LateralMinas GeraisNotícia

Laboratório de Regência da Filarmônica MG

Estão abertas, até o dia 10 de março, as inscrições para o 12° Laboratório de Regência da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Há vagas para 4 regentes ativos e 11 ouvintes, que participarão de aulas teóricas e técnicas com o maestro Fábio Mechetti, diretor artístico e regente titular da Filarmônica.

O Laboratório será realizado entre 7 e 9 de abril de 2020. Ao final, quatro regentes conduzem a Orquestra em concerto aberto ao público e gratuito no dia 9 de abril de 2020.

Todos os jovens maestros brasileiros que tiverem experiência comprovada podem se inscrever. O edital com todas as informações e a ficha de inscrição está disponível no site da Orquestra, em fil.mg/laboratorio.

O Laboratório de Regência, iniciativa pioneira no Brasil, é realizado desde 2009. Desde então, já participaram 152 maestros, sendo que 44 conduziram a Filarmônica nos concertos de encerramento.

 

Para participar

Edital: O edital com todas as informações e a ficha de inscrição está disponível no site da Orquestra, em fil.mg/laboratorio.

Inscrições: As inscrições devem ser realizadas até o dia 10 de março de 2020, via e-mail, para laboratorioderegencia@filarmonica.art.br, ou pelo correio, para: Instituto Cultural Filarmônica/AC Rildo Lopes (produção) |Rua Alvarenga Peixoto, 2030 – Barro Preto | CEP: 30.180-121 – Belo Horizonte, MG.

 

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Criada em 2008, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais se apresenta regularmente em sua sede, a Sala Minas Gerais, em praças da região metropolitana de Belo Horizonte, além de cidades do interior do estado e, também, em outras capitais do país. Em 13 anos de atuação, a Filarmônica já é considerada uma das principais orquestras do país e da América Latina, tendo recebido diversos prêmios artísticos-culturais e de desenvolvimento econômico.

Com mais de 70 apresentações ao longo do ano e com uma programação que contempla importantes obras do repertório sinfônico de diferentes períodos, a Filarmônica tem como diretor artístico e regente titular o maestro Fabio Mechetti. A orquestra conta hoje com 90 músicos vindos de todo o Brasil, além da Europa, Ásia, Américas do Sul e do Norte e Oceania, e recebe constantemente os mais importantes solistas brasileiros e internacionais.

Inaugurada em 2015, a Sala Minas Gerais foi construída especialmente para receber concertos sinfônicos e é uma referência não só pelo seu projeto arquitetônico e acústico, mas também por ser um importante ponto turístico da capital mineira.

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.