às 20h

Theatro Municipal do Rio de Janeiro (Praça Marechal Floriano, s/n, Cinelândia. Tels.: 21 2332-9191 e 2332-9238)

Ingressos: R$ 1.500 (frisas e camarotes), R$ 250 (plateia e balcão nobre), R$ 150 (balcão superior) e R$ 60 (galeria)

Desconto de 50% para estudantes e terceira idade, e de 30% para assinantes do jornal O Globo

 

São Paulo

Projeto Tucca Música pela Cura – 15 anos

20 de maio, quarta-feira, às 21h

Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos. Tel.: 11 3367 9500)

Ingressos: R$ 300,00 (balcão mezanino, camarote mezanino, plateia central e plateia elevada I), R$ 250 (coro e plateia elevada II)

Esgotados os ingressos para os setores: balcão superior e camarote superior

Desconto de 50% para estudantes e terceira idade

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.