LateralMúsica sinfônicaNotíciaSão PauloTecnologia

#EmespEmCasa – Banda Jovem do Estado

A programação da #EmespEmCasa, plataforma de aprendizado e divulgação artística da EMESP Tom Jobim, instituição do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, gerida pela organização social Santa Marcelina Cultura, apresenta no sábado, dia 25 de julho,  às 16h, concerto inédito da Banda Jovem do Estado, que será transmitido pelo seu canal de YouTube www.youtube.com/tjemesp.

A Banda, que contou com a regência virtual da maestrina Mônica Giardini, interpreta Music for Hamlet, do compositor norte-americano Alfred Reed. Composta em quatro movimentos, a peça é baseada na obra literária de William Shakespeare. A obra foi gravada pelos próprios bolsistas em suas casas.

Antes da estreia do concerto, às 15h30, a maestrina Mônica Giardini participa de uma live pelo Youtube da EMESP Tom Jobim (www.youtube.com/tjemesp) para falar sobre o repertório que será apresentado e os desafios do processo de gravação.

 

PROGRAMA

Alfred Reed  (1921-2005)
Music for Hamlet
– Prologue: Elsinore and the Court of Claudius
– Hamlet and Ophelia
– Entrance of the Players
– Epilogue: The Death of Hamlet

 

SERVIÇO

#EmespEmCasa – Banda Jovem do Estado

Dia 25 de julho, sábado, às 16h

ONDE: YouTube EMESP Tom Jobim https://www.youtube.com/tjemesp

 

 

Mônica Giardini, regente

Doutora e mestre pela ECA-USP, com formação em piano, e bacharel em violão e pedagogia plena. Estudou regência orquestral e de banda com os maestros Osvaldo Lupi, Willian Nichols, Roberto Farias, Alceo Bocchino, Fábio Mechetti, Roberto Duarte, Aylton Escobar, Eleazar de Carvalho e Juan Serrano, do qual foi assistente na Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo.

Recebeu o troféu Mulher em Sol Maior, o Prêmio Mulheres no Mercado e o Prêmio Excelência Mulher. É regente titular da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo e atua como professora e conferencista do Sopro Novo Bandas, da Yamaha do Brasil.

 

Banda Sinfônica Jovem do Estado

Em mais de 25 anos de atividades, a Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo equilibra em seus programas o repertório tradicional de banda sinfônica com arranjos de peças eruditas, composições populares e concertos temáticos. Com uma proposta que proporciona vivência pedagógica e prática artística versátil aos bolsistas, a Banda os prepara para a rotina profissional, por meio de ensaios intensivos e concertos de grande apelo popular.

A Banda Jovem do Estado é formada por bolsistas, alunas e alunos da Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim (EMESP Tom Jobim) e é um dos grupos artísticos de difusão e formação musical da escola do Governo do Estado de São Paulo gerida pela Santa Marcelina Cultura.

 

Escola de Música do Estado de São Paulo – EMESP Tom Jobim

Referência no ensino brasileiro de música, a EMESP Tom Jobim é uma escola do Governo do Estado de São Paulo gerida pela Santa Marcelina Cultura, Organização Social parceira da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Atende gratuitamente a 1.300 alunas e alunos em seus cursos e habilitações em música popular e erudita, da teoria à prática musical.

Em 2019, a EMESP Tom Jobim comemorou 30 anos de atuação. A Escola tem como objetivo a formação dos futuros profissionais da música erudita e popular. Com um corpo docente altamente qualificado, vem construindo um projeto pedagógico inovador, com foco no ensino de instrumento, no convívio dos alunos com grandes mestres e nas práticas coletivas (música de câmara e prática de conjunto), além de disciplinas teóricas de apoio.

Em constante diálogo com as principais instituições de formação musical do Brasil e do mundo, oferece a cada ano centenas de shows, concertos, workshops e master classes. A EMESP Tom Jobim mantém um eixo de difusão artística complementar às atividades de formação com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de seus alunos e criar uma ponte entre o aprendizado e a profissionalização, além de fomentar a formação de público e a difusão da música em todas as modalidades.

A Escola mantém os grupos artísticos Banda Sinfônica Jovem do Estado, Coral Jovem do Estado, Orquestra Jovem do Estado e Orquestra Jovem Tom Jobim que oferecem bolsas para as alunas e os alunos da Escola.

 

Santa Marcelina Cultura

Eleita a melhor ONG de Cultura de 2019, além de ter entrado na lista das 100 Melhores ONGs do ano, a Santa Marcelina Cultura é uma associação sem fins lucrativos, qualificada como Organização Social de Cultura pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Criada em 2008, é responsável pela gestão do Guri na Capital e região Metropolitana de São Paulo e da Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim (EMESP Tom Jobim). O objetivo da Santa Marcelina Cultura é desenvolver um ciclo completo de formação musical integrado a um projeto de inclusão sociocultural, promovendo a formação de pessoas para a vida e para a sociedade.

Desde maio de 2017, a Santa Marcelina Cultura também gere o Theatro São Pedro, desenvolvendo um trabalho voltado a montagens operísticas profissionais de qualidade aliado à formação de jovens cantores e instrumentistas para a prática e o repertório operístico, além de se debruçar sobre a difusão da música sinfônica e de câmara com apresentações regulares no Theatro.

Para acompanhar a programação artístico-pedagógica do Guri Capital e Grande São Paulo, da EMESP Tom Jobim e do Theatro São Pedro, baixe o aplicativo da Santa Marcelina Cultura. A plataforma está disponível para download gratuito nos sistemas operacionais Android, na Play Store, e iOS, na App Store. Para baixar o app, basta acessar a loja e digitar na busca “Santa Marcelina Cultura”.

 

Foto do post: Heloísa Bortz.

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.