ÓperaProgramaçãoSão Paulo

Jovens músicos, velhos compositores

Academia de Ópera e Orquestra Jovem do Theatro São Pedro homenageiam grandes compositores em concertos cênicos.

 

No último fim de semana maio, a Academia de Ópera e a Orquestra Jovem do Theatro São Pedro apresentam o primeiro programa da temporada 2018. Sob direção cênica de Norma Gabriel Brito e Mauro Wrona, e com regência do maestro Juliano Dutra, os grupos artísticos sobem ao palco do Theatro São Pedro, em São Paulo, nos dias 26 e 27, às 20h e 17h, respectivamente.

O espetáculo é um verdadeiro passeio pelo tempo, celebrando efemérides de grandes compositores conhecidos por suas obras operísticas. Os nascimentos de Leonard Bernstein, que completa um século, e de 180 anos de Georges Bizet, além das mortes de Gioachino Rossini, há 150 anos e de Gaetano Donizetti, que completa 170 anos.

Músicos da Orquestra Jovem e cantores da Academia de Ópera do Theatro São Pedro dividem o palco. Com proposta cênica, concerto terá projeções de imagens, que dialogam e relacionam uma ópera à outra a partir de uma linguagem intertextual, enquanto orquestra e solistas interpretam o repertório.

A Academia de Ópera do Theatro São Pedro tem o compromisso de contribuir para a formação de novos cantores líricos brasileiros, atualmente conta com 16 bolsistas e sua proposta pedagógica contempla uma grade contínua de atividades, como aulas, workshops e montagens de pocket ópera, com o objetivo de preparar os alunos para o mundo profissional. Dessa forma, promove oportunidades práticas de desenvolvimento artístico aos jovens cantores por meio de espetáculos encenados com orquestra e formações de câmara.

A Orquestra Jovem do Theatro São Pedro faz parte do núcleo de Grupos Artísticos de Bolsistas da Emesp Tom Jobim, integrando ainda mais o plano artístico e pedagógico da escola, uma das marcas da gestão da Santa Marcelina Cultura.

 

PROGRAMA:

Leonard Bernstein (1918-1990)
West Side Story: Tonight
Candide: Glitter and Be Gay | I Am Easily Assimilated | Make Our Garden Grow

Georges Bizet (1838-1875)
Carmen: Nous Avons en Tête une Affaire | Trio de Carte
Os Pescadores de Pérolas: Ton Coeur n’a Pas Compris le Mien

Gioachino Rossini (1792-1868)
O Barbeiro de Sevilha: Largo al Factotum
Moisés no Egito: Dal tuo Stellato Soglio
Soirées Musicales: La Pastorella degli Alpi | La Danza

Gaetano Donizetti (1797-1848)
O Elixir do Amor: Saria Possibile?
Don Pasquale: Tornami a Dir Che m’ami

 

ARTISTAS

Juliano Dutra

O maestro Juliano Dutra iniciou seus estudos de flauta transversa aos 11 anos de idade e teve iniciação teórica com Robson Britto. É bacharel em regência orquestral pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, na classe do maestro Ernani Aguiar. Participaram ainda de sua formação os maestros Kenneth Kiesler, Jamil Maluf, Osvaldo Ferreira, Johannes Schlaefli, Isaac Karabtchevsky e Kurt Masur. Há dois anos, é aluno do maestro Cláudio Cruz, que dá prosseguimento à sua formação. Ocupou o cargo de regente da Orquestra Juvenil da UFRJ e foi diretor musical do projeto Ação Social pela Música do Brasil. Esteve ainda à frente da Orquestra Sinfônica da UFRJ, Orquestra Experimental de Repertório, Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, entre outras. Atualmente, ocupa o cargo de maestro assistente da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo.

 

Mauro Wrona (direção cênica) atuou durante 30 anos como cantor lírico (tenor) no Brasil e na Europa, onde permaneceu durante duas décadas. De volta ao Brasil, em 1997, iniciou intensa atividade na direção cênica de óperas, destacando-se nas produções das séries Ópera do Meio-Dia, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (2000-01) e no Theatro São Pedro, de São Paulo (2004-07). Foi diretor cênico residente da Cia. Brasileira de Ópera, dirigida pelo maestro John Neschling (2010). Laureado em regência pela Faculdade Santa Marcelina, regeu a série Ópera Café, no Centro de Cultura Judaica (2008-2010). Desde 2011, dirige o Festival de Ópera do Theatro da Paz, em Belém.

 

Norma Gabriel Brito (direção cênica) formou-se em 2013 no curso de Canto-Lírico pela Faculdade FIAM-FAAM e fez pós-graduação em Direção Teatral na Escola de Teatro Célia Helena. Atualmente atua como professora de teatro da Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp), no curso de Ópera Estúdio, sob coordenação de Mauro Wrona. Já participou do Centro de Pesquisas Teatrais (CTP), no espetáculo Drácula e Outros Vampiros, sob direção de Antunes Filho, na montagem de Sonho de Uma Noite de Verão (William Shakespeare) e na remontagem de Ubu (Alfred Jarry), com direção de Cacá Rosset. Também já realizou espetáculos como Os Lusíadas, direção de Iacov Hilel, e Sábado, Domingo e Segunda, com direção de Marcelo Marchioro. Tem formação em dança clássica com as professoras Cecília Kerche e Greice Kerche na Escola Irmãs Kerche, com formação de dança moderna no Ballet Stagium e dança contemporânea com João Andreazzi, participando do espetáculo Algum Lugar Fora do Mundo (premiado pela APCA em 2005). Estudou canto-lírico com a professora Efigênia Côrtes.

 

Academia de Ópera do Theatro São Pedro

Sopranos: Cintia Cunha, Daiane Scales, Elisa Braga, Lais Assunção, Luisa Aguillar, Midiã Machado e Tatiane Reis
Mezzo-sopranos: Fernanda Nagashima, Gabriela Bueno, Larissa Guimarães, Nathalia Serrano e Paulina Liciuk
Tenores: Daniel Soufer e Eduardo Gutierrez
Barítono: Charles Miyazaki
Baixo: Nelmon dos Santos

 

Orquestra Jovem do Theatro São Pedro

1º violinos: Artur Lima Marcelino (spalla), Igor Dutra da Silva, Hamerson Florencio de Mello, Abrahan Joel Pérez Narrec, Alvaro Córdova Luna, Tiago Figueiredo Dias, Vinicius Lucio Ribeiro e Lucas dos Santos Silva
2º violinos: Wendy Runa Yamanaka, Harryson Robert Esparrel Azank, Lizielma Monteiro de Oliveira, Renan Lopes de Oliveira, Marcos Vinicius dos Anjos, Erick da Silva Vilela e Ana Paula de Lima Brito Ferreira
Violas: Elielma Cardoso de Oliveira, Michele de Miranda Mello, Leonardo Marchiolli Gomes Sobral, Dimas Neves Venâncio, Victória Liz Ribas Macedo e Matheus Santana Assunção
Violoncelos: Gabriel de Arruda Alvico, Gustavo Rocha Fernandes, Matheus Borges dos Santos, Daniel Franklin Tassotti, Caroline Lopes Ferreira Alencar e Caio Augusto de Godoy
Contrabaixos: Lucas Mendes Macedo, Gabriel Scavassa Borin e Giullia Assmnann Knothe
Flautas: Lucas Martins Pedro, Leonardo Soares Matos Paladino e Fabio Augusto Barbosa Ferreira
Oboés: Renato Vieira Filho e André Luiz Massuia Belão*
Clarinetes: Josué Rodrigues dos Santos Junior, Patrick Moreira de Souza Lima e Eliseu Feliciano dos Santos Sousa
Fagotes: Sandra Vieira Ribeiro e Alex Sanches da Silva*
Saxofones: Gabriel Vinicius Teixeira Fanzers e Gabriel Felipe Dias Sena
Trompas: Jeasil da Silva Santos, André Ulysses Araújo Damacena, Daniel de Melo Faria* e Jessica Alves de Oliveira*
Trompetes: Kalebe Requena, Lucas de Souza Espirito Santo e Adriano Liberato Estraiotto
Trombones: Gabriel Nogueira do Nascimento Santos e Igor Filipe Taveira
Trombone baixo: Fabricio Junior Alves
Tuba: João Marcos de Oliveira Rosa
Piano: Cauê Tomachige*
Harpa: Giovana Sanches Martins*
Percussão: Rodrigo de Souza Cleto, Andressa Daniella Santos, Gabriel Eller Maria e Fernando Lima dos Reis*

*músicos extras

 

SERVIÇO:

 

Academia de Ópera e Orquestra Jovem do Theatro São Pedro

Juliano Dutra, regência

 

26 e 27 de maio, sábado e domingo, respectivamente às 20h e 17h

Theatro São Pedro (R. Barra Funda, 161, Barra Funda – São Paulo. Tel.: 11 3661-6600)

 

Ingressos: R$ 40 (plateia), R$ 25 (1º balcão) e R$ 15 (2º balcão), com meia-entrada para estudantes, pessoas com mais de 60 anos e professores da rede pública estadual, devidamente identificados

 

Duração aproximada: 75 minutos

Sugestão etária: livre

Capacidade: 636 lugares

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.