CantoLateralÓperaProgramaçãoSanta Catarina

Blumenau faz tributo a Carlos Gomes

No dia 19 de março, às 20h, o concerto de canto lírico “Tributo a Carlos Gomes” marcará o aniversário dos 150 anos da estreia mundial da ópera Il Guarany (O Guarani), que inseriu o compositor paulista Carlos Gomes no clube dos grandes compositores do planeta, além de dar início às comemorações dos 160 anos da Sociedade Dramático Musical Carlos Gomes.

Estarão no programa apenas obras do compositor homenageado, sendo uma peça para piano e uma canção, além de árias das óperas Fosca, Lo Schiavo, Colombo e O Guarani.

Os artistas que se apresentarão em Blumenau possuem reconhecida carreira em grandes teatros brasileiros e na Europa: a soprano Masami Ganev, o tenor Richard Bauer, o barítono Douglas Hahn, acompanhados pelo pianista Matheus Alborghetti.

Haverá ainda participação especial da banda do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, executando a peça mais conhecida de Gomes: a abertura da ópera O Guarani, popularizada como a vinheta do programa de rádio A Voz do Brasil.

A ópera O Guarani, uma adaptação do romance homônimo do brasileiro José de Alencar, estreou no dia 19 de março de 1870, no teatro Alla Scala, encenada em italiano, com libreto de Antonio Scalvini e música de Carlos Gomes. A história de amor de Ceci e do indígena Peri ganhou o mundo e fez estrondoso sucesso na Europa. O êxito foi tamanho que Giuseppe Verdi, considerado por muitos como o maior compositor de óperas de todos os tempos, assinalou Gomes como “um gênio musical” após assistir à obra.

O evento também faz parte da programação dos 160 anos de fundação da Sociedade Dramático Musical Carlos Gomes. Criada em 1860, como Sociedade Teatral de Blumenau, passou a chamar-se Sociedade Teatral Frohsinn e, desde 1939 (ano de conclusão da primeira etapa das obras do teatro) adotou o nome atual, homenageando o maior compositor das Américas no século XIX.

Na praça em frente ao prédio do Teatro Carlos Gomes esculturas em bronze feitas pelo artista Pedro Dantas também são uma homenagem constante e que pode ser vista por quem passa por ali, são elas: o maestro e compositor Antonio Carlos Gomes; e o índio Peri, personagem da famosa ópera “O Guarani”. As esculturas foram um patrocínio do empresário Wandér Weege que também revitalizou a praça do Teatro no ano 2000.

Para o presidente da Sociedade, Ricardo Stodieck, comemorar os 160 anos junto com o sesquicentenário de O Guarani é uma feliz coincidência: “no ano em que a Sociedade Carlos Gomes faz 160 anos de ótimos serviços prestados à cultura de Blumenau, nada mais oportuno do que comemorar com obras de Carlos Gomes”.

Na opinião do produtor do evento, Guilherme Gassenferth, “a cidade de Blumenau e a Sociedade Carlos Gomes estão de parabéns pela sensibilidade de dar este concerto de presente aos blumenauenses e reconhecer a memória do único brasileiro a figurar entre os principais compositores de ópera do mundo”.

Os ingressos são gratuitos e podem ser retirados na bilheteria do Teatro Carlos Gomes a partir de 10/03/2020

 

Ficha técnica

Corpo Artístico
Masami Ganev – soprano – Delia, Ilàra e Ceci
Richard Bauer – tenor – Paolo, Américo, Pery
Douglas Hahn – barítono – Iberè, Colombo, Gonzales e Il Cacico
Matheus Alborghetti – piano
Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville – protofonia de Il Guarany

Produção
Guilherme Gassenferth – idealização e produção
Sidnei Cordeiro – iluminação
Imo Reich – cenotécnica
Sandro Roberto Kratz – sonorização
Noemi Kellermann – pesquisa e apresentação

Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville
Geraldo Garcia da Rosa- direção geral
Guilherme Gassenferth – produção executiva
Camilli V. S. Starosky – assistente
Jonatas Rafael da Costa – maestro


PROGRAMA

Carlos Gomes

Ópera Fosca – 1873
“Ad ogni mover lontan i fronda” (Delia).
“Ah! se tu sei fra gli angeli” (Paolo).

Canção
“Quem sabe” – 1859

Ópera Lo Schiavo – 1889
“Quando nascesti tu”(Américo).
“O ciel di Parahyba” (Ilàra).
“Sogni d’amore” (Iberè).

Peça para Piano Mormorio
Improviso – 1871

Poema Vocal Sinfônico Colombo – 1892
“Era un tramonto d’oro” (Colombo).

Ópera Il Guarany – 1870
Protofonia da ópera” (Abertura).
“Vanto io pur superba cuna” (Pery).
“Senza tetto, senza cuna” (Gonzales).
“Sento uma forza indomita” (Ceci e Pery).
“Oh Dio degli Aimoré” (Il Cacico, Ceci e Pery).

 


SERVIÇO

 

Blumenau faz tributo a Carlos Gomes

Dia 19 de março, quinta-feira, às 20h

Teatro Carlos Gomes (Rua XV de Novembro, 1181 – Centro – Blumenau/SC)

Entrada franca: mediante retirada de ingressos na bilheteria do teatro a partir de 10/03/2020

 

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.