ÓperaProgramaçãoSão Paulo

“Lecouvreur” volta a SA?o Paulo

Montagem inA�dita no Theatro SA?o Pedro tem no elenco Daniella Carvalho, Denise de Freitas e Eric Herrero, com regA?ncia de Luiz Fernando Malheiro e direA�A?o cA?nica de AndrA� Heller-Lopes.

 

A A?pera em quatro atos composta por Francesco Cilea (1866-1950), baseado no libreto de Arturo Colautti e inspirada na atriz francesa de Adrienne Lecouvreur, A� o segundo tA�tulo da temporada lA�rica 2016 do Theatro SA?o Pedro, em SA?o Paulo. A estreia ocorre no dia 6 de abril, A� qual se seguem seis rA�citas nos dias 8, 10, 13, 15 e 17 de abril. Adriana Lecouvreur volta a SA?o Paulo apA?s um intervalo de 65 anos a�� a A?ltima apresentaA�A?o foi durante a temporada de 1951 no TMSP. A atual montagem tem regA?ncia e direA�A?o musical do maestro Luiz Fernando Malheiro. A concepA�A?o e direA�A?o cA?nica ficam por conta de AndrA� Heller-Lopes.

Destacam-se no elenco a soprano Daniella Carvalho como a personagem-tA�tulo, o tenor http://www.arteluce-srl.it/?p=8353 Eric Herrero como Maurizio e a mezzo-soprano Denise de Freitas como a Princesa de Bouillon.

A A?pera traz ainda o elenco estA?vel do Theatro SA?o Pedro: o baixo Gustavo Lassen como o PrA�ncipe de Bouillon, o tenor Daniel Umbelino como o Abade de Chazeuil, o barA�tono Johnny FranA�a Cheap no papel de Michonnet, a soprano Maria Sole Gallevi vivendo Mlle. Jouvenot, a mezzo-soprano CecA�lia Massa como Mlle. Dangeville, o tenor Mar Oliveira como Poisson e o tenor Edilson Junior, da Academia de A�pera do Theatro SA?o Pedro, no papel do mordomo.

A montagem tem a cenografia A� de Renato Theobaldo, figurinos de Fabio Namatame e desenho de luz de Fabio Retti Order . A Orquestra do Theatro SA?o Pedro (Orthesp) serA? regida pelos maestros Malheiro e FlA?vio Lago (8, 13 e 15 de abril), com a participaA�A?o do Coral LA�rico Paulista, regido por Nibaldo Araneda where to buy doxycycline 100 mg tablets .

Os ingressos custam de R$ 30 a 80, com meia-entrada para todos os setores, e podem ser adquiridos na bilheteria do Theatro SA?o Pedro ou pelo site IngressoRapido.com.br.

 

Adriana Lecouvreur

Adrianne Lecouvreur foi uma atriz que revolucionou teatro francA?s por sua abordagem naturalista da aparA?ncia e discurso. Evitando o declamando de suas linhas, ela impressionou o pA?blico com o poder de sua apresentaA�A?o.

Na A?pera de Cilea, a atriz A� apaixonada por Maurizio, Conde da SaxA?nia, a quem ela conhece apenas como um soldado. Sua rival A� a Princesa de Bouillon, que sente ciA?mes e planeja vinganA�a. Quando A� insultada por Adriana durante a leitura pA?blica de Fedra, de Racine, ela redobra sua determinaA�A?o para acabar com a atriz. Ela envenena um ramo de violetas e envia para a rival, certa de que ela vai acreditar que as flores foram enviadas por Maurizio. Este chega para pedir a mA?o da amada em casamento pouco antes que ela sucumba e morra.

Cilea passou por vA?rios perA�odos importantes da A?pera italiana. Nascido antes do advento do verismo, ele viveu o fim do grande derramamento do teatro lA�rico de Puccini, Mascagni, Leoncavallo, Giordano. Apesar de vA?rias obras, Cilea A� conhecido por duas A?peras, L’Arlesiana, estreou em 1896, e Adriana Lecouvreur, encenada pela primeira vez em de MilA?o Teatro Lirico em 6 de novembro de 1902.

Para o diretor cA?nico, AndrA� Heller-Lopes, “O mais fascinante emA�uma A?pera como Lecouvreur A� sua contemporaneidade. Escrita no inA�cio do sA�culo 20, fala do universo artA�stico do final do 17A�e inA�cio do 18. A mA?sica tem o coraA�A?o do romantismo, mas a cena pretende voltar quase dois sA�culos. No final das contas, por trA?s das perucas empoadas, o que vem A� tona A� a mesma realidade dos nossos amores e dos bastidores da arte. SA?o celebridades de seu tempo”.

 

Palestra

O Theatro SA?o Pedro realiza uma palestra gratuita que antecede todas as rA�citas de Adriana Lecouvreur. A palestra serA? ministrada por Sergio Casoy e aborda de forma descontraA�da e informativa a vida dos compositores, as circunstA?ncias histA?ricas da composiA�A?o, alA�m da histA?ria das A?peras e curiosidades.

Acessibilidade comunicacional online Order

Nas rA�citas dos dias 13 e 15, A�s 20h, e 17 de abril, A�s 17h, haverA? acessibilidade para cegos e surdos. Para utilizar este recurso, os interessados poderA?o usar o seu prA?prio aparelho de celular ou tablet.

 

Orquestra do Theatro SA?o Pedro

A Orquestra do Theatro SA?o Pedro A� um conjunto sinfA?nico especializado em A?pera, criado no ano de 2010 por iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, e atua neste que A� um dos mais antigos teatros em atividade no paA�s.A�Ao longo destes anos, a Orthesp preparou e apresentou espetA?culos de grande repercussA?o, como as estreias brasileiras de O Barbeiro de Sevilha, de Giovanni Paisiello, e A Volta do Parafuso, de Benjamin Britten, e aclamadas montagens de O Elixir do Amor, de Gaetano Donizetti, e Werther, de Jules Massenet.

O grupo jA? recebeu muitos dos mais talentosos artistas da mA?sica erudita brasileira, como Fernando Portari, Paulo Szot, Rosana Lamosa, Gabriella Pace, SA�lvio Viegas, Lutero Rodrigues, Roberto Duarte, entre outros, e estrelas internacionais, como Giuseppe Sabatini, Maria Bayo, Steven Mercurio, Maria Pia Piscitelli, Bruno PraticA? e Nancy Herrera.

Em 2012, a orquestra gravou CD em parceria com a pianista Karin Fernandes e recebeu, em 2011, o PrA?mio Carlos Gomes na categoria Orquestras, pelo nA�vel de qualidade alcanA�ado em pouco tempo de atividade.

Desde 1A? de julho de 2014, Luiz Fernando Malheiro assumiu a direA�A?o artA�stica da Orquestra e tambA�m regente titular e diretor artA�stico da Amazonas FilarmA?nica e estA? A� frente do Festival Amazonas de A�pera, atuaA�A�es que lhe renderam reputaA�A?o internacional. Em sua carreira, regeu as principais orquestras nacionais alA�m de ter se apresentado por diversas vezes no exterior.

Luiz Fernando Malheiro, diretor artA�stico e regente titular

Atual diretor artA�stico e regente titular da Orquestra Amazonas FilarmA?nica, diretor artA�stico do Festival Amazonas de A�pera (FAO), diretor artA�stico do Theatro SA?o Pedro de SA?o Paulo e regente titular de sua orquestra, Malheiro foi tambA�m diretor de A?pera no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Vencedor do PrA?mio Carlos Gomes: Regente de A�pera (2012, 2011 e 2009) e Universo da A?pera/2000, dirigiu no FAO/2005 a primeira montagem brasileira do Anel do Nibelungo, de Wagner, recebendo ainda mais dois prA?mios: Universo da A�pera e EspetA?culo do Ano.

Regeu diversas vezes no Festival de A�pera de La CoruA�a, na Espanha, e dirigiu concertos e espetA?culos A� frente das SinfA?nicas de Roma, Miami, Bari, Porto Rico, GalA�cia e Castilha e Leon, Orquestra do Teatro OlA�mpico de Vicenza, FilarmA?nica Marchigiana, Orquestra da A�pera Nacional de SA?fia, Orquestra do Teatro de Bellas Artes de BogotA? e do MA�xico, FilarmA?nica do MA�xico e do Teatro Del Libertador, de CA?rdoba, na Argentina.A�No Brasil, regeu as SinfA?nicas Municipal de SA?o Paulo, do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Brasileira, do Estado de SA?o Paulo, Minas Gerais, do ParanA? e da Bahia, entre outras. Gravou Fosca e Maria Tudor, de Carlos Gomes, em vA�deo e CD.

AndrA� Heller-Lopes, concepA�A?o e direA�A?o cA?nica

Destacado pela revista A�poca como um dos “100 brasileiros mais influentes de 2012a�?, Heller-Lopes A� dono de uma trajetA?ria A�mpar. ApA?s concluir estudos em mA?sica e teatro no Brasil e tornar-se professor da Escola de MA?sica da UFRJ, especializou-se em A?pera em teatros como a Royal Opera House Covent Garden de Londres, a A�pera de SA?o Francisco e o Metropolitan Opera de NY. Ganhador por trA?s vezes consecutivas do prA?mio Carlos Gomes de melhor diretor cA?nico, concluiu em 2012 seu PhD pelo Kinga��s College de Londres. Como Coordenador de A�pera da Prefeitura do Rio de Janeiro desenvolveu o projeto A�pera no Bolso, voltando para formaA�A?o de jovens artistas, levando mais de 30 mil crianA�as da Rede Municipal de Ensino para espetA?culos A?pera. Foi tambA�m Coordenador de Elencos para OSB durante a temporada 2013. Em Portugal, ajudou a criar o Programa de Jovens IntA�rpretes do Theatro Nacional de SA?o Carlos (Lisboa), coordenando-o durante duas temporadas.

Carioca, A� considerado “um dos mais aclamados diretores de A?pera do paA�s” (Revista Concerto) e um “nome forte da A?pera no Brasil” (Folha de SA?o Paulo), sendo o A?nico diretor de A?peras brasileiro a ter dirigido no Brasil, Estados Unidos, A?ustria, Inglaterra, MalA?sia, Alemanha, FranA�a, Argentina, Uruguai e Portugal, sempre com elogios de crA�tica e pA?blico. Seu TristA?o e Isolda, em Manaus, elogiado pela revista alemA? Operwelt, foi definido como a�?um padrA?o de qualidade operA�stica inA�dita em nosso paA�sa�? (O Estado de SA?o Paulo). Reconhecido por saber ‘contar as histA?riasa��, seus espetA?culos flertam tanto com o moderno quando com o clA?ssico e procuram sempre estabelecer uma maior comunicaA�A?o e acesso do pA?blico A� obra.

Dentre seus trabalhos mais importantes destacam-se Die WalkA?re e GA�tterdA�mmerung (o elogiado AnelA�brasileiro, nos Municipais de SA?o Paulo e Rio), SalomA�, Order O DiA?rio do Desaparecido, Savitri, La Fille du RA�giment, Nabucco avana online shoes , Rigoletto, Anjo Negro, Andrea Chenier; Tosca e Eugene Oneguin, em Salzburgo, Jenufa e Don Pasquale, em Buenos Aires, e Macbeth e Ariadne auf Naxos, em MontevidA�u. Recebeu o PrA?mio Internacional Britten 100 Awards pela produA�A?o de A Midsummera��s Night Dream a�� espetA?culo indicado para o Opera Awards de 2014. Dentre seus projetos futuros estA?o Jenufa, no Municipal do Rio, e Manon Lescaut, no Teatro Avenida, em Buenos Aires.

 

Elenco:

Daniella Carvalho, soprano (Adriana Lecouvreur)
Eric Herrero, tenor (Maurizio, Conde de SaxA?nia)
Denise de Freitas, mezzo-soprano (Princesa de Bouillon)
Gustavo Lassen, baixo** (PrA�ncipe de Bouillon)
Daniel Umbelino, tenor** (Abade de Chazeuil)
Johnny FranA�a, barA�tono** (Michonnet)
Maria Sole Gallevi, soprano** (Mlle. Jouvenot)
CecA�lia Massa, mezzo-soprano** (Mlle. Dangeville)
Mar Oliveira, tenor** (Poisson)
Gustavo MA?ller, baixo (Quinault)
Edilson Junior, tenor* (Mordomo)

* Aluno da Academia de A�pera Theatro SA?o Pedro
** Elenco estA?vel Theatro SA?o Pedro 2016

Ficha TA�cnica:

Luiz Fernando Malheiro, direA�A?o musical e regA?ncia
FlA?vio Lago, regA?ncia (8, 13 e 15 de abril)
AndrA� Heller-Lopes, direA�A?o cA?nica
Renato Theobaldo, cenografia
FA?bio Namatame, figurino
Fabio Retti, desenho de luz

Foto do post: Daniella Carvalho e Eric Herrero em ensaio da A?pera, por HeloA�sa Bortz

 

SERVIA�O:

 

“Adriana Lecouvreur”, A?pera de Francesco Cilea

 

6, 8, 13 e 15 de abril, A�s 20h; 10 e 17 de abril, A�s 17h

Theatro SA?o Pedro (Rua Dr. Albuquerque Lins, 207 a�� SA?o Paulo a�� metrA? Marechal Deodoro. Tel.: 11 3661-6600)

 

Ingressos: R$ 80 (plateia), R$ 40 (1A? balcA?o) e R$ 30 (2A? balcA?o), com meia-entrada para estudantes, pessoas acima dos 60 anos e professores da rede pA?blica estadual, devidamente identificados

A� venda na bilheteria do Theatro (acesso pela R. Barra Funda, 171 a�� MetrA? Marechal Deodoro), de terA�a a sA?bado, das 10h A�s 20h, e domingo, das 10h A�s 18h, ou pelo site IngressoRapido.com.br

 

DuraA�A?o: 120 minutos

636 lugares

} else {}

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.