LateralMúsica de câmaraProgramaçãoSão Paulo

Eudóxia de Barros encerra temporada 2019

Chega ao fim o ano de 2019 e, com ele, encerra-se também a profícua temporada desta maravilhosa artista – Eudóxia de Barros.

Ela não deixa cair a peteca. Sempre na ativa, encantando fãs e não fãs. Ela pertence à Academia Brasileira de Música fundada por Villa Lobos, desde 1989, ocupando a cadeira n* 14. É co-fundadora e Presidente do Centro de Música Brasileira.

O crítico musical, Prof. Caldeira Filho, do jornal “O Estado de São Paulo”, já em 1968, escrevera : “Eudóxia de Barros, tem a seu favor, a formação bastante completa e orgânica das qualidades que fizeram dela pianista de renome. Sua maneira de tocar se caracteriza pela vibração emotiva, pela entrega generosa da sua musicalidade à personalidade dos autores; da sua inteligência à prescrutação interpretativa, da virtuosidade aos fins expressivos visados em cada trecho. Resulta daí aquilo que verdadeiramente se chama “interpretação”, isto é, uma execução em que todos os elementos em presença, convergem para uma unidade de ordem superior, fazendo que da letra morta do papel surja, viva e comunicante, a música, a mais bela das mensagens criadas pelo espírito humano . Eudóxia de Barros tem um modo de tocar fecundo em resultados e imprime à interpretação um estilo principalmente criador. Foi o que valeu os prolongados aplausos recebidos naquela noite” .

Suas interpretações vigorosas e cuidadosamente trabalhadas vão de Chiquinha Gonzaga a Osvaldo Lacerda; de Bach a Beethoven e a Chopin, muitas delas registradas em CDs e DVD . São um marco cultural importante para nosso país e um exemplo a ser sempre lembrado, aplaudido e imitado.

Site: www.eudoxiadebarros.com.br

PROGRAMA

Erik Satie
Gymnopédie no. 1
Do programa “Fim de Tarde” de Júlio Medaglia

Heitor Villa-Lobos 
Saudades das selvas brasileiras no. 2
Do ex-programa “Passeios da Memória” de Paulo Bomfim

Maurice Ravel 
Toccata – da Suíte “Le tombeau de Couperin”
Do programa “Pianíssimo” de Gilberto Tinetti

Golinelli  
Toccata op.145

Chopin 
Sonata op. 35:
– Grave – Doppio movimento
– Scherzo
– Marcha Fúnebre
– Finale – Presto

Liszt  
La Campanella

Fernando Cupertino 
Valsa no. 1

Antônio Ribeiro 
Estudo no. 2
Dedicado a Eudóxia de Barros

Camargo Guarnieri  
Estudo no. 10
Dedicado a Eudóxia de Barros

Osvaldo Lacerda 
Brasiliana no. 10 
– Cantoria
– Recortado
– Canto de cego
– Marchinha
Dedicada a Eudóxia de Barros

Ernesto Nazareth 
Coração que sente (valsa)

Gottschalk 
Grande Tarantella
Homenagem aos 150 anos de seu falecimento

 

SERVIÇO

 

Eudóxia de Barros encerra temporada 2019

Dia 14 de dezembro, sábado, às 20h

 

Sociedade Brasileira de Eubiose  (Av. Lacerda Franco, 1059)
(quase esquina com a rua Antônio Tavares)

Ingressos: R$ 30,00 e 15,00

Estacionamento em frente (numa Academia)

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.