LateralNotíciaSão Paulo

Aluno da EMESP Tom Jobim ganha concurso internacional

Jonathan Marim, 11 anos, aluno de piano do 1º Ciclo na EMESP Tom Jobim, com o professor Luiz Guilherme Pozzi, conquistou o primeiro lugar no concurso internacional de música Grand Prize Virtuoso.  Como parte da premiação, foi convidado para realizar um recital na Philharmonie de Paris, na França, no dia 17 de abril.

Jonathan Marim ingressou na EMESP Tom Jobim aos 9 anos. Apesar da pouca idade, já conseguiu conquistar as primeiras colocações em concursos de piano como o Concurso Latino-Americano de Piano de Curitiba e o tradicional Concurso de Piano Souza Lima, na capital paulista.

Grand Prize Virtuoso International Music Competition é um concurso internacional de música para instrumentos de cordas, piano, sopro e voz. A competição é aberta a todas as nacionalidades e alguns dos ganhadores foram convidados para se apresentarem no Amphitheatre da Philharmonie de Paris, na França, em abril de 2020.

 

EMESP Tom Jobim  

Referência no ensino brasileiro de música, a EMESP Tom Jobim é uma escola do Governo de São Paulo gerida em parceria com a Santa Marcelina Cultura, Organização Social ligada à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Atende gratuitamente 1.300 alunas e alunos em seus cursos e habilitações em música popular e erudita, da teoria à prática musical. Em 2019, a EMESP Tom Jobim comemorou 30 anos de atuação.

A Escola tem como objetivo a formação dos futuros profissionais da música erudita e popular. Com um corpo docente altamente qualificado, a EMESP Tom Jobim vem construindo um projeto pedagógico inovador, com foco no ensino de instrumento, no convívio dos alunos com grandes mestres e nas práticas coletivas (música de câmara e prática de conjunto), além de disciplinas teóricas de apoio.

Em constante diálogo com as principais instituições de formação musical do Brasil e do mundo, a EMESP Tom Jobim oferece a cada ano centenas de shows, concertos, workshops e master classes. A EMESP Tom Jobim mantém um eixo de difusão artística complementar às atividades de formação com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de seus alunos e criar uma ponte entre o aprendizado e a profissionalização, além de fomentar a formação de público e a difusão da música em todas as modalidades.

A Escola mantém os grupos artísticos: Banda Sinfônica Jovem do Estado, Coral Jovem do Estado, Orquestra Jovem do Estado e Orquestra Jovem Tom Jobim que oferecem bolsas para as alunas e os alunos da Escola.

 

Na foto do post: Jonathan Marim, 11 anos

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.