Música de câmaraProgramaçãoRio de Janeiro

Duo Debret na Cidade das Artes

Soprano Mariana Gomes e violonista Luiz Mello interpretam canções de Debussy e Villa-Lobos.

 

O Duo Debret, formado pela soprano Mariana Gomes e pelo violonista Luiz Mello, apresenta-se no dia 6 de outubro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, com um programa de canções clássicas. O concerto faz as conexões entre as músicas brasileira, francesa e espanhola. O repertório foi selecionado especialmente para mostrar as intersecções entre essas três culturas. O concerto homenageia também o centenário de Claude Debussy.

 

Mariana Gomes

Bacharel em Canto Lírico na Universidade Federal do Rio de Janeiro, o soprano Mariana Gomes iniciou seus estudos musicais aos 9 anos de idade, no Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis, no qual participou de concertos importantes como o Projeto Aquarius, com a OSB e regência de Isaac Karabtchevsky.

Como solista, participou de concertos como: a Nona Sinfonia, de Beethoven, com Orquestra Camerata Sesi em Vitória, sob regência de Leonardo David; Les Mélodies, na Sala Cecília Meireles, sob direção de André-Heller Lopes; Missa Brevis e Creator Alme Siderum, de Padre José Maurício, na Antiga Sé do Rio de Janeiro, com a OSUFRJ, sob regência de Ernani Aguiar, entre outros.

Em óperas, interpretou personagens como Hansel de Hansel und Gretel, de Humperdinck, com a OSUFRJ, sob regência de Ernani Aguiar; A bruxa na ópera O menino maluquinho, de Ernani Aguiar, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob regência de Roberto Duarte; Nedda da ópera Il Pagliacci, de R. Leoncavallo, no Palácio das Artes em Belo Horizonte, sob regência de Sílvio Viegas, entre outras.

Em 2017, foi integrante da Academia de Ópera Bidu Sayão, que fez parte do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Pela Academia, solou no Concerto Operetas e na Série Villa-Lobos, ambos no palco do Theatro Municipal. O soprano foi semifinalista do concurso de canto Paris Opera Competition, realizado em Santiago – Chile.

 

Luiz Mello

Luiz Mello graduou-se no curso de bacharelado em Performance (Violão Clássico) pelo Royal Conservatoire of Scotland; curso para o qual recebeu bolsa integral pelo período de quatro anos.

Trabalhou como professor na Faetec Marechal Hermes, como músico no Projeto MiniConcertos Didáticos (Museu Villa-Lobos) e com oficinas de música para dependentes químicos em reabilitação, no Instituto Franco Basaglia (Caps – Alameda). Como pesquisador, publicou o artigo intitulado O nacionalismo musical na obra de Manuel de Falla e Federico Garcia Lorca, na revista portuguesa Guitarra Clássica.

Como concertista, participou de importantes festivais, como o 48° Festival Villa-Lobos, no West End Festival de 2013, em Glasgow, no Fringe de 2014, em Edimburgo, e do festival de música minimalista Minimal Glasgow, em 2015, onde executou a peça Electric Counterpoint, de Steve Reich (com próprio compositor na plateia), no Glasgow Royal Concert Hall.

Como teorbista, participou do Music of Spheres Consort, acompanhando as óperas Acis & Galatea (Handel), Il Ritorno di Ulisse (Monteverdi), e novamente no West End Festival (2014), com concerto Jewish Music in Baroque Italian.

 

PROGRAMA:

R. Hahn
A Chloris

C. Debussy
Três melodias
Romance
Beau Soir
Paysage Sentimental

E. Satie
Je te veux

H. Villa-Lobos
Prelúdio V

Marlos Nobre
Ciclo Beiramar
Estrela do mar
Iemanjá otô
Ogum de lê

I. Albéniz
Rumores de la caleta

Montsalvatge
Canción de cuna para dormir a un negrito

M. de Falla
Siete canciones populares españolas
El paño Moruno
Seguidilla murciana
Asturiana
Jota
Nana
Canción
Polo

 

SERVIÇO:

 

Duo Debret

 

6 de outubro, sábado, às 18h

Cidade das Artes – Teatro de Câmara (Av. das Américas, 5.300, Barra da Tijuca – Rio de Janeiro. Tel.: 21 3325 0102)

 

Ingressos: R$ 60 (plateia baixa) e R$ 40 (plateia alta), com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.