ConcursoProgramação

Abertura Festival Maria Callas 2018

Recital com a mezzo Francesca Sophie Koch e o pianista André  Santos

Criado em 1993 pelo tenor Paulo Abraão Ésper, o festival faz parte do calendário turístico do Estado de São Paulo e chega em sua 16a. edição consecutiva, trazendo ao país grandes personalidades da cena lírica internacional para integrarem o corpo de jurados.

A programação vai acontecer no Teatro Sérgio Cardoso (Rua Rui Barbosa 153 – Bela Vista – São Paulo), com entrada franca. A distribuição de ingressos uma hora antes, sujeita à lotação da sala. Acima de 10 anos.

 

PROGRAMAÇÃO

– Dias 07 e 08 de abril, das 10 às 14h

Fase eliminatória na Sala Paschoal Carlos Magno

order prozac Dia 09 de abril, às 20h

Recital de canto e piano. Abertura oficial do festival com a mezzo Francesca Sophie Koch e o pianista André Santos, na Sala Sérgio Cardoso.

Dia 15 de abril, às 11h

Recital de premiação, homenageando a presença do tenor peruano Ernesto Palácio, na Sala Sérgio Cardoso

 

Sophie Koch – Mezzo-soprano

Red Viagra purchase Cialis Soft cheapest

É considerada uma das principais vozes francesas destes últimos anos no cenário lírico internacional. Estreou na ópera Romeu e Julieta em 1993, na Ópera de Massy (França) e, em seguida, venceu grandes concursos internacionais com destaque ao primeiro prêmio no Concurso Hertogenbosch.

Sua carreira internacional começou em 1998 depois de uma espetacular apresentação como Rosina na ópera O Barbeiro de Sevilha no Covent Garden de Londres. No ano seguinte debutou na Ópera de Paris, Ópera de Viena e Ópera de Dresden. Em 2000, fez sua estreia no Scala de Milão na ópera Ariadne Auf Naxos e debutou como Zerlina no Don Giovanni em Salzburg.

É artista frequente dos principais teatros de ópera do mundo como Ópera de Paris, Viena, Dresden, Metropolitan de Nova York, Nice, Berlin, Toulouse e Scala de Milão. Em seu repertório destacam-se papéis como Brangane de Tristão e Isolda, Fricka no Ouro do Reno e As Valquírias, de R. Wagner, Giulietta em Os Contos de Hoffmann, de J. Offenbach, Charlotte em Werther, de J. Massenet, que gravou ao lado de Jonas Kaufmann e Mere Marie no Diálogo das Carmelitas de Poulenc, a qual acaba de encenar em Paris e no Comunale de Bologna, entre outros papéis.

Entre suas gravações podemos destacar Faust, Werther, Così Fan Tutte, Diálogo das Carmelitas, Ariadne Auf Naxos, O Cavaleiro da Rosa e inúmeros recitais e concertos. Esta é sua primeira visita à América Latina.


André Santos –
Pianista

order prozac Cialis Soft cheapest

Começou muito jovem uma intensa atividade como pianista solista e correpetidor em festivais no Brasil, Áustria e Grécia. Em 2001, foi o único pianista admitido no “Centre de Formation Lyrique” da Ópera Nacional de Paris, onde se aperfeiçoou com grandes artistas como Janine Reiss, Robert Kettelson e em 2005 ganhou o prêmio Bösendorfer no concurso Hans-Gabor Belvedere em Viena.

Como pianista, realizou Master Classes de grandes nomes como Renata Scotto, Ileana Cotrubas, Teresa Berganza, José Van Dam, Edith Wiens, Alexandrina Miltcheva e recitais com artistas como Yevgueni Nesterenko, Cristina Gallardo-Domas, Stefania Bonfadelli, Carmen Solis, Maria Pia Piscitelli.

Como preparador musical de óperas e maestro assistente, trabalhou ao lado de Christian Pielemann, James Conlon, Steuard Bedford, John Nelson, Jesús López-Coboz, Ulf Schirmer, Semion Bishkov, Luiz Fernando Malheiro, Jean-Yves Ossonce, Daniel Kawka, entre outros. E, em importantes teatros como: Paris, Torino, Los Angeles , Shangai, Manaus.

Como regente tem sido reconhecido pelo público e pela crítica. Foi maestro assistente e adjunto nas temporadas de óperas e concertos e coordenador pedagógico da Academia de Ópera no Teatro São Pedro, marcando assim seu regresso ao Brasil depois de muitos anos, onde dirigiu Le Nozze di Figaro, L’Amore di Tre Re, Poranduba, Oedipus Rex, Les Contes d’Hoffmann, Falstaff, Bodas no Monastério, Albert Herring, Der Zwerg, Where the wild things are, Gianni Schicchi e Il Noce di Benevento.

 

 

Red Viagra purchase

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.