LateralMovimentoÓperaProgramaçãoSão Paulo

“La traviata”, de Verdi, no Municipal SP

Baseada no romance de Alexandre Dumas Filho, abre a temporada lírica oficial que promete pela riqueza de títulos.

SERVIÇO

 

Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/no.

Dias 22, 23, 24, 27, 28, 31.03 e 03, 05 e 07.04, às 20h.
Dias 25.03 e 01.04, às 17h.

Ingressos: R$ 100,00 – R$ 60,00  e R$ 40,00
Bilheteria: 11 3397 0327
www.ingressorapido.com.br  –   11 4003 2050

 

Escolha de um cast renomado de cantores internacionais e brasileiros, sob a direção musical e regência do maestro Abel Rocha, também o diretor artístico do nosso maior teatro de ópera.
Artistas envolvidos

Violetta Vallery:  Irina Dubrovskaya (dias 22 e 24.03)
Adriane Queiróz (dias 23, 25, 27, 28 e 31.03)
Rosana Lamosa (dias 01, 03, 05 e 07.04)

Alfredo: Roberto di Biasio (dias 22, 24 e 27.03)
Marcelo Vanucci (dias 23, 25, 28 e 31.03)
Fernando Portari (dias 01, 03, 05 e 07.04)

Giorgio Germont: Paolo Coni, italiano, (dias 22, 24 e 27)
Rodolfo Giulianni (dias 23, 25, 28 e 31)
Leonardo Neiva (dias 1, 3, 5 e 7 de Abril)

Completam o elenco: Magda Painno (Flora Bervoix);  Eduardo Trindade (Gastone);  Luiz Orefice  (Barão Douphol);  Marcos Ribeiro (Dottore);  Sergio Righini (marquese);  Sandra Felix (Annina); Walter Fawcett (Giuseppe) e Leonardo Pace (criado de Flora).

Como diretor de cena está Daniele Abbado e cenografia e figurinos de Angelo Linzalata.

Orquestra Sinfônica Municipal e Coral Lírico Municipal .

 

Sinopse quality online generics au

“La Traviata” é a terceira das grandes obras que deram fama definitiva e universal ao compositor que é considerado o pai da ópera.  O caráter inovador deve-se à maneira como a história é narrada e o novo modo de trabalhar a ópera. La Traviata tem libreto de Francesco Maria Piave, é baseada no livro A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas,  e estreou no Teatro La Fenice, de Veneza, dia 6 de março de 1853.

Foi composta entre a estreia de Il Trovatore em Roma, a 19 de Janeiro de 1853, e o dia 6 de Março do mesmo ano. Verdi teria dedicado apenas quatro semanas à nova partitura, ao mesmo tempo em que continuava retocando a anterior. Nada poderia ilustrar melhor a fecundidade de seu gênio e a facilidade com que compunha.
Resumo da ação

Violetta Valéry, uma jovem e bela cortesã, promove uma festa em sua casa. Seriamente doente, confessa suas preocupações sobre sua saúde à amiga Flora Bervoix. Um dos convidados, o Visconde Gastone, lhe apresenta o jovem Alfredo Gérmont, seu admirador, e entre ambos nasce um verdadeiro amor, a despeito das incertezas de Violetta, consciente de sua doença e de sua vida dissoluta.

Passando a viver juntos, Violetta recebe a visita do pai de Alfredo, Giorgio Gérmont, que relata as consequências da escandalosa união e pede a Violetta que abandone seu filho. Quando Alfredo chega, Violetta fala-lhe da visita do pai e, apesar de seu imenso amor, decide deixá-lo, pedindo que continue a amá-la. Algum tempo depois, numa festa na casa de Flora, Alfredo vê Violetta acompanhada de seu antigo amante, o Barão Douphol; ainda desesperado de amor, insulta-a, sendo desafiado pelo barão para um duelo.

O ato final transcorre nos aposentos de Violetta, gravemente doente, que lê uma carta do pai de Alfredo dizendo que o mesmo havia sido ferido no duelo, mas estava se recuperando, e que teria contado a seu filho toda a verdade. Sentindo chegar seu fim, Violetta espera ansiosa por Alfredo, que finalmente é anunciado por Annina. Na cena final, os dois amantes se abraçam apaixonados, o pai de Alfredo pede que o perdoem e Violetta, perdoando-o, morre nos braços do amado.

 

5 Comments

  1. Haverá um intervalo somente, segundo divulgações na imprensa. Os ingressos para o sábado (24) já se esgotaram! Corram e garantam os seus ingressos.

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.