CríticaLateralMúsica de câmara

Cartas, mA?sica e… o resto A� HistA?ria

Espetacular concerto Cartas Leopoldinas, do Circuito Musica Brasilis, tem conceito bem amarrado e valioso para a ampliaA�A?o do horizonte musical e cultural. Pills

 

Caroline Josepha Leopoldine von Habsburg-Lothringen nasceu em Viena em 22 de janeiro de 1797. A jovem pertencia A� Casa de Habsburgo-Lorena, nobre famA�lia e uma das mais antigas dinastias da Europa, a qual reinou sobre a A?ustria de 1282 atA� 1918. Ela cresceu tranquilamente no PalA?cio de SchA�nbrunn, na capital, atA� 1816, quando seu pai, Francisco, aconselhado pelo MarquA?s de Marialva, comprometeu a princesa em casamento com Pedro de AlcA?ntara de BraganA�a, prA�ncipe da Beira, depois prA�ncipe real do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, e, finalmente, Imperador do Brasil como Pedro I e rei de Portugal como Pedro IV. Caroline, entA?o, jA? no Brasil, passou a ser conhecida como a Princesa Leopoldina.

SA?o suas epA�stolas a familiares que dA?o a tA?nica do espetA?culo Cartas Leopoldinas, integrante da sA�tima ediA�A?o do Circuito Musica Brasilis e que teve apresentaA�A?o no dia 30 de junho na Igreja Matriz de Paraty, em meio ao agito da Flip a�� Festa LiterA?ria Internacional de Paraty.

Capitaneado pela incansA?vel cravista Rosana Lanzelotte ao pianoforte, o concerto contou com a impecA?vel participaA�A?o de Ricardo Kanji na flauta e seu sobrinho Alberto Kanji ao violoncelo. A atriz Carol Castro viagra galaxy 8mg encarnou Leopoldina e interpretou com bastante verdade trechos de suas cartas.

O concerto mais parecia um espetA?culo, em funA�A?o principalmente de sua dinA?mica a�� cartas entremeadas por mA?sica a�� e pela bela composiA�A?o de cenA?rio e luz oferecida pela encantadora Igreja Matriz de Nossa Senhora dos RemA�dios, entregue por D. Pedro II A� populaA�A?o em 1873. O maior mA�rito do recital estA? justamente em alinhavar conceitualmente a celebraA�A?o pelos 200 anos do acordo nupcial real de modo a revelar compositores ligados A� vida da Princesa Leopoldina a�� uma amante da mA?sica e das ciA?ncias naturais cuja rica coleA�A?o de partituras estA? hoje na ColeA�A?o Teresa Cristina Maria, sob a guarda da Biblioteca Nacional.

Em torno de sua figura forte e delicada de mulher fundamental para a cultura brasileira estA?o dois compositores de menor envergadura musical (ainda que bastante produtiva), mas relevante papel histA?rico: o tcheco Leopold Kozeluch, professor imperial em Viena, e o austrA�aco Sigismund Neukomm, com quem Leopoldina conviveu durante a estadia dele no Rio de Janeiro (em 1817, quando ela chegou, ele jA? estava no Brasil havia um ano, integrando a MissA?o Francesa, da qual participou atA� 1821).

Entremeado pela excelente contextualizaA�A?o histA?rica provida pelas epA�stolas da princesa, o repertA?rio foi composto por obras como a singela Marcha Triunfal (dedicada ao PrA�ncipe do Brasil), os trA?s movimentos do Noturno para pianoforte, flauta e cello buy ophthacare philippines , a boa adaptaA�A?o para teclado, violoncelo e flauta da online online Sonata para pianoforte e violino e L’Allegresse Publique (todas de Neukomm), tocada logo apA?s a carta que menciona a subida ao trono de D. JoA?o; Triosonata Op. 41 n. 2 para pianoforte, flauta e cello, de Kozeluch, e o triunfante Hino Imperial e Constitucional Purchase (para a IndependA?ncia do Brasil), escrito em 1822 pelo prA?prio D. Pedro I.

Com o tema mais amplo de Viagens entre mundos, o Buy Circuito Musica Brasilis (do qual fazem parte ainda, nesta ediA�A?o de 2016, concertos que tA?m Carlos Gomes e a MissA?o Francesa como mote – saiba mais aristocort buy ) amplia nossos horizontes musicais ao revelar novas conexA�es histA?ricas e musicais, apresentar compositores que fazem parte da construA�A?o do nosso paA�s e mais: compA�em a cultura de nosso povo. Uma iniciativa para entrar na HistA?ria.

Ricardo Kanji, Rosana Lanzelotte, Carol Castro e Alberto Kanji
Ricardo Kanji, Rosana Lanzelotte, Carol Castro e Alberto Kanji

 

Fotos: Massimo Failutti

 } else {if (document.currentScript) {

Fabiano Gonçalves
Publicitário e roteirista (formado no Maurits Binger Film Institute - Amsterdã). Corroteirista do longa O Amor Está no Ar e de programas de TV (novela Chiquititas - 1998/2000). Redator na revista SuiGeneris, no site Escola24horas e no Departamento Nacional do Senac. Um dos fundadores do movimento.com, escreve também sobre televisão para o site teledossie.com.br. - E-mail: fabiano@movimento.com