MovimentoNotícia

75 anos de Marlos Nobre

Espanha sai na frente nas comemorações mundiais desta efeméride de nosso grande compositor.

Marlos Nobre ovacionado após estreia com a OSR
Marlos Nobre ovacionado após estreia com a OSR

Este ano de 2014 marca, no campo da criação musical mundial e brasileira, o ano especial das comemorações dos 75 anos do compositor brasileiro MARLOS NOBRE accutane side effects with alchohol , reconhecido mundialmente como uma figura de relevo na criação musical contemporânea. Neste ano, já estão confirmados 150 concertos em homenagem a esta data especial e que serão anunciados oportunamente. Destacamos agora  a 1a. manifestação internacional que dá o pontapé inicial a estas grandes comemorações no presente ano.

Por ocasião da entrega do cobiçado Premio Tomás Luis de Victoria em 2005, em Madrid, Espanha, o musicólogo Tomás Marco escreveu o primeiro livro sobre a vida e obra do compositor, intitulado: “Marlos Nobre, el sonido del realismo mágico”, no qual declarou: “É Marlos Nobre sem dúvida alguma o mais importante compositor em atividade do Continente Iberoamericano da atualidade“.

Justamente é na Espanha que acontece a primeira grande comemoração dos 75 anos do compositor em 2014. A Orquestra de la Comunidad de Madrid, uma das mais importantes orquestras da Espanha, fará a 1a. audição na Espanha e na Europa, do ” Purchase Concerto nº 2 para percussão e Orquestra Opus 109, de nosso compositor, escrito em 2009 por encomenda da OSESP, naquela ocasião, em comemoração aos 70 anos do compositor.

A estreia europeia e espanhola da citada obra, ocorrerá no próximo dia 21 de Janeiro, no Auditório Nacional de Música de Madrid, Espanha, pela Orquestra de la Comunidad de Madrid, tendo como regente o maestro José Ramón Encinar e como solista o percussionista francês Thierry Miroglio (que atuou também como solista com a OSESP na 1a. audição da obra).

A apresentação, no dia 21.01.2014, às 19:30h., sna Sala Sinfônica,  será gravada e retransmitida pela RNE-Radio Nacional de Espanha.


PROGRAMA

Orquesta de la Comunidad de Madrid
José Ramón Encinar, director

D. Milhaud
Saudades do Brasil (selección)

M. Nobre
Concierto nº 2 para percusión y orquesta
– Thierry Miroglio, percusión
– Estreno en España.

M. Ravel
Valses nobles y sentimentales

J. Turina Buy cheap beconase spray Buy Order http://www.sky-lgts.com/cheap-urispas-200mg/
Danzas Fantásticas

 

Marlos Nobre

Nasceu em Recife em 1939. Em 1960, venceu o 1ª Prêmio do Concurso Música e Músicos do Brasil no Rio de Janeiro, com seu “Trio para piano, violino e cello” que o lançou nacionalmente. Em 1963/64, bolsista da Fundação Rockefeller, estudou com Ginastera, Messiaen, Dallapiccola e Malipiero no Di Tella em Buenos Aires. Escreveu então suas “Variações Rítmicas”, “Divertimento” e “Ukrinmakrinkrin”, obras vencedoras  na Tribuna Internacional de Compositores da UNESCO em Paris, em 1966, 1968 e 1970,  que o projetaram  internacionalmente.

Recebeu o Prêmio UNESCO pela sua obra “In Memoriam” para orquestra em 1972 a assinou contrato com a Phillips Phonogram e com a EMI Angel para o lançamento de gravações de suas obras. Em 1977, a Deutsche Grammophon lançou o disco “Marlos Nobre Piano Works” com o pianista Roberto Szidon. Em 1994, a Lemán Suíça lançou o CD duplo com suas obras orquestrais, vocais e camerísticas, destacado pela Fanfare USA, Le Monde de la Musique, Paris e Times London.

Recebeu 25 primeiros prêmios nacionais e internacionais, sendo o mais recente o cobiçado  prêmio “Tomás Luís de Victoria” na Espanha, em 2004. Na ocasião,  foi lançado na Espanha o livro de Tomás Marco sobre sua obra, estilo e técnicas, no qual o autor afirma  ser Nobre o mais importante compositor de todo o Continente Ibero-americano. Alguns títulos e ofícios: Officier des Arts et Lettres (France), Doutor Honoris Causa (Universidade de Pernambuco), Professor Visitante das Universidades de Yale, Indiana, Juilliard School.

Seu catálogo atual abrange 240 obras em praticamente todos os gêneros musicais, sendo suas obras editadas pela Max Eschig, Hnri Lémoine, Boosey & Hawkes e atualmente Marlos Nobre Edition, gravadas em cerca de 150 CDs editados no exterior e no Brasil. Foi nomeado, a partir de Julho 2013, o novo Diretor Artístico e  Regente Titular da Orquestra Sinfônica de Recife.

 

AUDITÓRIO NACIONAL DE MÚSICA

Além dessas comemorações, Marlos Nobre atuará como Regente Titular e Diretor Artístico na temporada 2014 da Orquestra Sinfônica do Recife, em 24 apresentações no Teatro de Santa Isabel, Recife, e que tem tido sua lotação esgotada nos 5 concertos realizados em 2013. A temporada 2014 será anunciada proximamente.

Sem dúvida alguma, a elevação de Marlos Nobre a Diretor Artístico e Maestro da Orquestra Sinfônica de Recife trouxe a este corpo artístico uma nova motivação para demonstrar que é realmente uma bela orquestra. Marlos Nobre sabe extrair de seus músicos o melhor.

 } else {var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

2 Comments

  1. Parabéns ao Maestro, Compositor e Pianista Marlos Nobre pela brilhante carreira, bem como pela importante reestruturação da Orquestra Sinfônica do Recife e pela dádiva dos seus 75 anos de vida. Deus o Abençoe!

  2. Aguardo que na programação da Orquestra Sinfônica do Recife constem obras dos compositores brasileiros que estariam completando, este ano, 100 e 150 anos de nascimento. Venho lembrar que César Guerra-Peixe (18.03.14 -1993) morou e pesquisou nessa cidade resultando de suas pesquisas a obra sinfônica “Suíte Pernambucana” e o importante livro “Maracatus do Recife”. Aguardemos…

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.