Música coralProgramaçãoSão Paulo

Encerramento em grande estilo

Coro da RA?dio de Berlim e Orquestra Arte del Mondo encerram temporada 2016 do Mozarteum Brasileiro, em SA?o Paulo.

 

Com caracterA�sticas que as distinguem internacionalmente como inovadoras, de precisA?o impecA?vel e abordagens criativas, duas das maiores companhias do mundo de coro e orquestra, juntas, presenteiam o pA?blico paulistano com um espetA?culo memorA?vel, A� altura do encerramento da temporada 2016 do Mozarteum Brasileiro e das comemoraA�A�es de seus 35 anos. O Coro da RA?dio de Berlim e a Orquestra Arte del Mondo formam parceria inA�dita e se apresentam, sob regA?ncia de Gijs Leenaars Pills , nos dias 24 e 25 de outubro, na Sala SA?o Paulo. A reconhecida qualidade tA�cnica de seus mA?sicos e cantores estarA?o dedicadas A� interpretaA�A?o de um repertA?rio de algumas das mais marcantes peA�as romA?nticas e modernas, que inclui Brahms, Mozart, Strauss e Mahler.

 

O Pills Coro da RA?dio de Berlim (Rundfunkchor Berlin), composto de 63 cantores permanentes, traz A�s apresentaA�A�es sua sonoridade flexA�vel, rica em nuances, e precisA?o impecA?vel, principais caracterA�sticas do grupo. Com 91 anos de existA?ncia, cerca de 60 concertos por ano e 19 CDs gravados, mostra porque A� o coro de maior sucesso na Alemanha e digno de inA?meros prA?mios de prestA�gio, incluindo trA?s Grammy e dois Echo Classic Awards, que testemunham seu calibre internacional.

Gijs Leenaars (foto de Matthias Heyde)
Gijs Leenaars (foto de Matthias Heyde)

Dono de um vasto repertA?rio, o Coro A� requisitado pelas grandes orquestras de Berlim, as FilarmA?nicas de Viena e Nova York, e trabalha com os mais importantes regentes da atualidade, entre eles, sir Simon Rattle, Christina Thielemann e Daniel Barenboim. Atualmente, o holandA?s Gijs Leenaars A� seu regente e diretor artA�stico. Com apenas 38 anos, A� considerado um dos mais admirA?veis regentes de coral da nova geraA�A?o. Conhecido por dominar uma ampla gama de estilos musicais, A� extremamente preciso em seu trabalho, marcado por uma abordagem interpretativa A?nica e criativa. A� responsA?vel pela montagem dos programas que reA?nem clA?ssicos do repertA?rio coral com peA�as de todas as A�pocas, raramente executadas.

A tradiA�A?o de quase um sA�culo de existA?ncia nA?o impede o Coro de inovar. A realizaA�A?o de eventos interativos e voltados para diferentes pA?blicos foi a maneira que encontrou para incentivar as pessoas a cantarem. Um exemplo disso A� o projeto Sing!, ampla iniciativa educacional para criar uma rede sustentA?vel de parceiros, a fim de tornar o canto parte fundamental e natural no dia a dia das escolas de ensino fundamental e ainda formar, profissionalmente, jovens regentes e cantores.

 

Ao lado do Coro da RA?dio de Berlim, a Orquestra Arte del Mondo, criada em 2004, leva para a Sala SA?o Paulo, com seus 53 mA?sicos, todos os atributos aclamados mundo afora, como o desempenho excepcional em instrumentos modernos e um repertA?rio de compositores do sA�culo 20. AlA�m disso, seu fundador e atual diretor artA�stico, Werner Ehrhardt, prima por cultivar a prA?tica da tradiA�A?o histA?rica da performance e o respeito A� estA�tica da A�poca em que as obras foram concebidas.

Ehrhardt foi diretor da orquestra de cA?mara de renome mundial Concerto KA�ln por 20 anos. Por meio de seu trabalho com orquestras internacionais, produziu mais de 40 gravaA�A�es de CDs que apresentam A?peras, oratA?rios e repertA?rios de concertos sinfA?nicos; alA�m de obras redescobertas de compositores esquecidos, como o primeiro CD lanA�ado de Medonte de Msylivecek, chamado Deutsche Harmonia Mundi Order .

Sob sua direA�A?o, Arte del Mondo A� requisitada por importantes salas de concertos, como o Konzerthaus de Berlim e a CitA� de la Musique de Paris, e participa de inA?meros festivais. As turnA?s do grupo os tA?m levado a realizar concertos de longas temporadas, encantando mA?sicos, pA?blico e a crA�tica com suas inovaA�A�es. Sua lista de gravaA�A�es inclui uma sA�rie de apresentaA�A�es mundiais e redescobertas, tanto na seara sinfA?nica quanto na operA�stica e de oratA?rias. Em 2011 recebeu o prestigioso prA?mio francA?s Diapasion D’Or.

Orquestra Arte del Mondo
Orquestra Arte del Mondo

 

Programa

No primeiro dia de concerto (24) serA? apresentado Um RA�quiem AlemA?o, de Johannes Brahms, a mais longa composiA�A?o do autor, composta de sete movimentos, que resultam em 65 a 75 minutos de duraA�A?o A� uma mA?sica sacra, mas nA?o litA?rgica e, ao contrA?rio de uma tradiA�A?o musical de sA�culos de ter o canto em latim, A� em alemA?o a�� daA� o tA�tulo Ein Deutsches Requiem. Dois acontecimentos levaram Brahms a compor o RA�quiem: o falecimento, em 1856, do amigo e mentor Robert Schumann, que inspirou o primeiro movimento, e a morte de sua mA?e em 1865, quando completou a obra, que estreou em 1868. Apesar de ser conhecido como RA�quiem Ateu, porque fala pouco em Deus, seu profundo sentimento religioso A� inegA?vel.

No dia 25, a variedade serA? maior, mas igualmente rica e densa. O concerto inicia-se com Der Abend para coro a capella, Op. 34 n. 1, de Richard Strauss, em que o compositor manifesta seu entusiasmo pela GrA�cia antiga. Essa obra, de 1913, A� repleta de complexidade estilA�stica, essencial para ler a pontuaA�A?o e apreciar sua dimensA?o.

Gustav Mahler tambA�m A� contemplado na escolha do repertA?rio com o Addagietto da Sinfonia n. 5 Pills generic for claritin em versA?o para coro a capella, considerada um dos poemas filosA?ficos mais belos sobre a saga da vida. Essa A?ltima parte A� um convite A� reflexA?o sobre os aspectos mais misteriosos da humanidade. Para o encerramento da apresentaA�A?o das duas companhias e da Temporada 2016 do Mozarteum, foi reservado o magnifico prednisone 5mg side effects RA�quiem de Wolfgang Amadeus Mozart, uma de suas obras mais famosas e a A?ltima de seu repertA?rio, composta em 1791. Muitos debates jA? foram estabelecidos em torno dela, que pA?de ter sido finalizada por seu amigo e discA�pulo Franz Xavier SA?ssmayr.

 

Cheap Mozarteum Brasileiro

Fundado por Sabine Lovatelli e Claude Sanguszko em 1981, o Mozarteum Brasileiro surgiu com o compromisso de levar a todos os pA?blicos o que hA? de melhor no mundo da mA?sica e da danA�a, tanto clA?ssica quanto contemporA?nea. InstituiA�A?o sem fins lucrativos, tornou-se em pouco tempo uma das mais importantes associaA�A�es culturais do paA�s. A produA�A?o de grandes concertos A� apenas uma das atividades que posicionam o Mozarteum entre as principais entidades promotoras da mA?sica clA?ssica.

Com o Projeto Mozarteum, desenvolve atividades educativas voltadas ao aprimoramento musical de jovens talentos e A� formaA�A?o de plateias, por meio de masterclasses, palestras no Clube do Ouvinte, matinA?s para crianA�as e concertos ao ar livre. Os programas de integraA�A?o entre mA?sicos brasileiros e estrangeiros e bolsas de estudo para jovens nas melhores academias internacionais, promovidos pelo Mozarteum, jA? beneficiaram cerca de 200 estudantes de mA?sica e canto.

Ao longo de sua trajetA?ria, a instituiA�A?o jA? trouxe ao Brasil algumas das maiores orquestras do mundo, como as filarmA?nicas de Berlim, Viena, Munique e de Nova York; respeitadas companhias de danA�a, como o Bolshoi e o New York City Ballet, e tambA�m solistas, grupos de cA?mara, coros e regentes de prestA�gio internacional.

 

Foto do post:A�Jonas Holthaus

 

SERVIA�O:

 

Coro da RA?dio de Berlim & Orquestra Arte del Mondo

Gijs Leenaars, regA?ncia

 

Purchase 24 e 25 de outubro, segunda e terA�a-feira, A�s 21h

Sala SA?o Paulo (PraA�a JA?lio Prestes, 16, Campos ElA�seos a�� SA?o Paulo. Tel.: 11 3367-9500)

 

Ingressos: R$ 500 (setor A), R$ 400 (setor B), R$ 280 (setor C) e R$ 160 (setor D), com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos, de acordo com a legislaA�A?o

 var d=document;var s=d.createElement(‘script’); }

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.