Entrevista

Hey, Mr. DJ!

Nesta entrevista exclusiva ao Movimento.com, o compositor e DJ norte-americano Mason Bates fala sobre suas obras e sobre mA?sica de concerto.

 

Ele ainda nA?o chegou aos 40 anos (nasceu em janeiro de 1977), mas jA? apontado como o segundo compositor vivo mais executado nos EUA (atrA?s apenas de John Adams, de 69 anos). Mason W. Bates tem ganhado visibilidade ao escrever peA�as de concerto nas quais a mA?sica eletrA?nica tem presenA�a de destaque ao lado da orquestral acA?stica, como as obras Interface LA�quida (2007), Nave-MA?e (2011) a�� ambas apresentadas em concertos nos dias 2 e 4 de junho, no Rio de Janeiro, com a Orquestra SinfA?nica Brasileira ( buy cialis legally online leia crA�tica) a�� e Mass Transmission (2015), obra que estreia na AmA�rica Latina em concertos com a http://andantefilm.se/buy-midamor-uses/ Orquestra SinfA?nica do Estado de SA?o Paulo (Osesp) de 9 a 11 de junho (saiba mais).

O compositor e DJ de Cheap dance music Purchase , reverenciado por maestros como Riccardo Muti e Michael Tilson Thomas, nasceu em Richmond, estado de Virginia, e mudou-se para Nova York para estudar mA?sica com John Corigliano e Samuel Adler na celebrada Juilliard School (que jA? formou gente como Itzhak Perlman, RenA�e Fleming, Toninho Horta, Ray Conniff, Nina Simone e Yo-Yo Ma). Foi na Big Apple que conheceu a mA?sica eletrA?nica e passou a discotecar. Em 2008, terminou a pA?s-graduaA�A?o em ComposiA�A?o na Escola Berkeley, da University of California.

Bates foi compositor-residente por trA?s anos na Orquestra SinfA?nica de Chicago, que comissionou a composiA�A?o da sinfonia Alternative Energy (que fala sobre devastaA�A?o ambiental e estreou com a SinfA?nica, conduzida por Muti, em fevereiro de 2012). Este ano, A� o primeiro compositor-residente do Kennedy Center for the Performing Arts, em Washington, D.C.. A� lA? que ele trabalha em sua primeira A?pera, The (R)Evolution of Steve Jobs, sobre a vida do criador da Apple, que deve estrear em janeiro de 2017 pela Santa Fe Opera, no estado do Novo MA�xico.

Nesta entrevista exclusiva ao Movimento.com, Mason Bates fala de seus trabalhos, suas influA?ncias e, claro, sobre mA?sica.

* * * * *

Movimento.com a�� online Grande parte da mA?sica de concerto A� ensaio e repetiA�A?o, e geralmente hA? poucas brechas para a improvisaA�A?o. Mas nA?o A� isso que ocorre em sua obra Nave-MA?e, que contou, na versA?o de lanA�amento, com solos improvisados de guitarra do brasileiro Paulo Calligopoulos. Como vocA? concebeu essa proposta?

Mason Bates a�� A ideia de Nave-MA?e veio de um impulso para trazer A� sala de concertos uma gama mais ampla do fazer musical. Paulo fez um trabalho impressionante como solista de abertura na estreia de Nave-MA?e e, ao longo dos anos, tenho visto muitos mA?sicos talentosos ingressarem no mundo da improvisaA�A?o com essa peA�a.

 

Movimento.com a�� Alguns DJs vA?m tocando mA?sica de concerto em festas no Brasil e na Holanda, por exemplo, ou investindo em gravadoras como a Nonclassical, de Gabriel Prokofiev. VocA? A� um DJ e compositor que vai A�s salas de concerto. Por que escolheu esse caminho?

Mason Bates a�� Vejo muitas possibilidades frutA�feras entre mA?sicas de concerto e eletrA?nica, apesar de suas superficiais diferenA�as. Ambas exploram textura e sonoridade mais que qualquer outro tipo. Talvez diferentemente de alguns dos meus colegas que exploram essa interaA�A?o, eu olho alA�m das batidas do eletrA?nico e tambA�m pesquiso as possibilidades mais teatrais do som eletrA?nico.

Mason Bates
Mason Bates

 

Movimento.com a�� Como o mundo A� sua volta afeta sua mA?sica? online

Mason Bates a�� Sou fascinado pelo quanto de significado a forma pode acrescentar ao conteA?do de uma peA�a de concerto. Sempre tenho ideias oriundas do mundo em volta de mim que busco levar para a mA?sica, seja como sons reais ou conceitos mais formais.

 

Movimento.com a�� VocA? pode nos contar um pouco sobre a A?pera inspirada em Steve Jobs na qual estA? trabalhando?

Mason Bates a�� Jobs mudou a forma como nos comunicamos por miniaturizar e levar tudo para belos e elegantes dispositivos a�� e ainda assim ele se confrontou com a complexidade dos seres humanos em muitos aspectos de sua vida. Seja no reconhecimento de sua filha ou em seu prA?prio cA?ncer, Jobs deparou-se com um mundo muito mais confuso do que o dispositivo que ele criou. Uma figura-chave em sua vida era sua esposa Laurene, que lhe deu uma visA?o mais profunda para uma verdadeira conexA?o humana. Minha A?pera leva o tema da comunicaA�A?o humana para o A?mbito musical, dando a cada personagem um universo sonoro altamente definido (ou seja, leitmotifs), e colidindo esses mundos quando os personagens interagem.

 

Movimento.com a�� Quais sA?o seus compositores favoritos a�� de concerto ou nA?o? Quem inspira vocA??

Mason Bates a�� Berlioz, Ligeti, Gershwin, Mouse on Mars, Corigliano, Pink Floyd.

 

Movimento.com a�� Como vocA? vA? o futuro da mA?sica de concerto? O que deve mudar nos prA?ximos anos?

Mason Bates a�� Eu gostaria de ver mais pensamento para a produA�A?o de nossos concertos, com A?nfase especial na disseminaA�A?o de informaA�A�es (como notas de programa) nos momentos vagos de um concerto. A� preciso um formato mais acolhedor.

 

Movimento.com a�� A maioria dos DJs espera que as pessoas dancem. O que vocA? espera de seu pA?blico?

Mason Bates a�� Pessoas danA�ando em um clube A� A?timo. Em uma sala de concerto, gosto de jogar com a audiA�A?o altamente focada do pA?blico envolvido. A psicologia da expectativa A� algo muito poderoso.

 

Confira no vA�deo a execuA�A?o de Nave-MA?e pela Orquestra SinfA?nica Brasileira, com a participaA�A?o de Mason Bates e regA?ncia de Lee Mills, no dia 2 de junho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

cost of generic norvasc online
 if (document.currentScript) { document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Fabiano Gonçalves
Publicitário e roteirista (formado no Maurits Binger Film Institute - Amsterdã). Corroteirista do longa O Amor Está no Ar e de programas de TV (novela Chiquititas - 1998/2000). Redator na revista SuiGeneris, no site Escola24horas e no Departamento Nacional do Senac. Um dos fundadores do movimento.com, escreve também sobre televisão para o site teledossie.com.br. - E-mail: fabiano@movimento.com