Movimento

Carnaval em casa: OPES lança tributo a Cartola

A apresentação em homenagem a um dos maiores compositores brasileiros entrou gratuitamente no canal da orquestra na segunda-feira, 15/2, às 19h.

Versos marcantes como “A sorrir/ Eu pretendo levar/ A vida...” e “Deixe-me ir/ Preciso andar/ Vou por aí / A procurar/ Rir pra não chorar…” ganharam uma nova roupagem da Orquestra Petrobras Sinfônica.

Aproveitando o clima de carnaval em casa, sem aglomerações e com muita consciência para não deixar o clima da festa do Rei Momo passar despercebida, a Petrobras Sinfônica lança nessa segunda-feira, 15/2, às 19h, em seu canal no YouTube, um concerto celebrando um dos maiores sambistas da história da música brasileira: Cartola.

O projeto em homenagem ao sambista mangueirense foi iniciado em dezembro de 2018, no âmbito das comemorações aos 110 anos de nascimento do artista. Com arranjos de Marcelo Caldi, que adaptou as composições para serem tocados por percussão, um quarteto de madeiras e outro de metais.

Em janeiro de 2020, na Série Pelo Rio, foram realizadas cinco apresentações do Tributo ao Cartola, todas com ingressos esgotados. “A Orquestra Petrobras Sinfônica está liberando este concerto, que teve uma repercussão incrível, de forma gratuita em seu canal de Youtube. É uma oportunidade para assistir essa apresentação, ou até mesmo rever”, diz Sammy Fuks, flautista da orquestra. A apresentação possui sucessos como “As Rosas Não Falam”, “O Mundo é um Moinho”, “O Sol Nascerá”, “Alvorada”, “Minha”, “Peito Vazio”, “Preciso Me Encontrar”, “Que Sejas Bem Feliz”, “Disfarça e Chora”, “Tive Sim” e “Ensaboa”.

Músicos

Sammy Fuks, flauta
Francisco Gonçalves, oboé
Igor Carvalho, clarineta
Elione Medeiros, fagote
Josué Silva, trompa
Vinícius Lugon, trompete
João Luiz Areias, trombone
Eliezer Rodrigues, tuba
Pedro Moita, percussão

PROGRAMA

Angenor de Oliveira (Cartola) e Carlos Moreira de Castro (Carlos Cachaça)  
Alvorada

Angenor de Oliveira (Cartola)
Minha

Angenor de Oliveira (Cartola)
O mundo é um moinho

Angenor de Oliveira (Cartola) e Elto Medeiros (Elton Medeiros) 
Peito Vazio

Angenor de Oliveira (Cartola)
Preciso me encontrar

Angenor de Oliveira (Cartola)
Que sejas bem feliz

Angenor de Oliveira (Cartola) e Dalmo Martins Castello 
Disfarça e chora

Angenor de Oliveira (Cartola)
Tive sim

Angenor de Oliveira (Cartola)
As rosas não falam

Angenor de Oliveira (Cartola)
Ensaboa

Angenor de Oliveira (Cartola) e Elto Medeiros (Elton Medeiros) 
O sol nascerá

 

Orquestra Petrobras Sinfônica

Aos 48 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica se consolida como uma das mais conceituadas do país e ocupa um lugar de prestígio entre os maiores conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra conta com uma formação de mais de 60 instrumentistas e tem como Diretor Artístico e Regente Titular Isaac Karabtchevsky, o mais respeitado regente brasileiro e um nome consagrado no panorama internacional.

Modelo de gestão
A Associação Orquestra Pró Música do Rio de Janeiro, entidade que administra a orquestra, possui uma proposta administrativa inovadora, sendo a única orquestra do país gerida por seus próprios músicos.


Petrobras

Patrocinadora oficial da Orquestra Petrobras Sinfônica, a Petrobras oferece uma parceria essencial para mantê-la entre os principais conjuntos da América Latina, sempre desenvolvendo um importante trabalho de acesso à música clássica e renovação de seu público. Ao incentivar diversos projetos, a Petrobras coloca em prática a crença de que a cultura é uma importante energia que transforma a sociedade. Por meio do programa Petrobras Cultural apoia a cultura brasileira como força transformadora e impulsionadora deste desenvolvimento, nas áreas de artes cênicas, música, audiovisual e múltiplas expressões.

 

Antônio Rodrigues
Apaixonado por música coral, é um dos fundadores e mantenedor do movimento.com.